quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Mexida

Chegou ao final do ano e ainda não se ouviu fala em mudanças de secretários municipais.
Parece que a coisa ficará mesmo somente na cabeça daqueles que desejam fora do esquema adversários.
O técnico Madeira acha que otime está jogando para ganhar e como quem manda na equipe é o treinador.
Mais que tinha gente pronta para sair, tinha.
E merecia.
Como mineiro, embora nascido por estas bandas, Madeira deverá alterar a formação dos titulares aos poucos na medida em que sentir que estará próximo de empatar a partida. Pois deixar para mexer quando estiver perdendo, será complicado.
Por enquanto, todos estarão dormindo o sono dos justos e dos empregados.

Sem explicação

Ainda bem que cancelaram o tal de réveillon da ressaca que aconteceria nesta sexta-feira na beira-rio
Não teriam mesmo como explicar gastos de duzentos mil reais em dois shows de bandas ultrapassadas e que custam em média 15 mil reais.
Para complicar, o Governo do Estado gastou segundo informações do secretário organizador Sergio Macedo, 70 mil reais para a realização do réveillon e também com duas bandas, praticamente na mesma situação das anunciadas para hoje.
Irão agora, esperar a pipoca pular no carnaval para torrar alguns trocados e justificar.
Como já meterem a mão na grana, não tem mas esta de devolver.
Haja confusão.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Partidos livres

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram em sessão administrativa que os partidos políticos terão liberdade para realizar as coligações que desejarem nas eleições gerais de 2010, já que o parágrafo primeiro do artigo 17 da Constituição Federal estabelece que não há vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital e municipal.
Desse modo, o TSE respondeu à pergunta feita pelo diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) sobre a liberdade que os partidos terão para se coligarem em 2010.
A seguir a íntegra da pergunta do PSL e da resposta do TSE:
“Poderá haver a regra da verticalização partidária para o pleito eleitoral de 2010, através de Resolução a ser expedida por essa E. Corte Eleitoral, ou, será respeitada a regra de total liberalidade para os partidos políticos adotarem o regime de coligações sem vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital e municipal, como determina o parágrafo 1º do artigo 17 da Constituição Federal de 1988?”
Resposta: Afirmativa. “A obrigatoriedade de verticalização das coligações que se fundamentavam no princípio de caráter nacional do partido foi mantida somente para as eleições de 2006. A nova redação do artigo 17, parágrafo primeiro da Constituição, dada pela Emenda 52, de 2006, deu nova disciplina às coligações eleitorais, assegurando aos partidos políticos autonomia para adotar os critérios de escolha e regime de suas coligações eleitorais sem a obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital ou municipal, devendo seus estatutos estabelecer normas e disciplina de fidelidade partidária, dispondo acerca da obrigatoriedade”.
O relator da consulta foi o ministro Felix Fischer e seu voto foi acompanhado por unanimidade pelos ministros da Corte. Fonte:TSE

BARRIGA É BARRIGA...

por Arnaldo Jabour

"Barriga é barriga, peito é peito e tudo mais. Confesso que tive agradável surpresa ao ver Chico Anísio no programa do Jô, dizendo que o exercício físico é o primeiro passo para a morte.
Depois de chamar a atenção para o fato de que raramente se conhece um atleta que tenha chegado aos 80 anos e citar personalidades longevas que nunca fizeram ginástica ou exercício - entre elas o jurista e jornalista Barbosa Lima Sobrinho - mas chegou à idade centenária, o humorista arrematou com um exemplo da fauna: A tartaruga com toda aquela lerdeza, vive 300 anos. Você conhece algum coelho que tenha vivido 15 anos?
Gostaria de contribuir com outro exemplo, o de Dorival Caymmi. O letrista compositor e intérprete baiano era conhecido como pai da preguiça. Passava 4/5 do dia deitado numa rede,bebendo, fumando e mastigando. Autêntico marcha-lenta, levava 10 segundos para percorrer um espaço de três metros. Pois mesmo assim e sem jamais ter feito exercício físico viveu 90 anos.
Conclusão:
Esteira, caminhada, aeróbica, musculação, academia? Sai dessa enquanto você ainda tem saúde... E viva o sedentarismo ocioso!!! Não fique chateado se você passar a vida inteira gordo. Você terá toda a eternidade para ser só osso!!!
Então:
NÃO FAÇA MAIS DIETA!! Afinal, a baleia bebe só água, só come peixe, faz natação o dia inteiro, e é GORDA!!!
O elefante só come verduras e é GORDOOOOOOOOO!!!
VIVA A BATATA FRITA E O CHOPP!!!
Você, menina bonita, tem pneus? Lógico, todo avião tem!
E nunca se esqueçam: 'Se caminhar fosse saudável, o carteiro seria imortal'
Ufaaaaa que alívio......

Governo do Estado antecipa pagamento dos servidores para dia 25

O servidor público estadual receberá um presente de Natal do Governo do Estado. O pagamento dos salários do funcionalismo, previsto em calendário para 28 deste mês, será antecipado para o dia 25, segundo anunciou nesta terça-feira (22) o secretário de Administração e Previdência Social, Luciano Moreira.
O secretário informou que os servidores de todas as secretarias e órgãos do Executivo e dos poderes Legislativo e Judiciário poderão sacar seus vencimentos de dezembro neste dia. Caso fosse seguido o calendário, o pagamento seria realizado em dois dias, 28 e 29.
“Ao antecipar o pagamento do funcionalismo, a governadora Roseana Sarney reafirma seu compromisso de valorizar o servidor público estadual”, assinalou Luciano Moreira.
Compromisso salarial que estará mantido em 2010, com o lançamento do Calendário de Pagamento dos Servidores Públicos, que definiu as datas de vencimento do funcionalismo, incluindo as duas parcelas do 13º salário.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Esconder

Veja como são as coisas.
Obras que Roseana Sarny deixou sem concluir, foram abandonadas pelos governadores que a sucederam e ninguém disse nada.
Agora, ela veio, entregou Travessia da Integração e em momento algum escondeu quem foram os iniciadores, apenas deu esclarecimentos sobre o que fez.
E mesmo assim, está sendo criticada pelos apaixonados petistas e jackisistas.
Valeu, Roseana, além de concluiu em todas elas que foram deixadas inacadas tiveram que ser corrigidos seus projetos, inclusive a ponte que não poderia passar nem um jumento sem carga, por problemas no vão a falta de estrutura e acessos.
A mesma coisa teve que ser feito no estádio e na rodoviária.
Entregue todas elas, pronta e a disposição da comunidade.
Isso é o que importa.

Verdade

Afinal, de que tem medo as pessoas em falar a verdade a ponto de se esconder e não mostra a cara?.
Mantenho a disposição de não postar nenhum comentário que venha anonimo.
Acho que para defender seu ponto de vista, o leitor deve sim, falar o que pensa,mais assumindo o que está falando.
postar comentários ou ser editor de blog usando pseudonimo para atingir as pessoas é um gesto de quem na verdade não tem coragem para assumir o que pensa e por isso mesmo não deve ser levado em consideração.
Quer postar comentários, que faça de forma civilizada, sem ofensas e com seu nome de email.
E ponto final.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Fluminense e Lideral

O organograma traçado pela CBF para os confrontos da Copa do Brasil poderá fazer com que o representante imperatrizense na competição, o Lideral enfrente o Fluminense.
Para isso, basta que vença o seu primeiro adversário a Ponte Preta e depois o segundo adversário que sairá do confronto entre Portuguesa(Paulista) e Roraimense. Na terceira fase irá esperar, os vencedores dos confrontos;
Fluminense x Confiança e Londrina  x Uberaba.
Para a alegria dos torcedores pó de arroz,  o flusão pode pintar no município.
Depende do Lideral e do próprio tricolor.

Já o Sampaio Correa, poderá enfrentar o Palmeiras na trceira fase desde que vença seus dois primeiros jogos, contra São Domingos, o primeiro e em seguida, o vencedor do confronto entre Atlético Paranaense e Vilhena e que o Palmeiras derrote o Flamengo do Piauí e o vencedor de Payssandu e Potiguar.
Eis os confrontos dos dois times maranhenses na competição que começará no dia 10 de fevereiro e terminará após a Copa do Mundo.
O Lideral jogará em casa no dia 10 contra a Pont Preta de Campinas.

Governo do Estado paga segunda parcela do décimo nesta segunda

Nesta segunda-feira (14), o Governo do Estado dará início ao pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário, beneficiando 88.937 servidores públicos ativos e aposentados do Poder Executivo, cujo valor representará a injeção de R$ 81.597.326,59 na economia maranhense.

Sem falar que dia 28, o governo iniciará o pagamento do funcionalismo público referente a dezembro, quando outros milhões de reais estarão circulando na economia local.

"O governo Roseana Sarney pagou a primeira parcela do décimo em junho e agora, paga a outra parcela, honrando o calendário de pagamento do estado", frisou Luciano Moreira, ao informar que os recursos estarão disponíveis na conta do servidor neste sábado (12).

Segundo Luciano Moreira, o pagamento dessa parcela do décimo terceiro era bastante esperado pelo servidor, que poderá utilizar os recursos na quitação de dívidas, em compras natalinas, reforma de casa, ou mesmo aplicar na poupança ou em outro investimento.

Injeção de recursos também aguardada com expectativa pelo comércio maranhense, pois são milhões de reais a mais que circularão na economia e contribuirá para o aquecimento das vendas neste fim de ano. "É um recurso extra que beneficia não somente o servidor público, mas toda a economia, a partir do momento em que o dinheiro começa circular", observou o secretário.

Luciano Moreira lembrou que apesar das dificuldades de caixa enfrentadas pela governadora Roseana Sarney, que ao assumir encontrou o orçamento praticamente comprometido, o governo sempre teve como uma de suas prioridades o pagamento do funcionalismo público em dia.

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL), Alberto Nogueira da Cruz, disse que o montante de R$ 81 milhões que será injetado na economia, por conta do pagamento do décimo terceiro salário pelo Governo do Estado, deverá ser canalizado pelo servidor público, em grande parte, para o consumo.

Alberto Nogueira observou que os recursos dirigidos ao consumo, aquecerão as vendas do setor "e contribuirão para que este seja o melhor Natal dos últimos 10 anos para o comércio lojista maranhense".

Para o presidente da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Haroldo Cavalcanti Júnior, os recursos irão dinamizar ainda mais as vendas, além do que o próprio estado ganhará, com a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Roseana retorna a Imperatriz nesta segunda-feira


Governadora Roseana, com os secretários Max Barros, Ademar Freitas e
 Leo Cunha, na ultima visita a ponte

O Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), entrega, concluída, na terça-feira (15), a ponte Dom Affonso Felippe Gregori, sobre o Rio Tocantins, em Imperatriz. A governadora Roseana Sarney afirmou que deve fazer uma última vistoria na obra juntamente com o secretário Max Barros, nesta segunda-feira (14).

Inaugurada às pressas e inacabada pelo governo anterior, a obra ganhou acessos, uma ponte auxiliar, sobre o Rio Cacau, e uma iluminação especial, que muda de tom ao comando de um programa de computador.

