segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Cassação

Previsto para hoje a retomada do julgamento em que é pedida a cassação do governador Jackson Lago e seu vice Porto, por abuso do poder economico e compra de votos. O julgamento foi iniciado ainda no ano passado e tanto o relator ministro Eros Grau como o Ministério Publico Federal pediram a cassação e a posse da segunda colocada Roseana Sarney e o vice João Alberto. A confirmar o parecer do relator, a corte deverá marcar a data em que o TRE diplomará a segunda colocada e dará posse no cargo.
O atual governador voltou a pregar desobediencia a Justiça espalhando cartazes e dizendo que é não existem provas e que é coisa do senador Sarney. Puro discurso de quem sabe o que fez para ganhar a eleição e mais, Jackson não pode criticar a ação judicial, pois ele mesmo quando perdeu a eleição para o seu grande lider José Reinaldo Tavares, entrou na justiça alegando o uso da máquina do estado a favor da candidatura do governador traíra como é conhecido o Reinaldo.
Porque que agora sendo contra ele é ilegal e e golpe? ora, me compre um bode, como diria Raimundo Cabeludo, governador, se valeu para o senhor, recorrer a justiça vale para qualquer outro, que se sinta prejudicado por atitude ou fatos. Como bem diz o outdoor espalhado em São Luis e diz a pura verdade. Se errou ou comprou voto foi ilegal sua eleição e estamos conversado.

Um comentário:

  1. Não considero o Ex-Governador José Reinaldo Tavares um traidor. Considero ele como um libertador do Maranhão. Traidor foi o Ricardo Murad. Como diz a revista britânica The Economist em um dos seus artigos recentes, o retorno da família Sarney ao Governo do Maranhão e ao senado é um retrocesso. "parece um regresso a uma era de políticas semifeudais que ainda prevalecem em alguns cantos do Brasil e puxam o resto dele para trás". Porém, meu Caro Willian, se hoje a Roseana disputar uma eleição no Maranhão com um cachorro, o cachorro ganha e estamos conversados.

    ResponderExcluir