sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

BR-135: Hildo Rocha diz que Dnit precisa ser passado a limpo


O deputado federal Hildo Rocha resolveu endurecer a cobrança ao Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit), órgão responsável pela obra de duplicação da BR-135 e também pela manutenção de todas as rodovias federais do país.

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal o parlamentar anunciou que assim que a nova Comissão de Fiscalização for instalada ele irá apresentar uma Proposta de Fiscalização e Controle (PFC), com o objetivo de apurar possíveis irregularidades na aplicação dos recursos federais que foram aplicados na duplicação do primeiro trecho da obra entre a Estiva (São Luis) a Bacabeira.

“Esse pequeno trecho, de aproximadamente 40 Km, consumiu R$ 500 milhões de reais. É muito dinheiro para uma obra que em menos de dois anos já está danificada, quase toda esburacada, até a sinalização é precária. Isso tudo tem gerado insegurança, acidentes com mortes e vítimas com ferimentos graves”, declarou Hildo Rocha.

A luta por recursos
O parlamentar destacou a luta da bancada na conquista dos recursos. “Nós conseguimos recursos de emenda de bancada Impositiva para a conclusão do primeiro trecho, até a cidade de Bacabeira. Em seguida outra emenda impositiva de bancada no valor de R$ 160 milhões de reais foi feita para duplicar a mesma rodovia, até a cidade de Miranda do Norte. Mesmo com tudo isso a população continua sofrendo porque a obra nunca foi concluída nem feita na qualidade esperada. A capital do Maranhão tem apenas uma via de acesso rodoviário, que liga São Luis ao mundo. Esse acesso continua precário porque os recursos foram mal aplicados. Se não houve corrupção pelo menos houve incompetência e ineficácia que causa prejuízo ao povo maranhense, ao povo brasileiro”, enfatizou o deputado.

O Dnit passado a limpo
De acordo com Hildo Rocha, é necessário que as causas de tantos problemas sejam esclarecidas. “Nós vamos passar o Dnit a limpo. Essa duplicação custou meio bilhão de reais e a estrada cheia de problemas. Portanto, não era para estar na situação em que se encontra. Por isso, vou propor a fiscalização. O Dnit precisa ser passado a limpo”, afirmou o parlamentar.

Reunião para discutir a paralisação

As obras de duplicação da BR 135 estão paralisadas, atendendo determinações do Ministério Público. Hildo Rocha disse que a bancada federal fez uma reunião com o Dnit em Brasília, mas a questão não foi resolvida.

“Agora, vamos fazer outra reunião, dessa vez em São Luís, com o Dnit, DPU, Fundação Palmares e Governo do Maranhão para tentar um acordo no sentido de liberar os trechos para permitir a continuidade das  obras”, explicou Hildo Rocha.

A reunião acontecerá na próxima segunda-feira, às 09:00 horas, na sede do Dnit, em São Luis.

Estudantes da rede municipal recebem fardamento escolar


Mais de 20 mil kits já foram entregues

por Sara Ribeiro

De forma gradativa, a Secretaria Municipal de Educação, Semed, retoma a entrega dos kits de fardamento escolar aos alunos da rede municipal de ensino. Só nesta quinta-feira, 21, as Escolas Paulo Freire e Marcionília Gomes Soares, receberam cerca de 1.300 conjuntos. 
De acordo com cronograma da Secretaria, no decorrer da semana outras unidades de ensino receberão os fardamentos, conforme produção de uniformes pela empresa contratada. “Recebemos na terça-feira, 4 mil kits para continuarmos a distribuição que ainda não foram contempladas. Acreditamos que se os fornecedores respeitarem os prazos, vamos finalizar essa demanda o mais rápido possível”, destacou a secretária adjunta de Ensino, Nilcea Martinho. 
Feliz com aquisição da vestimenta, Emilly Cristine Sousa de Oliveira, de 9 anos, estudante da Escola Marcionília, agradeceu a gestão municipal pelo cuidado. “Hoje vim de roupa normal e gostei de ganhar minha farda nova”, disse.
Até agora, já foram entregues mais de 20 mil kits, dos 43 mil solicitados. Houve atraso na entrega desses artigos, devido ao não cumprimento de prazos por parte dos fornecedores licitados. Mediante a isso, a Prefeitura tomou medidas jurídicas cabíveis, o que possibilitou a retomada das produções e entrega dos itens. 
Na zona rural, praticamente todas as escolas estão com fardamento completo. Só na semana passada, completaram o ciclo as instituições Vital Brasil, João Gonçalves Santiago, Chaparral, Dom Pedro I, Bernardo Sayão, Coelho Neto, Santa Lúcia, João Guimarães, João Lisboa e Raimundo Ribeiro.

Imagens:

Pediatra do "Socorrinho" orienta como evitar viroses em crianças


Frequentes na infância, viroses exigem atenção dos pais e assistência especializada

por João Rodrigues

Cuidados simples como higienizar as mãos estão entre as recomendações básicas para a prevenção das viroses que atingem facilmente crianças e idosos. O pediatra Flávio Cardoso da Costa, que integra a equipe do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz, HMII, ressalta que todos os anos o ciclo das viroses se dá entre novembro e março, com picos nos meses de janeiro de fevereiro. Este ano atualmente 70% dos atendimentos do Hospital Infantil são relacionados a essa doença.

As viroses infantis exigem atenção redobrada dos pais, em especial para aqueles que tem filhos com idade até cinco anos. Nessa faixa etária, as crianças são mais vulneráveis ao contágio sazonal das doenças que se modificam a cada estação com a transição das temperaturas.
“Não é que a criança seja mais predisposta, ocorre é nesse período ela está na fase escolar e consequentemente tem a proximidade com outras crianças, inclusive os pais costumam dizer que a criança ficou doente após voltar da escola”, exemplifica o pediatra.
Flávio Cardoso orienta que os pais devem ficar atentos aos sinais em relação a saúde da criança, que em situação normal tem temperatura assinalada pelo termômetro de 37.8, mas acima disso já se trata de um quadro febril.
“Geralmente temperatura de quadro viral gira em torno de temperatura um pouco mais alta, fica em 37.8 ou 38. Quando isso acontece, orientamos que no primeiro dia de febre de quadro gripal o uso de medicamentos como antitérmicos, xaropes anti-tosse. Porém, se quadro evoluir para três ou quatro dias e com temperatura evolutiva muito alta com 39 ou 40 graus já é interessante fazer a procura hospitalar para avaliação”, orienta.
Os sintomas e fatores de transmissão
O ciclo das viroses durante até 7 dias e caracterizado por febre, baixa imunidade, secreções no nariz, boca, infecções de garganta e ouvidos pode evoluir até mesmo para um quadro de pneumonia. As crianças até 2 anos são mais vulneráveis por terem imunidade em formação.
Como as viroses atacam, em especial, o sistema respiratório, o meio de transmissão é o contato entre crianças em que uma delas está acometida pelo vírus. Os meios de contágio são o contato com gotículas de saliva, muitas vezes invisíveis a olho nu, que ficam no ar enquanto conversamos, espirramos e por meio das mãos que tiveram contato com objetos infectados. Sempre que limpar o nariz ou boca a criança precisa, também, lavar as mãos.
Auxílio médico
O pediatra alerta que o quadro febril de viroses pode ser agravado em crianças abaixo de 1 ano ou idosos. O interessante nos primeiros dias de sintomas, o paciente deve procurar o médico. Essa orientação, também vale para pessoas que têm deficiência respiratória e faz uso de medicamento para doenças crônicas e em razão disso tem a imunidade debilitada e gestantes.
O especialista faz questão de destacar que a criança ao apresentar quadro semelhante a viroses deve ser levada para atendimento ambulatorial público ou privado. A Unidade de Pronto Atendimento, UPA, é um local indicado e somente em último caso levar a criança ao HMII, porque se um centro de atendimento que recebe pacientes com todos os tipos de doenças, desta forma os pais protegem a criança de um possível contágio de outras enfermidades.

Imagens:

Concursos de Marchinhas e Rainha e Musa do carnaval somam mais de 18 mil reais em premiações


Escolhas serão realizadas neste fim de semana em festival na concha acústica da Beira-Rio

por Kayla Pachêco

Com o objetivo de incentivar a criação de melodias, surgimento de novos compositores e intérpretes, e a valorização de traços culturais locais, o Festival de Marchinhas Carnavalescas já se tornou tradição na programação da folia momesca em Imperatriz. Aliado à disputa que tem a criatividade e irreverência das marchinhas, o concurso para escolha da Rainha do carnaval também enaltece o carisma dos imperatrizenses através da beleza feminina. Ambas seleções serão realizadas neste fim de semana em programação na concha acústica da Avenida Beira-Rio.
De acordo com o regulamento divulgado pela Fundação Cultural, comissão organizadora selecionou doze composições para apresentação ao público neste sábado, 23, concorrendo a seis vagas para a grande final no domingo, 24. Escolha será realizada por banca composta de cinco jurados, com premiação que varia de R$ 1.500 a R$ 5.000 para os três primeiros colocados. Para avaliação e pontuação das músicas, serão considerados os quesitos melodia, letra, apresentação, arranjo. Em caso de desempate, o júri fará nova votação entre as concorrentes.
"Teremos ainda bonificação de mil reais para a marchinha escolhida por aclamação popular, onde o público presente votará na música que considerar mais sintonizada com a energia do carnaval", observou José Carneiro Buzuca, presidente da FCI, durante coletiva de imprensa na quarta-feira, 20.
Disputa para os postos de Rainha e Musa da folia também foram organizadas em duas etapas, com apresentação das doze candidatas no sábado, para escolha das seis finalistas que disputarão a coroa de Rainha com prêmio de R$ 5.000, e R$ 3.000 para a segunda colocada, que será aclamada Musa do Carnaval 2019. Serão avaliados pelo júri a simpatia, charme, beleza de rosto e harmonia e domínio de samba no pé.
"As notas serão atribuídas em única etapa mediante desfile de livre escolha de sua Fantasia Carnavalesca num tempo de trinta segundos sobre o som da música ‘’O Brasileirinho’’ para todas as candidatas", adiantou Samuel Sousa, coordenador de planejamento e projetos da FCI e membro da comissão organizadora do concurso, durante exposição à imprensa.
Festivais somam mais de 18 mil reais em premiações voltadas à valorização da cultura local. "Promover cultura não é tarefa fácil, é um dos pilares da gestão Assis Ramos, resgatar e incentivar nossa cultura. Apesar da escassez de recursos, a Prefeitura tem contado sempre com a parceria da iniciativa privada na promoção dos eventos públicos, a exemplo desses dois concursos. É graças ao patrocínio das empresas Aço Bom preço, Casa Térmica, Feirão dos Móveis, Hidrozon, Honda Motoca, Júpiter Internet, Noroeste, Umuarama Toyota, Café Viana, Matsuda, Pão Delano, Yassuo Academia, Forneria Gourmet, Selma Oliveira Atelier, Cine Star, Rubens Cabelereiro, Refrigerante River, Espaço Bronze, e Expresso Açailândia; teremos uma das melhores festas da região", agradeceu.
Confira premiação das Marchinhas
1º lugar - R$ 5.000,00 (cinco mil reais) + Troféu;
2º lugar - R$ 3.000,00 (três mil reais) + Troféu;
3º lugar - R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) +Troféu.
Júri Popular - R$ 1.000,00 (mil reais) + Troféu.

Imagens:

Iniciada, em Cantanhede, a construção da fábrica comunitária de beneficiamento de mandioca viabilizada por Hildo Rocha


O deputado federal Hildo Rocha destinou emenda para financiar a construção de uma pequena indústria de beneficiamento de mandioca que irá melhorar as condições de trabalho dos produtores da região da Garrafinha, no município de Cantanhede. A autorização para o início da obra foi assinada durante ato coordenado por Jones Braga, Superintendente da Codevasf, empresa federal responsável pela execução do empreendimento. Também participaram do evento o deputado Hildo Rocha; o prefeito Marco Antonio Ruivo; secretários municipais; vereadores; a presidente da Associação da Garrafinha, Maria do Rosário e populares.

Hildo Rocha destacou que a unidade de beneficiamento de mandioca irá servir para centenas de trabalhadores rurais que se dedicam à agricultura familiar. “Essa conquista é o resultado de parceria entre o governo federal, por meio da Codevasf e a prefeitura de Cantanhede. Tivemos também o apoio da Câmara Municipal. O vereador Denis Robert fez a indicação e nós conseguimos viabilizar emenda para a implantação da obra que irá beneficiar a comunidade da Garrafinha”,.

“O deputado Hildo Rocha é um grande parceiro de Cantanhede. Ele conhece as dificuldades da população e toda vez que a gente reivindica os benefícios para as comunidades ele atende”, declarou o prefeito Marco Antonio Ruivo.

“A gente só tem a agradecer ao deputado Hildo Rocha porque ele tem trabalhado muito em prol da nossa comunidade , ele prometeu e cumpriu com a sua palavra. Eu pedi essa Casa de Farinha para Hildo Rocha e ele garantiu que conseguiria os recursos e hoje a obra está sendo iniciada, graças ao esforço desse deputado”, disse o vereador Denis Roberth.

A presidente da associação da Garrafinha, Maria do Rosário agradeceu ao deputado Hildo Rocha e também ao vereador, Dênis Roberth, que foi fundamental na realização de um antigo sonho da comunidade. “Estamos aqui para agradecer ao deputado Hildo Rocha que veio na nossa comunidade, mais de na vez, para participar do início da construção da casa de farinha que ele conseguiu para beneficiar todos os moradores da comunidade”, garantiu Dona Rosa.

Trabalho apaixonante
O Sr. Domingos Ferreira da Silva, o popular “Segunda-feira”, um dos moradores mais antigos da Garrafinha, enfatizou que o trabalho do deputado Hildo Rocha é merecedor de aplausos. “Tem gente que manga de mim dizendo que eu sou apaixonado por Hildo Rocha. Eu não sou apaixonado por Hildo Rocha, eu sou apaixonado pelo trabalho que ele fez como vereador, prefeito e agora como deputado federal”, afirmou Segunda-feira

A assinatura da ordem de serviço que marcou o início da obra foi prestigiado pelos vereadores: Dênis Roberth; Jorismar Santos (presidente da câmara); Manoel Veras e Meire do Godô.

Também participaram do ato a primeira-dama, Leidiane Chaves; os secretários, Bruno Bezerra; Cezar Cantanhede; José João; Lília Santos; Manoel Erivaldo e Maria José, além dos adjuntos, Alex Baima; Ribamar Negão e Wilson Brito.

“Na Câmara Municipal não houve votação alguma sobre aumento de passagem”, diz Ricardo Seidel


A tarifa foi aumentada através de decreto do executivo

Assessoria ASSIMP
Foto: Fábio Barbosa

            Quinta (21), os vereadores de Imperatriz foram surpreendidos por uma imagem com suas fotos nas redes sociais, onde a maioria aparecia como inimigos do povo por conta de uma suposta votação de aumento de valor das passagens de transporte urbano e intermunicipal. Mas esta votação nunca ocorreu.
            A passagem já está mais cara há alguns dias, e entrou em vigor automaticamente através de decreto do prefeito Assis Ramos. O que aconteceu foi uma votação da aceitação ou não do parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), pois foi protocolado um pedido para derrubada do decreto do executivo, que foi analisado pela CCJ e a conclusão é que a Constituição Federal é soberana, diz que não é de competência da Câmara Municipal legislar sobre aumentos de passagem e sobrepõe a lei Orgânica do Município. Sendo assim, infelizmente essa decisão pode ser tomada pelo gestor municipal através de decreto, sem passar pela Casa de leis de Imperatriz.
            Os vereadores não votaram em aumento de passagem, foi votado apenas se os legisladores aceitavam ou não o resultado da CCJ, e isso foi aprovado pela maioria, em função da constitucionalidade.
            Ricardo Seidel que sequer estava na sessão e acompanhava sua filha de apenas dois anos em uma urgência médica, também aparece na imagem.
FAKE NEWS


            O vereador Ricardo Seidel chamou a atenção sobre informações erradas e muitas vezes difundidas propositalmente para tentar denegrir e desmoralizar a Câmara Municipal. Os envolvidos não buscam os esclarecimentos ou a veracidade dos dados e depois de forma inescrupulosa espalham a mentira como se fosse uma verdade. “Essa atitude de envolver nomes de parlamentares nas chamadas fake news para jogar a população contra os vereadores é crime e será tratada como tal”, disse.

ITINGA DO MARANHÃO


Fornecimento de medicamentos deverá ser restabelecido em 48h a pedido do MPMA

Uma Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Maranhão, na última terça-feira, 19 levou a Justiça a determinar, nesta quarta-feira, 20, prazo de 48 horas para que o Município de Itinga do Maranhão restabeleça o fornecimento gratuito de medicamentos de uso contínuo a quem precisar.

Em caso de descumprimento da decisão, foi determinada multa diária de R$ 2 mil, a ser paga pessoalmente pelo prefeito Lúcio Flávio Araújo Oliveira e pela secretária municipal de Saúde, Adriana da Silva Gomes.

ENTENDA O CASO
Em 30 de janeiro, a Procuradoria do Município informou ao MPMA que o Executivo Municipal realizaria licitação para a compra de medicamentos e que, por esta razão, a entrega de remédios de uso contínuo à população estaria suspensa por 60 dias.

Na ação, o promotor de justiça Tiago Quintanilha Nogueira ressaltou que a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado oferecer as condições indispensáveis ao seu pleno exercício, conforme prevê a Constituição Federal.

“É certo que o péssimo planejamento do Executivo Municipal que evidentemente tardou a agir, não pode onerar a população dessa forma, negando-lhe o acesso a medicamentos e colocando em risco a saúde pública”, enfatizou, na ação, Tiago Quintanilha.
  
Redação: CCOM-MPMA

GOVERNADOR EDISON LOBÃO/INDÚSTRIA E COMÉRCIO INDÚSTRIAS DE ÁGUA DO MUNICÍPIO RECEBEM VISITA DOS VEREADORES


A convite dos empresários das empresas de água do município na manhã desta quinta-feira 21/02, os vereadores e assessoria de comunicação do município (ASCOM), visitaram as instalações de duas das três indústrias de água da cidade (Ana Rosa e Cristal Sul). 
Na visita foi conhecido todo o processo de higienização dos vasilhames, engarrafamento da água e toda metodologia de análise e controle de qualidade da água desde a fonte até o embarque para distribuição em toda região. Na oportunidade os empresários expressaram toda confiança que teem no potencial econômico do município de Governador Edison lobão e toda região, por isso tamanho os investimentos em mão de obra qualificada e equipamentos de última geração para garantir sempre um produto de qualidade aos clientes.
Também foi apresentado todos os laudos produzidos pelas empresas por meio de seus químicos e também por laboratórios externos pois as mesmas teem um total controle e acompanhamento estreito dos órgãos competentes para garantir a qualidade da Água. A prefeitura Municipal por meio secretaria de Indústria e Comércio do município, tem atuado muito junto a todas as empresas do município e também na articulação para atrair novas indústrias pra cidade desenvolvendo assim a economia local e gerando mais emprego e renda aos nossos munícipes.