A ponte interliga Imperatriz, no sudoeste do Maranhão, a São Miguel, no Estado do Tocantins, na região do Bico do Papagaio, e é um dos maiores empreendimentos realizados pelo governo maranhense. Sua conclusão faz parte de um pacote de ações de infraestrutura que vêm sendo desenvolvidas pelo Executivo Estadual na Região Tocantina.

Além da ponte, serão concluídas em breve a reforma do Estádio Frei Epifânio d'Abadia, a construção da nova rodoviária e pelo menos quatro obras de infraestrutura rodoviária: duplicação da Avenida Babaçulândia (13 km entre Imperatriz e João Lisboa); restauração da MA-122 (102 km entre João Lisboa e Amarante); restauração da MA- 123 (145 km entre a BR-010 e São Pedro da Água Branca); e pavimentação da MA-280 (47 km entre Montes Altos e Sítio Novo).
Desenvolvimento

O secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros, destacou que a entrega da ponte e a conclusão das demais obras fazem parte de um compromisso do Governo do Estado com a população tocantina. Segundo ele, Imperatriz e adjacências necessitavam de obras estruturantes que dessem suporte ao desenvolvimento econômico que a região experimentou nos últimos anos.

"Essas são obras que vão possibilitar a criação de um novo vetor de desenvolvimento para a região. Imperatriz cresceu muito nos últimos anos e, com ela, os municípios vizinhos. Então, essas eram obras necessárias”, completou.

No total, as obras da ponte consumiram R$ 98 milhões e exigiram, pelo menos, mais R$ 12 milhões para as vias de acesso e uma ponte intermediária sobre o Rio Cacau. Além disso, um valor ainda não estimado foi gasto em indenizações que deixaram de ser feitas no governo anterior.

A previsão é que, ao entrar em funcionamento, mais de seis mil veículos passarão por dia pelos acessos e sobre a ponte sobre o Rio Tocantins, que liga os Estados do Maranhão e Tocantins.

Estrutura da ponte

- Comprimento da ponte sobre o Rio Tocantins: 1.020m

- Tabuleiro de 16m, sendo duas pistas de 4,95m e dois passeios de 3,05m

- Mastros dos estais: 60m

- 85 vigas pré-moldadas e protendidas, 40 de lado do Maranhão e 45 do lado do Tocantins

- 21 Apoios

- 20 vãos

- Vão central navegável: 140m

- Vãos adjacentes: 60m

- Demais vãos: 45m

- Volume de concreto: 22.000m³

- Peso de aço: 2.500t

- Fundação em estaca escavada, 94 estacas, totalizando 2.900m em estacas

- Volume de concreto nas estacas: 5.000m³

- Peso do aço nas estacas: 275.000kg

- Ponte sobre o rio Cacau: 90m

- Extensão do acesso a BR-010: 2,6 quilômetros

- Volume de aterro: 500.000m³

- 88 estatais

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

O bicho vai pegar


Lula ao lado de Roseana com uma criança no colo.


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje pela manhã durante visita ao Residencial Camboa que “o bicho vai pegar no Maranhão, vocês vão ver”. A declaração do presidente foi uma alusão ao fato da fase de desenvolvimento que o estado entratá com a construção Refinaria Premium da Petrobras em Bacabeira.

“É por isso que vocês vão ver o que vai acontecer aqui no Maranhão, a partir de janeiro do ano que vem, fevereiro ou março. Na hora em que começar a terraplanagem da refinaria da Petrobras que a gente vai fazer aqui no Maranhão, vocês vão ver a quantidade de máquinas e a quantidade de trabalhadores trabalhando aqui no estado do Maranhão”, disse o presidente.
Ela afirmou que estará de volta ao estado entre os dias 15 e 18 de janeiro para dar início das obras de terraplanagem da refinaria. Lula afirmou que seu governo está investindo R$ 40 de bilhões na obra. Ele contou que a refinaria faz parte de uma meta de seu governo de mudar o eixo econômico do país para o Norte/Nordeste no sentido de levar o desenvolvimento também para essas regiões. Lula afirmou que é por isso que no estado estão sendo construídas 14 escolas técnicas.
“Podem ficar certos, a vida do povo do Nordeste e a vida do povo pobre deste país não voltará a ser a desgraça que era há algum tempo, não voltará. Acho que o Brasil aprendeu uma lição: de que o pobre não pode ter valor apenas na época da eleição, o pobre tem que ser respeitado 24 horas por dia, durante 365 dias por ano e durante a vida inteira. Porque na época de eleição, as pessoas gostam muito de pobre e falam mal de rico. Mas, depois, governam para os ricos e desprezam os pobres. Agora, a coisa inverteu. A coisa inverteu, este país aprendeu, este país aprendeu, e eu estou vendo na cara de vocês a alegria de quem está percebendo que está muito mais perto de a gente conquistar a felicidade do que voltar à desgraça anterior que a gente tinha neste país”, completou.
Palavrão
Durante cerimônia de assinatura de contratos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no Centro de Convenções, o presidente falou um palavrão. O termo foi usado durante discurso no qual ele defendia que nenhum governo investiu tanto em saneamento básico. “Eu não quero saber se o João Castelo (prefeito de São Luís) é do PSDB, não quero saber se o outro é do PFL, não quero saber se é do PT, eu quero saber se o povo está na merda e eu quero tirar o povo da merda em que ele se encontra. Esse é o dado concreto”, afirmou.
Em seguida, ele disse que o fato iria repercutir na mídia. “Lógico que eu falei um palavrão aqui, amanhã os comentaristas dos grandes jornais vão dizer que o Lula falou um palavrão. Mas eu tenho consciência de que eles falam mais palavrão do que eu todo dia e tenho consciência de como é que vive o povo pobre desse país e é por isso queremos mudar a história desse país.”
(Com informações do G1).

Lula, Sarney e Roseana na inauguração na Alumar


                                                      Roseana discursando na Alumar
                                                   
Depois de visitar o PAC Rio Anil e assinar convênios no Centro de Convenções, a comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva seguiu para as instalações do Consórcio Alumar (Consórcio de Alumínio do Maranhão), no Distrito Industrial, onde participou da cerimônia de ampliação da refinaria. O presidente do Senado Federal, José Sarney, fez questão de comparecer ao evento, onde descerrou fita da placa de inauguração da planta industrial ao lado de Lula, da governadora Roseana Sarney, do ministro Edison Lobão e do presidente da Alcoa para a América Latina e Caribe, Franklin Feder.
Roseana Sarney disse da satisfação do Maranhão receber mais um grandioso investimento, dentre os muitos que virão para o estado. Salientou a importância da especialização dos jovens e trabalhadores tendo em vista a chegada de novos investimentos.
“A duplicação, digamos assim, da Alumar é uma demonstração viva de que o trabalhador maranhense faz a diferença. E isso é um orgulho para todos nós e com esse pensamento que determinei prioridade para formação de mão de obra qualificada com a instalação de novas escolas técnicas no estado”, afirmou Roseana.
Lula ressaltou por sua vez que a ampliação desta refinaria simboliza um novo momento da Região Norte e Nordeste do país. “Na verdade o Brasil está mudando de pensamento. São os novos ares de prosperidade que chegou ao Maranhão. O povo brasileiro que ser tratado em igualdade de condições, ser respeitado. Estamos acreditando mais em nós mesmos. Parabéns Alumar, parabéns ao Maranhão”.
O presidente da Alcoa América Latina e Caribe, Franklin Feder, disse que a expansão da maior refinaria do mundo é uma das grandes realizações da Alumar. Destacou a honra da empresa receber em suas instalações o presidente Lula, a governadora Roseana, ministros, secretário de estado, parlamentares e funcionários da empresa.

Segundo Feder, no momento mais crítico o governo federal acreditou na aceleração da economia e a expansão da Alumar trouxe geração de renda e emprego a milhares de maranhenses. Avaliou que o Brasil deixou de ser o país do futuro para ser do presente. “São quase 30 anos quando plantamos na ilha de São Luís um Ipê amarelo, quando na época era costume um trator derrubar uma árvore. Conservamos até hoje o meio ambiente. A governadora Roseana honrou ao nomear a expansão da Alumar – em recente painel empresarial – como um dos grandes projetos para alavancar a economia no estado”, completou.
A funcionária Adriana Cristina Castro disse da satisfação em ter tido a oportunidade de fazer parte da ampliação da refinaria, “representando os 13 mil trabalhadores que contribuíram na construção desta importante refinaria mundial”.
Com a expansão, a Alumar eleva a sua capacidade anual de 1,5 para 3,5 milhões de toneladas de alumina, consolidando a participação da indústria brasileira no segmento de commodities minerais, como um dos principais produtores mundiais de alumina.
O projeto de Expansão foi concluído em três anos e exigiu R$ 5,2 bilhões em investimentos realizados pelos acionistas da Alcoa, BHP Billiton e Rio Tinto Alcan. Na Refinaria, o gerenciamento da Alumar é exercido pela Alcoa (54%), com participação da BHP Billiton (36%) e Rio TintoAlcan (10%). Pela grandiosidade da obra, a expansão da Alumar gerou no pico de construção mais de 13 mil empregos.
Os procedimentos na área de saúde e segurança do trabalho, na ampliação da Refinaria, foram reconhecidos com o prêmio Proteção Brasil 2009, da revista Proteção, especializada em segurança industrial. A Alumar venceu nas seguintes categorias: Ações corretivas em SST,Comunicação em SST, Higiene Ocupacional, Política de SST para Terceirizados e Trabalho em Altura.
“Esses reconhecimentos demonstram o nosso compromisso pela busca contínua de um ambiente de trabalho e uma vida livre de incidentes. É uma conquista de todos os funcionários e aprovação definitiva do nosso sistema de gestão integrada”, explicou o diretor da Alumar, Nilson Ferraz.
Como em todas as ocasiões, desde que construiu suas instalações, na década de 1980, mais uma vez o Consórcio apostou na mão de obra e fornecedores locais. Mais de 350 empresas maranhenses foram contratadas ao longo do projeto. Além disso, graças à expansão da Refinaria, foram criados Consórcios de empresas maranhenses, gerando uma grande cadeia de desenvolvimento local.

A farsa do hexacampeonato do Flamengo

Do blog de Marcos Deça, é desmarcarada a farsa flamenguista.Veja:

O Flamengo nunca foi hexacampeão brasileiro. O Flamengo sequer é pentacampeão brasileiro.


O Flamengo é apenas bicampeão brasileiro (1982/83). Na soma total, tem cinco títulos da competição incontestáveis.

Bicampeão, pentacampeão ou hexacampeão são apenas os clubes que vencem este número de vezes, seguidas, uma competição.

No Brasil só há um tricampeão brasileiro, o São Paulo, vencedor de 2006/2007/2008.

Outra farsa envolvendo o Flamengo - com o conluio da grande imprensa esportiva comandada pela Rede Globo - é a invenção de que ele tem seis títulos do Campeonato Brasileiro.

Farsa rapidamente desmontada com uma simples visita ao site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que coordena e organiza o futebol brasileiro.

A CBF reconhece como campeão brasileiro de 1987 – título festejado irregularmente pelo Flamengo/Rede Globo – o Sport Recife. (Veja aqui)
Tanto que o Sport Recife foi o representante brasileiro na Libertadores da América de 1988.
O Flamengo ganhou o Brasileirão de 80, 82, 83, 92, e agora este de 2009. O de 1987 é uma invenção criminosa e usurpadora.
Dai que se tira que o Flamengo foi bicampeão, em 82 e 83, assim como o Palmeiras em 72 e 73.
E como tal, deve ser desmascarada…

E tem absoluta razão, só é consideradas conquistas seguidas.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Articulação Politica

Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de Câmaras municipais e lideranças políticas dos municípios de Lajeado Novo, Campestre do Maranhão e Governador Ribamar Fiquene tiveram a oportunidade de discutir, nesta quinta-feira (3), temas de interesse das respectivas comunidades, durante encontros com o secretário de Estado da Coordenação Política, Hildo Rocha, e os adjuntos da pasta, Jones Braga (Articulação com os Municípios) e Leo Cunha (Articulação com Municípios da Região Tocantina).

Segundo Hildo Rocha o objetivo dos encontros é estreitar as relações institucionais entre o Governo do Estado e as prefeituras. “Precisamos ouvir o que a população tem a dizer, conhecer de perto a realidade de cada município e, juntos, buscarmos soluções para as questões mais urgentes”, afirmou o secretário.
Lajeado Novo
Educação, saúde e segurança, são as áreas que necessitam de mais atenção, segundo conclusão dos participantes da reunião ocorrida na Câmara Municipal, com a presença da vice-prefeita, Delzi Pereira Barros (PMDB), secretários municipais, vereadores e lideranças municipais. A classe política local quer agilidade na construção do Hospital, a conclusão da Escola de 2 grau e melhorias no sistema de segurança pública.
O ex-prefeito, Antônio Pereira da Silva (PDT), elogiou a iniciativa do Governo do Estado. “Todas as ações que beneficiem nosso município serão bem-vindas. Aqui os interesses da comunidade estão acima das nossas divergências políticas”.
Hildo Rocha se reuniu ainda com o ex-prefeito Deusdete Pereira dos Santos “Dete” (DEM) e visitou o Hospital em construção, obra do programa Viva Saúde.
Campestre do Maranhão
Em Campestre houve nova demonstração de maturidade política. O Prefeito Emivaldo Vasconcelos (PDT), elogiou a iniciativa da governadora Roseana Sarney e agradeceu ao secretário Hildo Rocha. “Na condição de prefeito eu tenho que buscar soluções para os problemas do município, para isso preciso de ajuda, venha de onde vier, portanto, esse tipo de aproximação é importante. Eu não tenho conhecimento de iniciativas semelhantes por parte dos governos anteriores. Estamos muito satisfeitos com esse gesto de atenção", afirmou o prefeito.
Governador Ribamar Fiquene
Dioni Alves da Silva (PSDB), prefeito de Governador Ribamar Fiquene, também destacou a importância da visita. “Conversar com a população, ouvir os vereadores, falar com o prefeito e com os demais componentes do poder executivo municipal é muito diferente de receber informações em forma de relatório. O contato pessoal permite uma avaliação mais realista da situação de cada município”, disse.
O prefeito afirmou ainda que “é louvável essa atitude do Governo do Maranhão. Nós temos conhecimento de governos anteriores que não tiveram esse tipo de atitude. O secretário Hildo Rocha, fazendo esse tipo de ação, está chegando diretamente na população. Mais que isso, está ajudando na solução dos problemas das comunidades”, afirmou.


Primeiro emprego em Imperatriz

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres), está convocando os bolsistas selecionados para o programa Viva Meu Primeiro Emprego em Imperatriz. Eles deverão se apresentar, nesta segunda-feira (7), no auditório do Palácio do Comércio, a partir das 15 horas.

O Meu Primeiro Emprego está disponibilizando 230 vagas na cidade, com oportunidades de trabalho em setores como comércio e serviços. Durante a solenidade, os bolsistas assistirão a uma palestra motivacional do administrador Guilherme Júnior, além de receberem instruções gerais sobre a dinâmica do programa. O secretário de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy e a coordenadora estadual da ação, Elizabeth Azevedo, estarão presentes ao evento.

O programa é destinado a jovens de 18 a 24 anos, que ainda não tiveram nenhum emprego com carteira assinada. Eles trabalharão durante três meses, mediante o pagamento de uma bolsa-auxílio no valor de R$ 465, subsidiado pelo Governo do Estado. Ao fim do período, os bolsistas terão anotado na carteira de trabalho, a experiência da ocupação exercida durante as atividades do programa.

O Viva Meu Primeiro Emprego foi criado pioneiramente pela governadora Roseana Sarney em 1995. Seu modelo serviu de inspiração para a criação do ProJovem, do Governo Federal.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Visita

A governadora Roseana Sarney só deverá vir a Imperatriz entre os dias 15 e 17.
Na semana que vem ele estará recebendo o presidente Lula e por isso mesmo adiou a visita prevista para o dia 10.
Nesta data deverá além de entregar a travessia da Integração ligando o Maranhão e o Tocantins, assinará a ordem de serviços da duplicação entre Imperatriz e João Lisboa.
Vai também confirmar a data da entrega do novo estádio Frei Epifanio Dábadia.
A princípio para o mês de janeiro.
Deve ainda inspecionar outras obras em andamento na cidade e região.
A informação foi dada pelo secretáio de articulação política, Hildo Rocha que está na região visitando prefeitos e lideranças políticas.

domingo, 29 de novembro de 2009

Projovem

Confirmada para o dia 12 de Dezembro mais uma visita do ministro do trabalho Carlos Lupi a Imperatriz. O ministro, que é do PDT, vem anunciar convênio com a Prefeitura de Imperatriz que possibilitará a implantação do ProJovem Trabalhador que numa primeira etapa contemplará mil jovens, entre 19 e 29 anos. Para tratar das bases desse convênio o prefeito Madeira esteve pelo menos duas vezes em Brasília.

Esclarecer

Este blog apóia o governo Roseana Sarney (PMDB) e acredita no sucesso de todas a suas propostas - da construção de hospitais, na área da Saúde, à recuperação e construção de estradas em todo o Maranhão; dos avanços no setor educacional e de Segurança ao desenvolvimento econômico, social e tecnológico do estado.

Este blog considera o governo Lula (PT) o melhor da história do Brasil. Torce e trabalha para que este projeto tenha continuidade com a ministra Dilma Rousseff (PT).

Este blog mantém relacionamento de respeito crítico com o prefeito Sebastião Madeia.
Sente-se livre para apontar os erros e elogiar os acertos da administração tucana.

E mais, o blog tem sincera admiração pelo presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz, Hamilton Miranda e considera sua postura equilibrada, serena e correta.

Para não dizer que não falei das flores, este blog não acredita em Jackson Lago (PDT), Aderson Lago (PSDB), Weverton Rocha (PSDB), Telma Pinheiro (PSDB), Domingos Dutra e coisas que os valham. Considera o governo Jackson o mais corrupto e incompetente da história do Maranhão(como diria Marcos Deça)

Ainda do Deça, faço dele as minhas palavras em relação ao que considera o presidenciável José Serra (PSDB) é um homem fora do seu contexto histórico, que não cabe mais na cena política do pós-Lula. Portanto, vai torcer contra sua candidatura a presidente.

É a partir destas premissas que o leitor deve buscar entender este blog.
Mais claro impossivel.

Pra onde vai

A pergunta que se faz nos meios políticos é para saber qual será o destino do ex-presidente dos tucanos municipal, Hamilton Miranda.
O moço pediu renúncia do cargo em caráter irrevogável e pretende pelo ao menos por enquanto permanecer apenas como filiado.
Cheio de mistério, Miranda entregou o cargo na sexta-feira em reunião convocada por ele.
Nesta segunda, os tucanos se reunirão para definir a sucessão.
Enquanto isso, Hamilton Miranda vem sendo assediado por outros partidos, inclusive da base da governadora Rosana Sarney, como quem o presidente da Camara esteve reunido dias atrás em São Luis.
Não se sabe é se a decisão de sair do PSDB ocorreu após este encontro.
Mais posso apostar sem medo de errar, que o dirigente não ficará no PSDB, mais aguardar a brecha sobre fidelidade para sair sem perder o mandato.
Quem sabe, uma vice a caminho?

Banco de Alimentos

Recebi uma carta denuncia de uma ex-funcionaria do Banco de Alimentos da Prefeitura e como não está assinada, não pude levar adiante.
Mais posso dizer que dados interessantes sobre como anda o funcionamento deste setor.
Fala inclusive em maus tratos por parte da coordenação.
Alimentos estragados.
Doações apenas para amigos da coordenadora.
Enfim, coisas que o prefeito ou o secretário da área deve tomar conhecimento e as providencias.
Ficar do jeito que está é que não deve.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Quebrou a cara

Quem pensou que iria se dar bem com a audencia publica na Camara para falar sobre o time do Imperatriz deu com os burros n´água.
O pessoal esteve presente, contou toda a conversa e desmanchou o circo que estava armado para a ocasiao.
E mais, a eleição vai seguir o que determina o estatuto.
Só pode ser candidato quem é associado por no minimo dois anos.
Quem elege o presidente e vice da diretoria é o Conselho Deliberativo e pronto.
E mais, o controle completo do clube é do Conselho Deliberativo quem faz e desfaz.
Tudo está na edição de hoje(quinta-feira) de O Progresso, estatuto e ata de fundação.

Bonita

O prefeito Madeira acompanhado da sua esposa Conceição e do secretário Roberto Alencar estavam  tanquilos na noite de quarta-feira  caminhando pelo viaduto.
Indagado se estavam fazendo cooper, mas do que depressa Madeira rebateu, não estamos vendo a instalação da iluminação de natal que está sendo feita para deixar a nossa cidade mais bonita.
E o pessoal da Citeluz estavam mesmo instalando a decoração natalina dos viadutos.
Quer dizer, além de mandar, o homem vai conferir para ver se as coisas estão realmente saindo como deseja.
Isso é o que faz a diferença em Madeira, nao fica ausente e sim presente.

domingo, 22 de novembro de 2009

Numeros da eleição na OAB/Ma

Eis os numeros da votação do interior,em que Mário Macieira obteve 368 votos contra 318 de Feitosa e 16 de Isaac. Veja a votação por município:


São Luís

Mário Macieira: 1.457

Roberto Feitosa: 1.408

Isaac Dias: 216

Votos em Branco: 43

Votos Nulos: 54

Imperatriz

Mário Macieira: 137

Roberto Feitosa: 156

Isaac Filho: 06

Votos em Branco: 02

Votos Nulos: 17

Açailândia

Mário Macieira: 27

Roberto Feitosa: 09

Isaac Dias:0

Votos em Branco: 02

Votos Nulos: 01

Balsas

Mário Macieira: 28

Roberto Feitosa: 14

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 02

Votos Nulos: 01

Bacabal

Mário Macieira: 30

Roberto Feitosa: 33

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 01

Caxias

Mário Macieira: 42

Roberto Feitosa: 20

Isaac Dias: 3

Votos em Branco: 01

Votos Nulos: 03

Codó

Mário Macieira: 18

Roberto Feitosa: 14

Isaac Dias: 2

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 01

Chapadinha

Mário Macieira: 26

Roberto Feitosa: 02

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 01

Pedreiras

Mário Macieira: 12

Roberto Feitosa: 03

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Presidente Dutra

Mário Macieira: 16

Roberto Feitosa: 18

Isaac Dias: 01

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Pinheiro

Mário Macieira: 01

Roberto Feitosa: 21

Isaac Dias: 02

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Santa Inês

Mário Macieira: 14

Roberto Feitosa: 07

Isaac Dias: 02

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Barra do Corda

Mário Macieira: 14

Roberto Feitosa: 02

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Grajaú

Mário Macieira: 02

Roberto Feitosa: 10

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Estreito

Mário Macieira: 01

Roberto Feitosa: 09

Isaac Dias: 0

Votos em Branco: 0

Votos Nulos: 0

Complicada

Não está sendo fácil para o prefeito Alex Santos administar São Francisco do Brejão.
Apesar de encontrar o caixa cheio com mais e seiscentos mil reais, o homem simplesmente tomou doril e sumiu.
Hoje, enfrenta resistencia na comunidade por ausentar-se do município ao ponto dos vereadores aprovarem indicação solicitando que o mesmo desinstale gabinete em Imperatriz e despache no município.
Além dos mais, vai enfrentar problemas com a quantidade de contratos feitos e muitos com valores exagerados.
E olha que ele tem exemplo de como não se deve administrar dentro de casa
A mãe Sonia Santos está inelegível por conta de problemas na prestação de contas.
Mesmo assim, parece que não emenda e está fazendo tudo do mesmo jeito ou até pior.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Diploma

Diretores, professores e alunos da Faculdade Santa Teresinha tem uma semana para comemorar intensamente os feitos conquistados pela faculdade. No exame da OAB tres dos aprovados são alunos do curso de direito dela e para completar a vitória, ontem,17, promoveu a entrega dos Diploma aos Formandos dos cursos de pedagogia e economia.
Os diretores Roza Maria e Manoel Ferreira, não cabiam de contentamento e felicidade pelas duas conquistas.Entre os diplomados, estavam a minha esposa Claudia Regina e o reporter Paulo Negrão. Veja dois momentos emque Claudia recebia seu diploma, com a coordenadora doCurso de Pedagogia, Conceição de Maria e no momento em que recebia das mãos da diretora da Fest Roza Maria seu diploma.


domingo, 15 de novembro de 2009

Praça de Fátima

Ainda dará dor de cabeças ao CDL a chamada cobrança de taxas na Praça de Fátima durante a Campanha Promocional de Natal a começar dia 1 de dezembro.
O prefeito Madeira foi informado e parece que não gostou da cobrança e principalmente do valor.
Houve um acrescimento de quatrocentos por cento em relação ao ano passado.
Isso é muito para quem vai vender, cha-de-burro, tacacá, açai, pipoca e outros itens pequenos.
É preciso que seja revisto o valor que está sendo cobrado.
Tá certo, que a CDL tem custos, como disse seu presidente Francisco Almeida, mais, tem outras fontes também.

Campeao

A titulo de esclarecimento.
O time do Imperatriz já foi campeão da Taça Cidade de Sao Luis.
Foi no ano de 88, ainda como Sociedade Atlética Imperatriz.
Na gestão do conselheiro Pedro Faustino.
Nunca recebeu o troféu equivalente a esta conquista.
Hoje(domingo)está sendo disputada a 33 edição da Taça
Em 2005, levantou o título de Campeão Maranhense
gestão Nilson Takashi.
Dois anos atrás, ficou como vice-campeão da Taça e do Estadual, já com Leo Cunha na presidencia.
E 2010, o que será?
O tempo dirá.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

CAEMA TEM NOVO NOME E NOVA MARCA


Como parte do Projeto de Reestruturação e Modernização da Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema), elaborado por técnicos dessa companhia em conjunto com a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesbe), está em vigor, desde segunda-feira (9), a nova denominação, nova marca e o novo Programa de Comunicação Visual da companhia. O novo nome Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), traz na nova marca, um pingo de água na letra “e” da sigla, que em conjunto com a nova linha de comunicação, procura reforçar a idéia de originalidade e modernidade da empresa. As estratégias de divulgação estão sendo desenvolvidas com base nos conceitos que a Caema adotou desde que mudou a sua direção em abril deste ano: se posicionar entre as melhores Companhias de Saneamento do Brasil.

Obs. Precisa também assumir um novo compromisso funcional especialmente em Imperatriz em que as reclamações contra a empresa são muitas, quase que diariamente.

Sarney!!!!!!

Continua a saga do ex-presidente da Republica José Sarney.
Tudo o que acontece no Maranhão é por sua culpa.
Panfleto anonimo circula entre os advogados acusando Mário Maceira de ser candidato do grupo Sarney.
Naturalmente que a acusação é de que sua chapa esteja a serviço do grupo.
Ora, na chapa de Mário Macieira a presidencia da OAB/Ma, existem mais balaios do que Sarneys.
Tem gente que é militante do PT.
Balaio de Jackson Lago.
e seu parente, aliás sobrinho.
Quer dizer, mesmo assim, é uma chapa dos Sarneys?
Há algo errado com esta conversa.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Violência nos Bancários: fatos, memória e contexto

Com a permissão do jornalista Walter Rodrigues, um dos bons profissionais da comunicação no Maranhão, reproduzo o seu comentário acerca da palhaçada registrado na sede dos Bancarios em São Luis.Talvez, seja o comentário mais próximo do que realmente aconteceu.


"Com licença. É tarefa para jornalista sério narrar, explicar e situar no contexto o conflito ocorrido dia 4 no Sindicato dos Bancários do Maranhão, durante o lançamento de um livro esquisito contra o senador José Sarney e sua turma. Como tive que me afastar por alguns dias do blogue, só agora posso atender à demanda dos leitores.

Os doze estudantes, cálculo médio de fontes confiáveis, que irromperam no auditório do sindicato gritando “Jackson ladrão, envergonha o Maranhão”, certamente não foram lá apenas para protestar ou lembrar a denúncia da Procuradoria Geral da República contra o ex-governador e correligionários, por suposta participação no bando Gautama (Operação Navalha, 2007). Queriam tumultuar e tirar o brilho da festa alheia, naturalmente imaginando que seriam expulsos do local com apenas alguns empurrões ― que ninguém dá a cara a tapa se puder evitar.

Desinformados. Deviam saber que no Maranhão você pode apedrejar a casa de Roseana Sarney, como ocorreu no intervalo do primeiro turno de 2006, sem sofrer represálias. Mas nem sonhe em perturbar manifestações da aliança PDT-PSDB e seus menores. O pau canta na hora. Episódios do recente governo Jackson, como o incêndio de prédios públicos, agressão policial ao ex-senador Chiquinho Escórcio e exortações oficiais à violência política definem um estilo. Flávio Dino e seus aliados petistas e outros provaram um pouco disso na campanha municipal do ano passado, quando o candidato do PCdoB enfrentou João Castelo (PSDB), apoiado por Jackson.

Guerra de panfletos

Quando os jovens sarneístas chegaram ao local, havia umas 150 pessoas no auditório, segundo cálculos moderados. Os manifestantes gritaram seus slogans e espalharam exemplares do livreco Corrupção: bandidos navalhados, espécie de contrapanfleto em resposta ao Honoráveis bandidos servido aos presentes pelo jornalista Palmério Dória.

Uma dúzia de pessoas comuns, desarmadas e praticamente indefesas, entre as quais várias moças, só se estivessem loucas seriam capazes de iniciar um quebra-quebra ou provocar conscientemente uma pancaria em tamanha desvantagem.

Dois ou três delas, segundo correligionários jackistas, lançaram ovos. Isso não se vê nas imagens divulgadas até agora, nem mesmo sinais de ovos quebrados pelo chão ou na roupa dos presentes. Mas pode ter ocorrido. Nesse caso os lançadores postaram-se no fundo da sala e foram os primeiros a dar o fora quando a barra pesou.

Já as moças e rapazes que se aproximaram da mesa diretora dos trabalhos, onde Palmério discursava sobre honestidade, observado carinhosamente pelo ex-governador José Reinaldo e outros heróis do livro dele, limitaram-se a dizer palavras de ordem e a jogar panfletos. Estes foram cercados e espancados com violência abusiva e desnecessária. Não precisva tanto, nem isso faz ou fazia parte dos costumes locais, pelo menos na capital. De mais a mais, foi, digamos assim, uma briga de irmãos.

A bolsa ou a vida

Examinando-se as imagens de vídeo postadas no Youtube e no próprio saite do Jornal Pequeno, porta-voz dos anti-sarneístas e anti-lulistas no Maranhão, percebe-se claramente o que aconteceu. Os sarneístas, após alguns minutos, deixaram o local correndo e debaixo de pancada, perseguidos por seus algozes.

Uma moça baixinha foi cercada e agredida por três jackistas, que até lhe tomaram a bolsa. No relato faccioso do JP, “Uma das manifestantes, identificada como Ana Paula Ribeiro, engalfinhou-se com um dos organizadores do evento e, ao sair correndo, acabou deixando sua bolsa, com documentos pessoais, no meio do auditório”. Veja as imagens.

Quem adiante mexeu na bolsa da moça sem nenhum constrangimento, exibindo-lhe o conteúdo como um troféu, foi o deputado federal Domingos Dutra. Para esse dissidente petista aliado aos tucanos no Maranhão, a cédula de identidade de Ana Paula, líder estudantil ligada ao secretário estadual da Juventude, Roberto Costa, é a “prova do crime”, de que o “ato terrorista”, como o chamou, foi manipulado pelo secretário.

Ou pelo próprio senador Sarney, como mudaria no dia seguinte, na Câmara, aproveitando para transformar os 10 ou 12 manifestantes ― “no máximo quinze”, segundo as versões mais condescendentes ― em quarenta pugilistas.

Do JP: “Dutra afirmou que o presidente do Senado enviou uma tropa de choque de cerca de 40 pessoas para invadir o Sindicato dos Bancários e tentar impedir o evento, munidos de pedras e ovos”.

Pedras? Nenhuma imagem de qualquer jornal ou saite mostra algum jackista ferido, machucado ou reclamando de pancada ou pedrada. Parecem todos, pelo contrário, muito felizes depois da briga desigual. Querendo, confira no vídeo outra vez.

Já no saite sarneísta iMirante temos as imagens de manifestantes feridos e queixando-se de dor. Veja aqui.

Bandos estudantis

Esses doze infelizes que meteram a cara em falso naquela noite pertencem à União Municipal de Estudantes Secundaristas (Umes) e à Federação da Juventude Maranhense (Fejuma). Leitores deste Colunão estão cansados de saber do que se trata. São organizações contaminadas pelo clientelismo e, em última análise, pela corrupção, inclusive no sentido mais amplo de que degeneraram e perderam a própria identidade.

A mãe de todas elas, a Umes, caiu primeiramente sob a influência do então deputado e depois governador e senador e atual vice-governador João Alberto, PMDB, ex-PDS, outrora ligado também ao PCB. Uma das jovens criaturas de João Alberto foi o atual vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), adiante cooptado pelo esquema Jackson.

Como prefeito e como governador, Jackson usou e abusou da corrupção estudantil. Em 2000, ano em que Jackson conquistou seu terceiro mandato municipal ― aliado ao PFL de Roseana na famosa coligação champanhota ― a Umes já se havia transformado num covil de bandos rivais, uns correndo atrás dos outros em torno do cofre, a gritar pega ladrão. “Umes é caso de polícia (e de política)”, registrou o Colunão de 5/11/2000 (veja aqui).

Tem origem na Umes o famigerado Weverton Rocha, ex-secretário da Juventude no governo Jackson. Espécie de afilhado e herdeiro político do ex-governador, esse jovem precoce maneja a pecúnia pública com uma ousadia de assombrar os veteranos.

O ex-pedetista Tadeu Palácio, atual secretário de Turismo de Roseana, que foi vice e sucessor de Jackson na prefeitura, mais ou menos que pacificou os ânimos na Umes repartindo o pão.

Tadeu, Ivaldo e Weverton estimularam a criação de novas “entidades estudantis”, tão agressivas quanto famintas. Usou-as contra o DCE da Universidade Federal do Maranhão quando este, bem fraquinho, tentou reagir às novas regras da “meia- passagem” combinadas pelo prefeito com os empresários de ônibus. Essa mesma “militância espontânea” desafiou professores grevistas inimigos da Lei do Cão no governo Jackson.

Chávez patetando

Quando Hugo Chávez veio ao Maranhão patetar ao lado de Jackson, do MST e de notórios direitistas como os secretários Aderson (Maluf) Lago e Lourenço (Sylvio Frota) Vieira da Silva ― ocasião em que a imprensa jackista-governista cumpriu direitinho a instrução de suspender temporariamente a habitual fuzilaria antilulista e antichavista ― os sarneístas protestaram acionando o grupo dessa mesma AnaPaula cuja bolsa o deputado remexeu com sem-cerimônia de lanceiro. A qual, a propósito, assim como Ewerton, também andou envolvida em desvio de verba numa dessas entidades fantasmas.

Portanto não é de estranhar que agora, com a cassação de Jackson e o retorno de Roseana, Ana Paula esteja mais ousada e que a Umes de Jackson e Tadeu passe a ser a Umes de Roseana, visto que o prefeito João Castelo (PSDB), que tem lá os seus caprichos, nunca deu trela a essa gente.

Um pior que o outro

Marco d’Eça, colunista do iMirante (da família Sarney) afirma que a manifestação anti-Jackson nos Bancários foi obra de Roberto Costa, atual secretário da Juventude, a quem chamou de “idiota” por haver ajudado a “promover” o lançamento dos inimigos de Sarney. Diz também que Roberto Costa é “igual a Weverton”.

Se foi Costa quem enviou doze gatos pingados para o sacrifício, sem nem mesmo cuidar do suporte midiático prontamente acionado pelos adversários após a confusão, será mesmo um tanto idiota, sim, além de sadomasoquista. Ele nega, diz que foi tudo idéia da Umes, tão somente.

Quanto a ser “igual a Weverton”, nem de longe. Pelo menos por enquanto. Só quando provarem que esse Costa, como aquele Weverton, meteu a mão no cofre da Umes, fez acordo de restrição de direitos com o Ministério Público para não ser condenado por peculato, criou entidade fantasma em nome da própria mãe para desviar recursos externos, e ainda afrontou a comunidade ao sumir com o dinheiro da reforma de um ginásio de esportes, o Costa Rodrigues, cujas ruínas o denunciam no centro da cidade. (Mas sim: e o Ministério Público, que nunca termina essa “apuração” do ginásio Costa Rodrigues?).

Seja lá como for, pouca gente acredita que os estudantes sarneístas, os líderes, sejam mais ou menos indiferentes a grana que a militância ou clientela jackista-reinaldista equivalente.

Dizem que os jovens são o futuro da nação. Danação. É isso aí.

Amigo do peito

Informa o Jornal Pequeno que o “evento” nos Bancários foi organizado pelo conhecido jornalista Marcos Nogueira.

Trata-se de um “amigo pessoal” do senador José Sarney. Pelo menos foi assim que ele se identificou em 2002, logo depois do sarneísmo ter ganho mais uma, com a vitória de José Reinaldo (PFL) sobre Jackson Lago (PDT).

Naquele ano (ou terá sido no começo de 2003), Nogueira tantas fez que convenceu Sarney a comparecer ao aniversário dele, na área de convivência do condomínio Canopus. Foi o bastante para que plantasse no noticiário de meia página que se reservou no jornal Folha do Maranhão, do qual fora feito editor-chefe pelo deputado sarneísta Manoel Ribeiro, o seguinte (cito de memória, mas a parte grifada é literal):

“A festa foi prestigiada por destacadas personalidades da política local, entre as quais o senador José Sarney, amigo pessoal do jornalista".

Nogueira é cearense. Palmério é paraense. Nada de preconceitos contra o Maranhão.

De coração

O trabalho que me deu pesquisar e lincar tanta informação, tratando de um assunto afinal de contas menor, ofereço à inteligência do leitor honesto e independente. Se, por sua vez, você se der ao trabalho de ler tudo e tudo analisar, dou-me por recompensado".
Comentário meu - ´E realmente tem muita coisa escondida nisso tudo, até no lançamento do livro pelo jornalista paraense que mais uma vez demonstrou o sentimento dos vizinhos em relação ao ex-presidente  da republica. Tudo isso continua sendo a saga de José Serra em desastibilizar politicamente Sarney e enfraquecer-lo perante Lula na sucessão presidencial Pior é que alguns também com o mesmo sentimento de despeito e inveja não conseguem enxergar além do nariz e cairam na armadilha..

sábado, 7 de novembro de 2009

Atado

É fácil confirmar quando um jornalista, blogueiro ou um simples leitor tem afinidade por gupos politicos ou a um político.
Basta cutucar determinado político ou administrador para ver a sua reação.
É sempre de revolta e gritos muitas vezes não tem argumentos.
Quanto aos donos de blogs estes ficam nervosos e agridem quem escreveu ou postou algo contra quem lhe banca ou tem admiração.
Portanto, pela reação, confirma-se que está sendo "beneficiado"pelo esquema político, seja, em prefeituras ou em governos.
É aquela máxima;
Uma atitude ou gesto, fala mais do que mil palavras.
rsrsrsrs

Figádo

Foi como se tivesse sido dado um  soco que atingisse o figado daqueles que estavam comemorando as agressões de um jornalista paraense financiado pelos adversários de José Sarney,leia-se Serra, Jackson e o menino maluquinho José Reinaldo, até pouco tempo menino de recado dos Sarneys.
Foi só começar a onda e a distribuição de um livreto cujotítulo expressa bem onde Lago e sua turma deveriam estar, para os defensores dos contra passassem inclusive a discriminar o autor que é deficiente fisico, mais inteligente a ponto de começar a faturar com seu trabalho literatário.
Quanto a "obra", muitos que escrevem ou estão buscando vagas nas academias de letras, nunca editaram um livro siquer.
O Navalha é sucesso nas rotatórias em Sao Luis e por aqui.
O resto é choradeira de quem achava que ficaria barato as agressões do despeitado paraense.
Enquanto isso, o Porto do Itaqui vai faturando, assim como a ferrovia que tira o minériodo Pará pelo Maranhão.
Coisas de quem sempre pensou no seu estado e desviou a ferrovia e o embarque do minério pelo mar de Sao Luis.
Por aqui até o Açai é chamado de Juçara.

PEC dos jornalistas

Apesar da preocupação os jornalistas provisionados regularmente no Ministério do Trabalho, serão preservados pela redação da proposta que esta em tramitação no Congresso e que vai exigir o diploma de jornalista para os profissionais trabalharem. Veja a PEC.

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO (PEC do Diploma)



Acrescenta o art. 220-A à Constituição Federal, para dispor sobre a exigência do diploma de curso superior de comunicação social, habilitação jornalismo, para o exercício da profissão de jornalista.


As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do § 3º do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:

Art. 1º A Constituição Federal, passa a vigorar acrescida do seguinte art. 220-A:


Art. 220-A O exercício da profissão de jornalista é privativo do portador de diploma de curso superior de comunicação social, com habilitação em jornalismo, expedido por curso reconhecido pelo Ministério da Educação, nos termos da lei.


Parágrafo único. A exigência do diploma a que se refere o caput é facultativa:


I – ao colaborador, assim entendido aquele que, sem relação de emprego, produz trabalho de natureza técnica, científica ou cultural, relacionado com a sua especialização, para ser divulgado com o nome e qualificação do autor;


II – aos jornalistas provisionados que já tenham obtido registro profissional regular perante o Ministério do Trabalho e Emprego.


Art. 2º Esta Emenda Constitucional entra em vigor na data de sua publicação.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Chifre em cabeça de porco


O delegado do Núcleo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA) em Imperatriz,Raimundo Nonato Batista(foto) rechaçou as informações divulgadas pela imprensa dando conta que os professores da rede estadual de ensino em Imperatriz teriam marcado paralisação para este mês. Raimundo Nonato foi enfático ao afirmar que o governo Roseana Sarney concedeu reajuste de 10% para a categoria. A medida abreviou a negociação que estava acontecendo entre o       Simproessema e Governo do Estado.                                         Delegado Raimundo Nonato
"Estão querendo encontrar chifre em cabeça de cavalo".
Bem ao contrário do governo do cassado Jackson Lago, que nunca sentou para discutir com a categoria dos professores sobre reajustes e por isso, o estado ficou praticamente um ano inteiro sem aulas.

Navalha na Carne! BALAIO$ SÃO VERDADEIROS MOLEQUINHOS



                               Contra capa                                           Capa do livro
Quando eu digo que essa trupe balaio-corrupta é que nem molequinho que dá o tapa e esconde a mão, os comentarista$ pagos com o dinheiro do assalto promovido nos cofres públicos pela turma da traição não cansam um minuto de me insultar com todo aquele vocabulário sujo que lhes é peculiar. Pois bem, estão dizendo que estudantes 'sarneisistas' teriam promovido o quebra-quebra no Sindicato dos Bancários durante o lançamento de um livro-ofensa ao maior dos maranhenses, que é o senador José Sarney (nem tem o que discutir, balaios!)

Aposto o que quiserem que quem começou a bagunça foi a mesma turma de contumazes trogloditas que costuma agredir quem pensa diferente deles. Depois, como é habitual, botam a culpa nos outros. Sempre foi, é e, infelizmente, sempre será assim.
O que eu gostaria mesmo de saber é por que JPinóquio e 'bogueiros' do mal em geral não divulgaram também o conteúdo do livreto 'Navalhados Bandidos'. Mas eu sei a resposta: só vale agredir José Sarney. Os 'santos' são o macambúzio Jackson Lago, indiciado por corrupção, formação de quadrilha e peculato, e o também indiciado nos mesmo crimes, o ex-líder Zé Noel, que chegou inclusive a ser preso e algemado junto com dois sobrinhos e secretários de estado do sorumbático desgovernador cassado. Os dois (Jackson e Zé Noel, claro) é que são realmente uma vergonha para o Maranhão". do Blo do professor Caio Hostilo e faço dele minhas palavras.

Dinheiro muda, e como muda.

Alguns devem ter lido ou acessado um blog chamado do Luis Cardoso, conhecido na capital por montar jornais e depois vende-lo.
Quando Roseana assumiu o governo o moço todos os dias dizia que que foi pra melhor, que Jackson Lago era isso e coisa e tal.
E não é que passados alguns meses, o jornalista fez uma proposta, queria cinquenta mil reais por mês da secom estadual, junto com outros jornais nanicos, aqueles que saem por sair, sem qualquer linha editorial e vivendo apenas da verba oficial.
Como recebeu um sonoro não passou a atacar o outrora bom governo Roseana.
Também por cinquenta mil bons motivos, até eu seria elogiado.
Eia mundo bom, sô.

Aécio Neves bati em mulher

Do blog do Juca kfouri
http://www.blogdojuca.blog.uol.com.br/

Covardia de Aécio Neves

"Aécio Neves, o governador tucano de Minas Gerais, que luta para ter o jogo inaugural da Copa do Mundo de 2014, em Belo Horizonte, deu um empurrão e um tapa em sua acompanhante no domingo passado, numa festa da Calvin Klein, no Hotel Fasano, no Rio.
Depois do incidente, segundo diversas testemunhas, cada um foi para um lado, diante do constrangimento geral.
A imprensa brasileira não pode repetir com nenhum candidato a candidato a presidência da República a cortina de silêncio que cercou Fernando Collor, embora seus hábitos fossem conhecidos.
Nota: Às 15h18, o blog recebeu nota da assessoria de imprensa do governo mineiro desmentindo a informação e a considerando caluniosaO blog a mantém inalterada."


Minha opinião - Pois é Kfouri, mais a imprensa nacional ficou muda diante deste fato e os grandes jornalões financiados pelo governo tucano de José Serra fez de conta que não aconteceu nada.
As próprias emissoras de televisao nacional, fez a mesma coisa.
Somente a revista Carta Capital é que rabiscou algumas linhas sobre o caso.

Em Pauta

Trem Fantasma


Parece até roteiro de cinema, no entanto, trata-se da novela envolvendo o retorno do trem de passageiros entre Imperatriz e Açailandia e de lá para São luis. O ex-senador, deputado e atual secretário de governo em Braśilia, Chiquinho Escórcio há muito luta para que a Vale volte novamente com o trem que alguns meses andou circulando e depois a empresa alegou prejuizos financeiros para sua manutenção e preferiu terceirar com uma empresa de onibus o transportes dos passageiros. O secretário pode dentro desta nova tentativa mostrar aos diretores da empresa que a ferrovia Norte-Sul se encontra hoje no Estreito e com isso, poderia estender o trem de passageiros até a divisa com o estado do Tocantins. Acho que não há mais desculpas.


Luta


A luta pelo trem de passageiros vem de muitos anos e esteve funcionando durante o governo de Ribamar Fiquene, ele mesmo um usuário rotineiro do trecho, por não gostar de avião e como governador trouxe por diversas vezes toda sua comitiva pelo ferrovia. Em tempo, Chiquinho Escórcio vez a reinvindicação ao grande mentor da Norte-Sul, o senador José Sarney, idealizador e responsável por este grande projeto.


Ladrões


Nem mesmo os tempos evangelicos estão escapando da saga dos ladrões em roubar tudo o que encontram pela frente. Esta semana, a Igreja Evangelica do bairro Nova Vitória, foi arrombada por marginais que levaram equipamentos de som e microfones. O pastor Wilson Dantas denunciou o caso da Policia e espera a recuperação dos objetos. É, tenha fé, pastor.


Exemplo


O empresário Neto Quirino, colocou a disposição do Cavalo de Aço sua estrutura de treinamento situada no Camaçari, lado esquerdo, próximo ao bebedouro. O local tem um belo campo de futebol e pronto para atender aos coletivos e reuniões do mais Querido. São gestos assim, que o representantes imperatrizense está precisando, além é claro de incentivos e não ataques de nervos de alguns.


Navalhados


Um livro que foi lançado esta semana em São Luis e que está provocando revolta nos simpatizantes do ex-governador José Reinaldo e Jackson Lago está fazendo grande sucesso. O livro que tem o titulo de Navalhados Bandidos, traz intenso material divulgado pela grande imprensa nacional sobre a Operação Navalha que prendeu José Reinaldo e citou Jackson Lago por corrupção em processo que tramita na Justiça Federal. Deve chegar por aqui, em poucos dias. Já encomendei meu exemplar.


Conclusão


É oficial. A construtora Constran responsável pela parte maranhense da travessia sobre o Rio Tocantins, confirmou ao Governo do Estado que estará concluindo a obra no próximo dia 20. Diante da definição a assessoria da governadora Roseana Sarney esta trabalhando para entre os dias 20 e 25 promover a entrega oficialmente a população.


E


Lembrando a musica de Chico Buarques, “vai passar”, neste dia, podem ficar certos de que não acontecerá apenas uma festa irreal, como a que aconteceu no inicio do ano em que soltaram fogos, fizeram festas para algo que não estava pronta e não poderia passar nem mesmo um jumento sem carga. Vão cruzar entre os dois estados pelo travessia da Integração.


Justiça


Seja feita, apesar de alguns ainda criticarem Roseana Sarney pode ate ser acusada de não ter feito grandes obras em Imperatriz, mais, tudo o que ela anuncia, cumpre. Até o momento, ela não anunciou a construção do Mercado do Peixe ou o asfaltamento da rodovia do arroz. Por isso não pode ser criticada por atrasos ou demora, mas, sim cobrada para fazer-las. E anotem. Quando ela anunciar, fará.


Moradias


Uma empresa de fachada de um ex-prefeito de Imperatriz que foi beneficiada com um contrato para construir e reformar duzentas casas em um assentamento rural, deverá ser acionada judicialmente nos proximos dias. Exatamente por não conseguir executar os serviços apesar de ter recebido a grana. O “engenheiro” desta empresa é um conhecido ex-locutor faz tudo da gestão deste ex. Estou apurando com detalhes para depois divulgar os nomes. A obra é de responsabilidade do Incra.


Em tempo


Caminha a passos largos para que o grupo do deputado Valdinar Barros seja o vitorioso na disputa pelo comando do PT em Imperatriz. Duas chapas estarão concorrendo ao comando e alguns petistas analisam que Jomar Fernandes perdeu muitos aliados, alguns por mudarem de partidos e outros por insatisfação por terem sidos preteridos durante seu governo. Já Valdinar mantém sua base unida e sempre está reunidos com eles e prestando contas.





Advogar com Arte

O advogado Mário Macieira, candidato a presidência da Ordem dos Advogados do Maranhao, nas eleições marcadas para o dia 20, esteve ontem em Imperatriz fazendo o lançamento do projeto “Advogar com Arte”, uma das propostas de campanha e que decidiu pela grande aceitação implantar mesmo antes da sua eleição, como acredita que sairá vitorioso. “O projeto Advogar com Arte é uma ocasião que proporciona momentos prazerosos, aos apreciadores de cultura, em um encontro agradável para reunir os advogados e as advogadas do Maranhão,amantes da arte que enobrece a alma”,Explicou Mario Macieira.
Quando indagado sobre o que é o projeto Advogar com Arte, o candidato a presidencia, disse que é mais uma ação de campanha, cujos objetivos são indissociáveis da proposta de dirigir a AOB/Ma com ética, transparencia, defesa das prerrogativas da categoria, defesa do estado do Direito e, acima de tudo, com a sensibilidade que a arte oferece. “O objetivo- acrescenta- é divulgar os talentos de advogados que, além do direito, dedicam-se à musica, à literatura, à fotografia, às artes plásticas e as outras manifestações artisticas”.
Quanto acontece - O projeto consiste numa série de eventos realizados mensalmente, que se traduzem em oportunidade inédita de divulgação dos talentos do Direito Maranhense à sociedade. “Ao ser eleita e empossada a nova diretoria, sob a minha presidência, vai transformar o Advogar com Arte em projeto permanente, subsidiado por parte da verba destinada ao Fundo Cultural da receita do Conselho Seccional”, finalizou.
O Advogar com Arte de Imperatriz lançado ontem por Mário Maceira acontecerá no próximo dia 13, sexta-feira em um restaurante da cidade, terá a apresentação musical do advogado Lucivan Brilhante e a exposição de pinturas da advogada Lucélia Alchaar, ambos de Imperatriz. Além de Imperatriz, o projeto já foi realizado em São Luis e deverá chegar ainda a Pedreiras, antes da eleição.
“O tempo é curto, mais, a grande aceitação do Advogar com Artes, nos deixa otimista de que as nossas propostas foi bem aceita pelos colegas advogados”, assinalou.
Durante a mais uma nova visita aos advogados imperatrizenses, Márcio Maceira esteve reunido com vários advogados de Imperatriz, reafirmando seus compromissos para com a categoria. Os ex-presidentes da subserção local da Ordem, Argentino Silva, Helena Amorim e Adailton Bezerra, apoiam a chapa encabeçada por Macieira. Ontem, o atual presidente da subseção acompanhou o candidato nas entrevistas a reuniões ao lado da integrante da chapa, Ana Valéria.



quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Roseana lidera pesquisa dos tucanos

O blog de Marcos Deça, trouxe ontem os numeros da pesquisa encomendada pelo PSDB e que estava guardada. Mais uma vez, a governadora Roseana Sarney manteve a dianteira em todas as alternativas. Veja o post do blog do jornalista da capital.

"Na pesquisa espontânea (quando o eleitor cita o nome de sua preferência, sem que lhe seja apresentada qualquer lista de candidatos), Roseana aparece com 33% das intenções de voto, seguida por Jackson Lago (PDT), com 19%. Flávio Dino (PCdoB) aparece com 6%, Roberto Rocha (PSDB), 2%, José Reinaldo (PSB) e Bira do Pindaré 1% cada.

O cenário da pesquisa estimulada apresentou Roseana Sarney, Jackson, Flávio e o que chamou de “outros candidatos”. Roseana teve 42%, Jackson 25%, Flávio 10% e “outros” 8%. Brancos, Nulos e Indecisos somaram 15%.
o terceiro cenário, foram incluídos também Roberto Rocha, José Reinaldo e Bira do Pindaré. Roseana subiu para 43%, Jackson manteve os 25% e Flávio subiu para 11%. Roberto teve 5% das intenções, Bira 2% e José Reinaldo 1%. Brancos, Nulos e Indecisos cairam para 13%.
No cenário seguinte, o Instituto Análise não incluiu Jackson Lago. As intenções de voto em Roseana subiram para 47%. Dino subiu para 17%, Rocha foi a 7%, Bira a 5% e Tavares a 2%. Nulos, brancos e indecisos somaram 22%.
No quinto cenário, o instituto trocou o nome de Roseana pelo de Lobão mantendo todos os possíveis adversários. Nesse caso, Jackson Lago venceria com 28%, seguido de Flávio, com 16%, Lobão com 13%, José Reinaldo e Roberto com 5% cada um e Bira em último, com 2%. Os nulos e brancos e o total de eleitores indecisos, neste caso, somariam altíssimos 31%.
No cenário seguinte, apenas Lobão, Flávio Dino e Jackson foram apresentados ao eleitor. Jackson ficou coim 30%, Flávio com 19% e Lobão com 15%. O mesmo percentual de 31% foi registrado entre os eleitores indecisos e os que votariam em branco ou nulo.
No último cenário os números apresentados foram os de Flávio Dino, Edison Lobão e Roberto Rocha. O comunista teria 24%, Lobão ficaria com 20% e Roberto Rocha com 10%.
Senado
Na primeira simulação para o Senado foi a pesquisa espontânea: Lobão foi o mais lembrado, com 22%, seguido de Jackson Lago, com 18% e Flávio Dino, com 15%. José Reinaldo foi lembrado por 8% dos eleitores, Roberto Rocha e Bira do Pindaré por 5% e Edison Vidigal por 3% dos entrevistados.
Quando o instituto estimulou a pesquisa o cenário ficou assim: Lobão com 24%, Flávio Dino com 18%, José Reinaldo com 10%, Roberto Rocha com 7% e Bira do Pindaré com 6%. Votos brancos, nulos e os que não souberam responder somaram 35%.
A pesquisa do PSDB foi submetida à cúpula do tucanato maranhense, que decidiu não puyblicá-la.´
Só agora o blog teve acesso e divulgou…"

domingo, 1 de novembro de 2009

Morre ex-vereador André Paulino

Morreu por volta das 9h deste Domingo(01) na Unidade de Terapia Intensiva(UTI), do Hospital São Rafael, o ginecologista André Paulino D´Albuquerque(foto). Ele teve parada cardíaca após agravamento de seu quadro clínico em função de um câncer de prostata.
A informação sobre a morte de André Paulino foi repassada ao blog pelos frequentadores da Banca do Chico, tradicional ponto de encontros de politicos, empresários, jornalistas, cruzeteiros, analistas, afins e outros, que lamentaram o falecimento do médico, que foi secretário de saude e vereador, além de frequentador do local.
O corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Vereadores, no centro.
André Paulino era um dos ginecologistas mais antigos e respeitados no exercício da profissão com atuação em hospitais de Imperatriz. Ele só deixou de trabalhar quando não suportava mais os efeitos devastadores da doença. Nos últimos dois anos, quando descobriu o câncer, ele vinha trabalhando em sua clínica, a Mater Clínica.
Vereador na década de 90 e candidato a deputado estadual. Passou por partidos como o PMDB e nos últimos anos estava no PDT. Chegou a se autobatizar de “APA”, as três iniciais do nome, mas essa identificação não vingou politicamente. A forma que ele mais gostava se ser identificado era de “O médico da Mulher e Parteiro”, e sempre que comentava sobre sua profissão orgulhava-se em ter trazido ao mundo dezenas de crianças.Estimava-se que teria colocado no mundo, mais de mil recém nascidos.
André Paulinho gostava de fazer declarações polêmicas principalmente politicas. Ele também chegou a ser detido, há cerca de 1 ano, em função de ter sido identificado como dono de uma rinha que funcionava em um galpão a menos de 50 metros do complexo policial da Rua Sousa Lima(Complexo da Delegacia Regional de Segurança). No local foram apreendidos muitos galos de briga e toda uma infraestrutura para apostas.

Atrasos de salarios

Amigo velho nós estamos ficando "fora de pauta". Novidades? sim!


Funcionários da adminstração, obras e outros cargos comissionados ainda não viram a cor do dinheiro dos salários de setembro e outubro e agora a partir deste 1° de novembro entram para o 3° mês. Enquanto isso, pergunte se a escola, o matadouro, o calçamento, a praça, a quadra e outras obras tiveram continuidade. Nada está esclarecido.Venha confira!
Ah, a partir desta semana, as contas de 2008 do ex-prefeito Francsicano já estão na entrada da câmara Municipal disponível pra toda sociedade. Tudo está esclarecido. vc é o cara, monta a matéria com o trocadilho sublinhado
Não esquece da turma de Franciscano, William, soldado ferido não é soldado fora de combate não.
A turma do Chefe!

É esta a situação no município de Sao Francisco do Brejão. E olha que se passaram apenas 10 meses de um novo governo municipal. Como será o restante?

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Agradecimentos

Aliás tenho que agradecer a incrível marca conseguida pelo blog(verdadeira e sem esquema no contador).
Também a forma pelas quais muitos dirigem seus comentários.
Também estender os agraecimentos sinceros aqueles que além de acessar, postarem comentários, se tornaram seguidores do blog.
A vocês meu muito obrigado e já estou preparando novidades que serão implementadas e que irão transformar o blog em um site de noticias.
É só aguardar
Vamos em frente.
Enquanto os cães ladram, a caravana passa.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Argumentos com agressividade

Quando as pessoas não tem argumentos para defender o seu ponto de vista, acaba procurando na agressividade o melhor caminho.
Porque não responder com argumentos o que ele acha ou entende ser o melhor para defender suas idéias?
Claro, quando falta, tem que partir para a grosserias e ataques pessoais.
Não tenho porque acatar ou ler comentários agressivos feitos por quem ficou parado no tempo e acha que resolve tudo agredindo.
Os leitores que não tem envolvimento político, procuram nos comentários falar de forma educada e civilizada.
Já os que são de grupos políticos, estiverem em administrações fracassadas ou tem despeitos de outros administradores levam sempre para o lado da agressividade.
Bastava mostrar suas versões ao que está sendo comentado. Simples, não?
Como os argumentos não são suficientes para rechaçar os comentários apelam e feio.
Já tomei a decisão. Quer comentar? que faça com educação.
E preocupar-me com ataques de quem já fez o mesmo; ganhar sem trabalhar, não pretendo.
Quanto aos erros do blog, nada demais, pois muito das vezes os post são feitos rapidos e tenho a certeza de que se tivesse uma semana para fazer-los, estes erros não apareceriam.
Muitos menos em uma edição que sai pela primeira vez e cheios de erros e com pedido de desculpas, imagine, uma semana para fazer e ainda errar. Falar o que?
E deixarei uma pergunta básica, porque o jornal que este moço é o responsável não traz uma matéria,artigo ou algo que seja contra Jomar Fernandes já que ele é tão imparcial?
É meninos, farinha pouca, meu pirão primeiro.
Isso são argumentos e não agressivos.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Novas Viaturas






O combate à criminalidade, pelo Governo do Estado, ganhou o reforço de novas 276 viaturas para incremento da força de atuação das Polícias Civil e Militar na capital e municípios do interior do estado. Os veículos, entre blazers, pajeros, vans, nissan e motos para batedores, foram entregues oficialmente, na tarde desta terça-feira (27), pela governadora Roseana Sarney, em solenidade realizada no Comando Geral da Polícia Militar, no Calhau. Além dos veículos já entregues, mais seis troller serão incorporados à nova frota no início de novembro, somando 282.

A solenidade contou com a presença do vice-governador João Alberto; secretário de Estado de Segurança Pública, Raimundo Cutrim; e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Franklin Pacheco, além de secretários de estado, prefeitos, vereadores e líderes comunitários. Em seu discurso, a governadora disse que a inclusão das novas viaturas no sistema de combate à criminalidade no Maranhão demonstra o compromisso do Governo do Estado em dar prioridade absoluta para a segurança pública.

Roseana Sarney considerou a criminalidade como uma mazela que, se não for combatida de forma enérgica e planejada, poderá comprometer o futuro de todos os cidadãos maranhenses. “Além das novas viaturas, nossas ações passam pelo treinamento e capacitação da força policial. Estamos também providenciando novas armas. Temos 150 patrulhas para cobrir todas as regiões do Maranhão. Além disso, nossa central 190 está sendo duplicada e para o combate à criminalidade, contaremos com o reforço das Polícias Federal, Rodoviária Federal e Detran”, afirmou Roseana Sarney, acrescentando que o combate à marginalidade será duro e sem trégua.

Planejamento

A governadora destacou ainda o esforço de seus governos anteriores e de sua gestão atual para o desenvolvimento do Maranhão em várias áreas, como habitação, educação e saúde e registrou a volta de programas sociais, como o Primeiro Emprego e a o Viva Luz e para o início do Viva Água.

O secretário Raimundo Cutrim ressaltou que todo o planejamento para uso das novas viaturas já foi traçado e que o trabalho já vai começar. Ele disse que a intenção é fazer com que o Maranhão volte a ser o estado menos violento do Brasil, como nos anos de 2000 a 2002. Ele anunciou também concurso público para a polícia em breve. “Além dessas viaturas que estamos recebendo, estamos aguardando outras 300”, disse Cutrim.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Franklin Pacheco, complementou dizendo que o trabalho dos homens da Polícia Militar estava sendo desenvolvido com muito sacrifício, pela escassez de viaturas. “Fizemos essa solicitação para a governadora e ela de pronto nos atendeu e agora queremos que a população também nos ajude a fiscalizar nas ruas esses nossos bens”, pediu o coronel.

Para a aquisição das novas viaturas o Governo do Estado investiu cerca de R$ 30 milhões, com recurso do Tesouro Nacional, via licitação. Os veículos também serão empregados para o trabalho de Ronda Comunitária, que agora passa a operar com 96 viaturas na capital.
Cometário meu: por estas é que os seus adversários não suportam seu governo.Preocupação é assim, fazendo e mostrando para a população.

domingo, 25 de outubro de 2009

Walter Rodrigues

Apontado como um dos jornalista mais respeitados do estado e que assina um blog independente, chamado de Colunão, Walte Rodrigues, postou o seguinte comentário em seu blog que reproduzo na integra para aqueles que basta ser contra Sarney, que qualquer m....é bonita e cheirosa.
"
A onda estragou o surfista (2)


O aspecto mais intrigante do livro de Palmério é o descarte dos fatos que pudessem incomodar tucanos e aliados.

A Operação Navalha, por exemplo, deflagrada em 2007 por ordem de ministra do Superior Tribunal de Justiça, em nove estados e no Distrito Federal, contra o chamado bando Gautama. O leitor ainda se lembra que essa operação da Polícia Federal prendeu o ex-governador José Reinaldo Tavares e dois sobrinhos lobistas do então governador Jackson Lago, além de um ex-secretário de ambos e outros funcionários estaduais.

Soube também que as mesmas investigações levaram ao indiciamento e posterior denúncia (de autoria do procurador-geral da República) de, entre outros, Jackson, Wagner Lago (PDT), irmão do ex-governador, e o ex-ministro Silas Rondeau (Minas e Energia), ligado ao esquema Sarney.
Silas escapou de ser molestado pelas algemas porque ministros de Estado só podem ser investigados e processados pelo Supremo Tribunal Federal. Fora do alcance do STJ, portanto.

Silas, todavia, antes mesmo da denúncia formal, foi derrubado do ministério de Lula pelos indícios de que ele, como os demais, comera propina da construtora Gautama, âncora do esquema desvendado pela PF. Wagner Lago, ao contrário, continuou secretário “de Relações Institucionais” de Jackson, em Brasília, até a cassação do governador por corrupção eleitoral este ano.

Engano ou esperteza?
Jackson escapou da prisão em 2007 porque a ministra Eliana Calmon, do STJ, para excepcionalizá-lo, invocou dispositivo da Constituição do Maranhão na verdade inexistente. Pode ter sido engano, porque o dispositivo de fato existira, até ser declarado inconstitucional em face da Carta Magna. Ou pode ter sido esperteza, já que prender um governador bota os outros em pé de guerra preventivo.
Estes cinco parágrafos que acabo de escrever contêm informações amplamente sonegadas pelo jornalista paraense, não em rápida matéria de blogue, mas num livro (impresso de ao menos 49 páginas, segundo a Unesco), do qual se esperaria apuração mais cuidadosa. Ou, no mínimo, que não fechasse os olhos aos fatos inconvenientes à tese maniqueísta que perfilhou.
Quem só souber da Operação Navalha pela versão palméria pensará que, dos maranhenses, apenas foram atingidos Silas e Ernani Sarney. Este último, grampeado em conversa suspeita, entra na gilete do livro sem ter sido indiciado na navalha da PF.
Já os indiciados e denunciados Jackson, Zé Reinaldo, Wagner etc, absolvidos pelo autor, entram e são referidos no livro sem a menor indicação de que, a exemplo do ex-ministro sarneísta, integram a suposta quadrilha denunciada pela PGR.
É como se alguém, noticiando recente crise no Congresso, citasse a representação contra o tucano Arthur Virgílio no Conselho de Ética, sem mencionar as oferecidas contra Sarney. (Palmério, aliás, faz o contrário: quando cita Virgílio é para insinuar que esse santo talvez tenha “ganho” uma eleição que perdeu no Amazonas).
A paixão sem freios dá até para que Palmério classifique Álvaro Dias (PSDB-PR) de “traidor”, por haver votado em Sarney para a presidência do Senado (página 65). Sem explicar por que então elogia peemedebistas como Jarbas Vasconcelos, que votaram no candidato dos tucanos, o petista Tião Viana.
Pornografia
O livro tem 207 páginas. A maior parte ocupada pela colagem de noticiário antipetista e anti-Sarney publicado na grande imprensa do Sudeste e na imprensa pró-tucano de São Luís. Dez páginas são de charges dos irmãos Chico e Paulo Caruso. Dos quais Palmério também reproduz uma canção pornográfica contra Roseana, baixaria que não honra nenhum dos três.
Outras cinqüenta páginas estampam uma “cronologia” intitulada “O Brasil e o mundo nos 80 anos de José Sarney”, organizada com a colaboração declarada de João Otávio Malheiros e Othelino Filho. O primeiro, gente boa, é um ambientalista inofensivo. O segundo, jornalista, é pai de um dos mais enrolados ex-secretários do governo Jackson, Othelino Neto, a quem a Polícia e o Ministério Público acusam de crimes diversos e multimilionários desfalques. Atualmente é secretário de governo do prefeito tucano João Castelo (São Luís). Nada disso no livro...
Cinqüenta páginas é muito, mas tampouco na cronologia há espaço para um mínimo de esclarecimento sobre a Operação Navalha. Ou, como já vimos, para o caso Ópera Prima, o mais famoso escândalo do governo tucano-pedetista cassado pelo TSE.
Isso é antijornalismo. O jornalista tem o direito de achar, certo ou errado, que Jackson é tão inocente na Gautama quanto Aderson na Ópera Prima. Não pode é subordinar a história à expectativa.
Maranhão do Sul
Sobra espaço ali é para repetir a mentira ― veiculada na TV por Arnaldo Jabor ― de que Edison Lobão, ao propor no Senado a criação do Maranhão do Sul, visava reservar um pedaço do estado para o clã Sarney, após a eleição de Jackson em 2006.
Não faz sentido. O principal campeão e defensor “histórico” do Maranhão do Sul é o atual prefeito de Imperatriz (MA), Sebastião Madeira (PSDB). Em 2006, Jackson obteve em Imperatriz sua maior vitória sobre Roseana, quase 80% dos votos. Até onde a vista alcança, nenhum Sarney jamais se elegeria governador desse pretenso “Maranhão do Sul”. Lobão, político forte na região, esse ainda tem uma leve chance, embora Madeira lhe faça sombra. Mas o que Lobão pretendeu mesmo foi associar seu nome platonicamente a um movimento popular que, nunca se sabe, pode acabar dando certo.
Há outras distorções e desinformações na cronologia. E uma ousadia: Ferreira Gullar e Bandeira Tribuzzi são classificados de “poetastros” (maus poetas), como se o fato de serem amigos de Sarney estragasse a poesia deles.
Vinho doce
No livro propriamente dito, informações ao mesmo tempo corretas e inéditas são raras. A maioria é copiada, enxertada, apressada, surfista. Há muita transcrição das conversas mafiosas de Fernando Sarney grampeadas pela PF e liberadas para os grandes jornais do eixo Rio–São Paulo. E mais ainda de difamações e fofocas assumidas sem a mínima checagem ou critério de relevância e decência. Como a de que Roseana “esbaldou-se” no carnaval pouco antes de submeter-se a uma cirurgia na cabeça.
O jornalista, ecoando seus contatos na atual oposição maranhense, insinua que a cirurgia foi uma farsa destinada a comover a opinião pública. Montada com a cumplicidade do Incor, naturalmente. Já o câncer de Jackson Lago merece tanto respeito que nem aparece no livro. O autor prefere mencionar que tomou vinho com o ex-governador.
Há também uma constante e quase obsessiva referência à homossexualidade alheia e a outros detalhes de vida privada de integrantes ou amigos da família Sarney. Que é também acusada de responsável pelo divórcio de José Reinaldo e Alexandra Tavares, após tantos anos de convivência tranqüila e feliz. Noutra passagem, chega-se a dizer que Fulano é filho “ilegítimo” de Sicrano, conceito preconceituoso que até nosso Código Civil já refugou.
PMDB brochou
Até a narração de cenas engraçadas que um dia contei a Palmério saíram deturpadas. Como aquela de 1985, quando o deputado Cid Carvalho levou ao presidente Sarney o deputado Haroldo Sabóia, pré-candidato à prefeitura de São Luís, em busca de apoio:
― Esse é o PMDB que lhe interessa, presidente ― entusiasmou-se ― Não um PMDB agachado. Um PMDB erecto!
(PMDB agachado seria o do candidato Carlos Guterres, que perderia para Sabóia na convenção partidária).
Sabóia ficou em quarto lugar, sem apoio de Sarney. Pouco depois, Roseana encontra Sérgio Braga, presidente da telefônica estatal Telma, ligado a Cid:
― E aí, Sérgio? Cadê o PMDB erecto do Cid? Broxou?
Na versão errada de Palmério, o interpelado foi o próprio Cid.
Quem não sabia?
Uma das melhores passagens ― ou antes, das mais promissoras, mas frustrada ― começa assim:
“Que jornalista desconhecia que Agaciel [Maia, diretor-geral do Senado) tocava uma fantástica fábrica de nomeações e multiplicação de cargos, funções, diretorias, até com sala secreta. Quem não sabia que ele sempre havia sido homem de Sarney, por Sarney indicado em 1995?”.
Não só de Sarney, claro, pois Agaciel se manteve no cargo na presidência de Antônio Carlos Magalhães, Jader Barbalho, Ramez Tebet, Renan Calheiros, Tião Viana e Garibaldi Alves.
Também é evidente que não só os jornalistas tinham conhecimento “histórico” daqueles fatos e que a mansão de Agaciel, exibida nos jornais e TVs como prova do crime, não se ergueu da terra ou caiu do céu nesta véspera de ano eleitoral. Como disse Lula, reagindo às pretensões virginais de um correligionário: “Ô Suplicy: você acha que alguém vai acreditar que você, com 18 anos de Senado, não sabia de nada do que se passava ali?”.
Escândalo sem moldura
Eis o ponto:― se os jornalistas como Palmério, assim como senadores, sabiam dos escândalos operados por Agaciel desde 1995, para não falar dos anteriores, por que somente agora a grande mídia e seus satélites resolve se escandalizar, atuando como se atendesse a um único estado-maior?
Por que não dar sequência ao raciocínio? Por que não enquadrar o “escândalo do Senado” na moldura da eleição de 2010? Por que não citar que a filha de FHC era funcionária fantasma do Senado e que Virgílio manteve outro ectoplasma na Europa durante um ano, a expensas do erário, além de receber dinheiro vivo de Agaciel? Ou que Jereissati pagava despesas de seu avião com verba “indenizatória” de senador?
Falta ainda identificar que vírus da corrupção é esse que de repente transformou gente sadia em cleptomaníacos. Esse Renan, hoje “símbolo da corrupção”, base de Lula, não é o mesmo respeitável ex-ministro da Justiça de FHC? O execrável coronel Sarney, base de Lula, não foi base de FHC também? Não era articulista superprotegido da Folha e do Globo? Não continuou respeitável cavalheiro republicano até o dia em que meteu Roseana no caminho da candidatura tucano-paulista de José Serra em 2002 e, atalhada a filha pelo caso Lunus, juntou-se a Lula?
Que jornal ou revista do sudeste criticou ― como este nosso Colunão ― a exposição itinerante “Sarney, o poeta e defensor da liberdade”, promovida em 2000 pela ABL (Academia Brasileira de Letras), nas barbas da mídia e da História? Em 2000, ano da exposição, metade do segundo governo FHC, Sarney já não fora o presidente da Arena/PDS da ditadura? Agaciel já não era diretor do Senado havia um qüinqüênio?
Impossível não se espantar com o facciosismo do jornalista paraense. Tanto nos fatos “nacionais”, como nos locais, maranhenses. Nomear Ernani Sarney, tio de Roseana, atual chefe da Assessoria de Programas Especiais, realmente equivale a conceder-lhe uma “boquinha”, posto que nunca se soube que tivesse qualificação para tanto. Esquisito é fingir que não sabe que o milionário tucano Aderson, tantas vezes referido como fonte e quase como guru do livro, de uma só tacada conseguiu pendurar quatro parentes no arvoredo da Assembléia Legislativa, inclusive dois filhos residentes no Rio e a mãe octogenária e detentora de robusta pensão de viúva de procurador.
Apologia traída
Deixei para o fim uma incoerência inexplicável, os elogios que Palmério derrama na memória do jornalista Oliveira Bastos. Diz assim (página 92):
“Oliveira Bastos... poderia ter sido um desfrutável bobo da corte de Sarney, mas sua sólida cultura, aliada a uma incontida ironia, fazia dele uma poderosa iminência parda na corte”.
Aí conta o episódio, verdadeiro, em que Bastos, bebendo com Sarney na casa do presidente, disse que o governo dele era “uma merda”. Minutos depois, dona Marly indicou-lhe a porta da rua.
O Oliveira Bastos que emerge dessa anedota verdadeira é mal-educado, porem sincero e honesto. Pena que não tenha existido. Palmério devia contar-nos o outro lado da história.
O outro lado da história é justamente o título de um livro de memória do governo Sarney, publicado em 2001, muito depois do incidente cambroniano referido anteriormente, com artigos do próprio Sarney, de João Sayad, Saulo Ramos e outros. Oliveira Bastos é o coordenador, autor da introdução e articulista também.
Cerca de um ano depois, em 27/10/02, registrei o seguinte: “Coordenador do livreco laudatório Sarney, o outro lado da história (Ed. Nova Fronteira, RJ, 2001), o jornalista Oliveira Bastos acaba de anunciar que mandou uma carta ao ex-presidente, acabando “uma amizade de mais de 20 anos”. A razão, revelada por vários colunistas, é que Bastos enfim teria descoberto que Sarney “só cuida dos próprios interesses”. [Mas] Não é o que está no livro”. (Leia o resto da crítica aqui).
Espero que Palmério tenha lido a carta e não venha a ter decepção semelhante com suas fontes.
------------------
Nota: Este texto foi revisado em 18/10/09 para corrigir a informação de que Wagner Lago (PDT) ainda era deputado federal em 2007, quando ocorreu a Operação Navalha".