quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Notas

Pensar o Carnaval


Passado a folia momesca fica a sugestão para que os organizadores e envolvidos no carnaval em Imperatriz possa repensar este evento que tem tudo para voltar a ser grande, mais, vem caindo a cada ano e não é culpa única do atual prefeito e tampouco do anterior. Tanto o Réveillon, Carnaval e São João de tradições passadas importantes e que mobilizaram milhares de pessoas já não são os mesmos e não chegam a atrair mais a atenção, apesar dos esforços de quem está organizando. O carnaval da avenida beira-rio para muitos, responsáveis por decretar o fim dos bailes de salão, não consegue empolgar multidões a não ser adolescentes, que aproveitam para soltarem-se literalmente. Com potencial econômico maior, a cidade vem perdendo terreno para cidades vizinhas como Porto Franco e Açailandia além de João Lisboa com seu lava-prato. Este ano, mais uma vez ficou evidente a necessidade de um novo estudo e um novo carnaval. O deste ano teve pouca gente, sem decoração, sem iluminação e sem atração musical de peso, o publico foi menor do que o do ano passado que já não foi lá estas coisas. Da-se o desconto por ser o primeiro da nova administração. Contudo, os envolvidos são os mesmos dos outros carnavais e conhecem o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário