sexta-feira, 19 de outubro de 2018

CAROLINA


Réu é condenado a 27 anos de reclusão pelo Tribunal do Júri

Em sessão de julgamento do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Carolina, nesta terça-feira, 16, o réu João Carvalho Campos foi condenado a 27 anos de reclusão em regime inicial fechado pelo crime de homicídio qualificado, praticado contra Jeová Mendes da Silva. O caso aconteceu na madrugada do dia 11 de julho de 2015, quando o acusado desferiu vários golpes de faca contra a vítima.
O condenado, conhecido como João Gêmeo, foi incurso nas sanções do artigo 121, incisos II, IV e V, do Código Penal Brasileiro, uma vez que o crime foi praticado por motivo fútil, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima e para assegurar a ocultação de outro crime.
Durante o julgamento atuou na acusação o promotor de justiça Marco Túlio Rodrigues Lopes, titular da comarca. A sessão foi presidida pelo juiz Mazurkiévicz Saraiva de Sousa Cruz, e a defesa foi representada pelo defensor dativo Emerson Carvalho Cardoso.
Redação: CCOM-MPMA

Campanha Outubro Rosa percorre bairros de Imperatriz

PREVENÇÃO


Ações de beleza, rodas de conversa e caminhadas marcam programação

por Luana Barros

Prevenção e combate ao câncer de mama e de colo do útero são os objetivos da campanha Outubro Rosa, realizada em Imperatriz. Nesta quinta-feira, 18, ocorreu a 4° Caminhada da Saúde do Santa Rita, além de palestras e ações na Vila Redenção II, Três Poderes, Cras Santa Rita e em empresas particulares.
“Nossa caminhada já é tradicional e trazemos como lema 'Todos na Luta contra o câncer de mama'. A atividade teve saída da UBS Santa Rita, às 6h da manhã, e contou com participação de centenas de populares, além de técnicos da saúde de Imperatriz”, explicou Darildes Silva Alves Souza, coordenadora da UBS.
“Hoje também iniciamos o atendimento de mais de 100 servidores da saúde que irão ter disponibilizadas mamografias totalmente gratuitas. Demonstrando a atenção especial que essa gestão tem dado às servidoras, cuidando da saúde delas”, explicou a enfermeira da Saúde da Mulher, Lívia Bustamante.
Programação da campanha Outubro Rosa continua nesta sexta-feira, 19, com palestra na UBS Cafeteira, Roda de Conversa com trabalhadoras da coleta de lixo, atendimentos ginecológicos no Palácio do Comércio, além de um “Café da manhã das Princesas”, no Setor de Oncologia no Centro de Especialidades Médicas, nos Três Poderes, com mulheres com câncer de mama. Na manhã de sábado, 20, às 7h, acontece a Caminhada Outubro Rosa com todos os parceiros da campanha, com saída da Praça Brasil.

Imagens:

Prefeitura inicia estudos para implantação do Aterro Sanitário


Trabalhos são realizados em áreas da Estrada do Arroz e BR-010

por Léo Costa

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, começou no último dia 9, estudos para aquisição de área para implantação do aterro sanitário de resíduos sólidos do município.
“A construção do aterro sanitário faz parte do planejamento estratégico do governo Assis Ramos, visando o desenvolvimento do município, em especial a melhoria da qualidade de vida da população”, destacou Rosa Arruda, secretária de Meio Ambiente.
O trabalho de estudos para a elaboração do projeto de implantação do aterro sanitário está sendo realizado pela empresa de arquitetura e engenharia, Alto Uruguai, vencedora da licitação. Prazo para conclusão do levantamento é de 40 dias, a contar da assinatura do contrato em 9 de outubro deste ano.
O valor a ser investido no empreendimento é de R$ 22 milhões, por meio de convênio entre a Prefeitura de Imperatriz e Governo Federal, via Ministério do Meio Ambiente e Caixa Econômica. O montante será aplicado na compra do terreno de 170 hectares, construção do aterro e recuperação do lixão.
Os estudos da permeabilidade de solo para a escolha do local de construção do aterro sanitário são feitos em áreas situadas na MA-386, Rodovia Padre Josimo, conhecida como Estrada do Arroz, e nas proximidades da BR-010, zona rural de Imperatriz.
A geração de resíduos sólidos é uma consequência inerente da atividade humana. Atualmente, os aterros apresentam-se como uma alternativa ambientalmente adequada à disposição final de resíduos sólidos. Todavia, o projeto de um aterro exige o cumprimento de critérios de ordem técnica e legal, que envolvem a sua localização, documentação e acesso.

Imagens:

Centro POP será reformado


Abrigos “Casa Lar” e “Casa de Passagem” também passarão por reparos

por Maria Almeida

A secretária de Desenvolvimento Social, Janaína Ramos, autorizou, na manhã desta quinta-feira, 18, reforma do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, Centro POP. Acompanhada dos técnicos da empresa responsável por obras no município, ela visitou as instalações e acertou detalhes dos reparos a serem feitos.
Obra contemplará pintura, troca de forro, piso, portas, portais e troca da base da caixa d’água; além de substituição de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. Centro será beneficiado também com mobília nova.
“A resolução de problemas pontuais relacionados aos reparos na estrutura física dos prédios da Sedes são nossa prioridade número 1, por isto esta semana já estou visitando e autorizando reformas imediatas” – explicou a secretária. Ela ressalta que medida visa otimizar os ambientes, eliminar condições insalubres e deixá-los mais confortáveis, além de melhorar o aspecto visual das moradias.

Ainda na manhã desta quinta, Janaína esteve nos abrigos “Casa Lar” e “Casa de Passagem”, onde serão realizados reparos emergenciais também nas instalações hidráulicas e sanitárias; além de troca de pias, reforma de banheiro, retelhamento, colocação de calhas, pintura e divisão de salas para facilitar atendimentos individualizados.

Imagens:

Atendimento com senha eletrônica facilita inscrições do "Minha Casa Minha Vida"


Interessados têm até 8 de novembro par fazer cadastro no auditório da Secretaria de Saúde

Por Maria Almeida

De forma tranquila e organizada, sem tumulto por parte da população, seguem as inscrições do Programa Minha Casa Minha Vida para o Residencial JK. Processo começou na quarta-feira, 17, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde – Avenida Dorival Pinheiro de Sousa Nº 47 - Centro. Até o momento já foram 1.100 cadastrados.
A secretária de Desenvolvimento Social, Janaína Ramos, acompanha a logística constantemente no local. “Devemos assegurar transparência e ordem nos processos, que é uma marca da gestão Assis Ramos, e com isso, garantir, principalmente, atendimento de qualidade à população” – informou. Nas visitas ela procura detectar possíveis falhas técnicas e corrigi-las de imediato.
De acordo com ela, estrutura de atendimento atende até 1.000 inscrições por dia. A secretária afirma que o sistema de triagem para comprovação documental e cadastro de senhas com o CPF do candidato e chamada eletrônica similar à rotina de atendimento bancário, tem garantido fluidez ao processo. "Interessados em participar do programa habitacional e que atendem os pré-requisitos exigidos podem nos procurar até dia 8 de novembro que serão atendidos” – ressaltou Janaina Ramos.
DOS CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO DO SORTEIO:
Renda mensal Familiar de até R$ 1.800,00;
Comprovar que reside no município há no mínimo 3 anos;
Famílias com filhos menores de 18 anos que residem com o candidato;
Mulheres responsáveis pela unidade familiar;
Famílias que possuem idoso componente do ambiente familiar (Idoso deve constar na folha resumo);
Pessoas Com Deficiência / deficiente Integrante da família: Apresentar atestado médico com CID (Classificação Internacional de Doença);
Pessoas em Área De Risco: Apresentar vistoria da Defesa Civil e/ou Documento da Regularização Fundiária no caso de residir em Área Preservação permanente (APP);
Famílias em situação De Coabitação: comprovação será por autodeclaração do candidato;
Famílias Monoparentais: Comprovação por documentos de filiação e documento oficial emitido pela justiça que comprove a guarda.
RELAÇÃO DE DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA A INSCRIÇÃO DO CANDIDATO
Apresentar, no ato da inscrição, ORIGINAL E CÓPIA dos seguintes documentos:
Carteira de Identidade e CPF – do CANDIDATO e do Cônjuge ou companheiro, se houver.
Prova de estado civil: certidão de nascimento, certidão de casamento, certidão de casamento averbada da separação/divórcio, conforme o caso.
Comprovante de residência (Caema, Cemar, Comprovante de locação)
Folha resumo atualizada do Cadastro Único – NIS;
Comprovação de renda familiar mensal – (Carteira de trabalho, Contra Cheque).
Documentos dos filhos e das pessoas que são membros da família.
QUEM JÁ ESTÁ NO CADASTRO ÚNICO/ BOLSA FAMÍLIA - Retirar folha resumo no CRAS mais próximo da sua residência - E QUEM NÃO É CADASTRADO - Dirigi-se ao CRAS mais próximo de sua residência e solicitar a inclusão no CADASTRO ÚNICO. A inscrição será realizada mediante comprovação do NIS no Município de Imperatriz.

Imagens:

Votos sub judice podem mudar bancadas na Câmara e na Assembleia…


Um total de 57.428 votos dados a deputado federal e estadual no Maranhão podem alterar a formação das bancadas partidárias na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa. 

Estes votos foram dados a candidatos que tiveram problemas em seus registros – e, portanto, não entraram na contagem oficial – mas podem ser validados em recursos no Tribunal Superior Eleitoral. 

O atual deputado estadual Hemetério Weba (PP), por exemplo, obteve 32.328 votos contados em separado. Se eles forem validados no TSE, sua coligação confirmará a reeleição do deputado Edivaldo Holanda (PTC), tirando a vaga do pastor Cavalcante (Pros). 

Outro caso envolve o PT e o PDT. 

Sayd Zaidan, candidato pelo PT, teve 1.780 votos anulados. Se eles forem validos em recurso, garante a vaga ao também petista Luiz Henrique Souza; quem sai, neste caso, é Ricardo Rios, reeleito pelo PDT. 

Na Câmara Federal, a mudança pode ocorrer se o TSE considerar válidos os 23.320 votos de Ricardo Murad (PRP). Neste caso, no cálculo dos quocientes eleitorais, quem ganhará a vaga será Volmer Araújo (PV), que assumirá no lugar de Juscelino Filho (DEM). 

Todos estes casos devem ser julgados no TSE antes mesmo da diplomação, prevista para dezembro. 

A posse dos eleitos na Câmara e na Assembleia acontece em 1º de fevereiro…

Do Marco Aurélio D'Eça

Câmara Municipal entrega moção de aplauso a Eduardo Galvão e títulos de cidadania a Hélio Araújo e Alexander Sales


Os agraciados não puderam comparecer na entrega oficial, mas receberam ontem suas honrarias

Sidney Rodrigues/ASSIMP
Fotos: Sidney Rodrigues
            Aconteceu na sessão de ontem (18), a entrega dos títulos de cidadão 2018 e moção de aplausos que ainda não tinham sido entregues por motivo de força maior ao delegado Eduardo Galvão, ao empresário e professor universitário Hélio Araujo e ao pastor Alexander Sales.
            Eduardo Augusto Galvão de Carvalho é natural de Olinda, Pernambuco, casado e pai de quatro filhos está no Maranhão desde 1991, formado em direito pela UFMA, prestou concurso, assumiu em 2003 e é delegado há 15 anos. Já foi delegado regional de Balsas, Açailandia, Codó e é o titular de Imperatriz desde 2015. Recebeu moção de aplausos por proposição do vereador Chiquim da Diferro.
            Hélio Rodrigues Araújo veio de Anápolis, Goiás, é empresário do ramo contábil e professor universitário, casado, tem tres filhos e quatro netos, foi presidente da Associação Comercial e hoje é diretor da mesma. Coordenador do Curso de Ciências Contábeis da UFMA, membro e delegado da loja maçônica, recebeu o título de cidadão imperatrizense por indicação do vereador Carlos Hermes.
            Alexander Pereira Sales nasceu em São Paulo, cursava administração quando aceitou o chamado de Deus. Se formou em teologia e fez pós em terapia familiar. Casado, pai de dois filhos passou a residir em Imperatriz atuando como pastor desde então. Se considera imperatrizense autêntico por admirar a cultura, culinária e a cidadania do povo daqui. Recebeu título de cidadão por indicação do vereador João Silva.
            O delegado Eduardo Galvão agradeceu a todos os presentes e se sente extremamente honrado, disse não se achar merecedor de tal honra, mas que aceita, e a estendeu a toda a equipe de polícia civil e todos os agentes policias, como também a sociedade em geral. “Quando fui convocado a assumir a regional de Imperatriz ponderei, pois se trata da maior área do interior. Busquei metas e consegui uma diminuição nos crimes de todos os tipos. Estamos fazendo isso graças ao empenho de toda a policia civil local. Elucidando crimes de forma rápida e eficiente. O ultimo foi ontem que resultou em um condenado a mais de 19 anos de prisão. O maior decréscimo de crimes e vidas poupadas. Nos mantemos no mesmo foco e agradeço imensamente a Chiquim da Diferrro”.  o delegado informou que tem se empenhado imensamente em Imperatriz, que tem tudo de uma capital e é prioridade para o governo do estado. Disse tembém que enquanto houver confiança no seu trabalho irá permanecer nesta regional, pois tem um amor muito grande por Imperatriz, um lugar cada vez melhor de se viver e criar os filhos.
            O pastor Alexander Sales agradeceu imensamente e disse que seu sentimento é de gratidão. Que mora aqui ha 3 anos e não se julga digno de receber essa honraria, mas se sente de verdade um imperatrizense. Tem trabalhado com jovens usuários de drogas e buscado levar o melhor para as pessoas. “O melhor esta por vir e somos fracos, mas um homem chamado Enoc foi tão longe com Deus, que este o tomou pra si. Eu busco isso e o sentimento de Jesus me renova a cada dia para cuidar melhor das pessoas”. Citou o livro de Tiago sobre a religião que Deus aceita, e considera. “Onde existem pessoas, existem responsabilidades. vamos cuidar de gente, é a mensagem que eu deixo”, disse.
            O empresário Hélio Araújo foi sucinto e disse que agora tem uma nova certidão de nascimento, essa imperatrizense. Está feliz em morar e ter sua família aqui e que a cada dia luta para fazer de Imperatriz um lugar melhor para se viver.

Legenda: Vereadores e os agraciados com moção de aplauso e títulos de cidadania 2018
______________________________________________________________________________________

Vereador Pedro Gomes fiscaliza obra de esgotamento sanitário do PAC-2
          


  O vereador Pedro Gomes (PSC) fiscalizou na manhã desta terça-feira (16) o andamento da obra de esgotamento sanitário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) que contemplará 32 quilômetros de saneamento e pavimentação asfáltica na grande Vila Nova.
            Ele verificou que a obra, iniciada no cruzamento das ruas Henrique Dias com Dom Pedro I, no Bacuri, avança sentido Entroncamento, devendo passar pela BR-010 e o Jardim São Luís até chegar à Estação Elevatória de Esgoto (EEE) na Rua João Palmeiras, na Vila Nova. “É um dos maiores investimentos em saneamento e infraestrutura nestes últimos anos em Imperatriz”, afirma.
            Pedro Gomes conversou com trabalhadores da construtora responsável, a Terramata, e constatou o avanço da obra que está na Rua Herinque Dias, entre as ruas Piauí e Maranhão. “Essa obra vai fazer a grande diferença na revolução do PAC-2, contribuindo para melhoria da qualidade de vida, da mobilidade urbana, do paisagismo e valorização dos imóveis”, frisa.
            De acordo com o vereador, o projeto do PAC-2 prevê a execução de obras de esgotamento e pavimentação asfáltica de 80 ruas, totalizando 32 quilômetros de infraestrutura urbana. “É um dos maiores projetos em obras de saneamento e asfaltamento que beneficiará ainda os moradores dos bairros Vila Fiquene, Parque Airton Sena, Recanto Universitário e Parque Santa Lúcia”
Marcelo Oliveira - Assimp

Foto: Marcelo Oliveira

Projeto que tira de Nossa Senhora o título de padroeira do Brasil está arquivado


A Câmara dos Deputados arquivou o texto há dez anos, depois que foi rejeitado quanto ao mérito
Projeto de Lei 2623, de 2007, que retira de Nossa Senhora Aparecida o título de padroeira do Brasil, foi arquivado no dia 22 de agosto de 2008. O texto foi apresentao pelo deputado Professor Victorio Galli (MT),quando ele era do PMDB. Hoje Galli está no PSL e não foi reeleito nas últimas eleições.
Nas redes sociais, circulam fake news afirmando que o texto está sendo analisado pela Câmara dos Deputados.
A proposta substituía a expressão "padroeira do Brasil" por "padroeira dos brasileiros católicos apostólicos romanos".
O projeto foi arquivado por ter sido rejeitado na única comissão que analisou seu mérito (art. 133 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados).

ÍNTEGRA DA PROPOSTA: