terça-feira, 28 de abril de 2009

Roubando

Quer dizer que a culpa pelo fato de que o cidadão está sendo acusado de desviar dinheiro publico e manusear balancetes anual das prefeituras é da imprensa?
Ora me compre um bode, rapa.
Quem está prendendo e acusando é a Policia Federal e é a ela que devem protestar e não tomando camara de filmagem das mãos de quem está trabalhando legalmente e dentro da lei, coisa que o acusado não estava fazendo.
Além do pai preso, o dentista terá que pagar o equipamento e responder processo por danos morais.É o minimo que tem que acontecer para que fatos como estes não se tornem comum.

Violencia

A Associação de Imprensa da Região Tocantina(Airt)divulgou na tarde desta terça-feira(28) uma Nota Oficial na qual condena a volência e furto empregados por um dos investigados na Operação Rapina IV, contra uma equipe da Tv Mirante em Imperatriz.
O homem que furtou a câmara da Tv Mirante é o dentista Janos Borges, filho do contador apenas identificado por “Chicão”, ambos investigados pela PF nessa operãção. Agindo com violência Janos tomou a câmara de filamgem do repórter cinematográfico Raimundo Beserra e fugiu numa caminhonete. Horas mais tarde uma pessoa devolveu a câmara danificada na portaria da Tv Mirante, mas sem a fita.
A direção de jornalismo da emissora registrou um Boletim de Ocorrência(BO) na delegacia de Polícia Ciivl, no centro, e no período da tarde quatro policiais civis foram ao prédio onde mora o dentista para entregar a ele uma Intimação. Ainda à tarde Janos Borges prestou depoimento à Polícia Civil sobre a violência. Confira, na ítegra, a Nota Oficial:

ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA DA REGIÃO TOCANTINA – AIRT

Nota de RepúdioO Presidente da Associação de Imprensa da Região Tocantina – AIRT, vem a público repudiar, veementemente, a atitude desrespeitosa e desumana do Dentista Janos Borges, que ofendeu moralmente a equipe da TV Mirante, por volta das 07:00h da manhã, nesta Terça-feira (28/03), em pleno exercício da profissão.Ocorre que durante a cobertura jornalística numa operação da Polícia Federal de suposta máfia denominada “Rapina 4”, o repórter cinematográfico Raimundo Beserra, foi surpreendido traiçoeira e covardemente, por empurrões praticados pelo Sr. Janos Borges. Em seguida, o agressor sem respeito à ética, de forma agressiva, tomou a Câmera das mãos de Raimundo Beserra.
Depois de muita pressão da imprensa e de policiais presentes, a Câmera acabou sendo devolvida uma hora depois. A fita que havia sido retirada da câmera pelo agressor foi entregue danificada e o material registrado perdido.A AIRT se solidariza com o repórter cinematográfico Raimundo Beserra e o auxiliar técnico José Nilton Rodrigues, por essa postura antidemocrática e repulsiva do profissional liberal e exige providências por parte do Conselho Regional de Odontologia.A Direção de jornalismo da TV Mirante registrou ocorrência na Delegacia de Roubos e Furtos e está tomando as demais medidas cabíveis contra o desrespeito à liberdade de imprensa. Imperatriz, 28 de Abril de 2009.A presidência,Ozias Pânfilo

Emprego

A exemplo do que está fazendo o presidente da Assembléia Marcelo Tavares que está acomodando os antigos balaios no parlamento estadual, o prefeito Madeira está viabilizando empregos aos que foram demitidos do governo do Estado.
Além dos antigos adjuntos da secretaria regional quem conseguiu um emprego para não trabalhar, coisa que ele detesta, foi o pastor Luis Porto, que foi nomeado assessor especial.
Consta que tentou se secretário mais não conseguiu e ficará mesmo com o salário de dois mil reais.
E muito para quem não faz nada.
E anunciou que deixará o PPS depois que foi preterido pelo comando do partido para a disputa de mandato de deputado federal.
Quer vaga entre os tucanos.
Pode tirar o cavalinho da chuva, poiis mesmo indo para este partido, não será indicado candidato unico dos tucanos.

Pegou mal

Não foi bem aceita pela comunidade a "festa da inauguração" dos banheiros da Praça Tiradentes(praça do Camelodromo).
Primeiro porque não houve construção e sim pequenas reformas.
Esqueceram inclusive de pintar o local e ficou a mesma marca da administração anterior.
A presença de toda a Cãmara ao ato, desnecessária pelo tamanho dos serviços e que não justificou o evento.
Deixou a impressão de que a administração municipal não tem projetos concretos para a cidade e quer se segurar em pequenas obras.
Pois, fazer uma festa com 12 vereadores, discursos e banda de colocação de "trono" em banheiros de praça, aí já é demais.
Faz lembrar a festa feita pelo ex-prefeito Jomar para inaugurar um semaforo instalado nos cruzamentos das ruas Dorgival com Rua Grande do Norte.
O filme do prefeito Madeira, queimou nesta festa.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Nova entidade

'Fiquei sabendo que já está tudo pronto para que dezenas de prefeitos lancem a mais nova entidade em favor do municipalismo no Maranhão. Isso quer dizer que a atual FAMEM (Federação das Associações dos Municípios do Estado) pode vir a desaparecer ou caso contrário, perder seu prestígio político.
No momento a FAMEM é presidida pelo prefeito Raimundo Lisboa (PDT), do município de Bacabal, que não vem agradando na condução da entidade. Uma rebelião de gestores municipais já teria articulado criar uma nova entidade em defesa do municipalismo.
As últimas informações que foram repassadas, a este blog, é a de que já existe mais de 50 prefeitos municipais descontentes que estariam articulando a montagem do Estatuto da nova entidade. Há quem diga que com a cassação do governador Jackson Lago (PDT) as coisas pioraram ainda mais para o prefeito pedetista Raimundo Lisboa.' do blog de Mario Carvalho, no imirante.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

comentarios

Parece que os leitores do blog estão tendo dificuldades em postarem seus comentários.
Mas é simples, basta enviar o comentário e quanto a senha pedida é a mesma do email eletronico do leitor.
Exemplo....nome do endereço eletronico(uol,bol,hotmail,google) e sua senha pessoal.
pronto.
Top. O blog também está concorrendo ao Top Blog na categoria Politica e é facil votar, vote e nos faça crescer com as noticias de Imperatriz e do Estado para todo o mundo.

Rompimento

E quem foi que acreditou que o presidente da Câmara Hamilton Miranda iria romper com o prefeito Madeira? Acho que ninguém. Pois, os dois sabem que uma briga agora seria tudo o que os adversários querem e eles não podem prejudicar o projeto de oito anos no poder. E mais, Hamilton está sendo preparado para ser o sucessor do Madeira e mesmo não estando na boa, irão ficar juntos, entre tapas e beijos.
Acima dos dois e das diferenças tem o projeto político que está em vigor e neste momento, ruim, pois Madeira não consegue deslanchar seu governo pra valer e vem sofrendo criticas.
Também, não há historia de vereador querendo brigar, o que há é falta de habilidade do prefeito em conversar com os vereadores e tudo ficaria numa boa.
Até parece que Madeira, não foi deputado e sabe como funciona ou não teve atuação firme como parlamentar.
foram 14 anos como deputado é para saber direitinho.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Rei Morto. Rei Posto

Veja como estão tratando o ex-governador Jackson Lago, exatamente por quemestava lhe apoiando e agora quer o seu funeral. Exatamente, o Zé Traira Tavares.
Leio no blogue do jornalista Walter Rodrigues provável articulação política que estaria passando pelo pensamento do ex-governador José Reinaldo Tavares para a formação de uma frente ampla para as eleições de 2010.Conforme o blogue do Colunão, a nova frentona reuniria PSB, PSDB e PC do B, tendo como cabeça de chapa o deputado Flávio Dino e disputando as duas vagas de senador o próprio José Reinaldo e Bira do Pindaré.Até aí tudo bem. Eis que surgem duas indagações: E Jackson Lago? Não representa mais a esperança dos libertários? A propósito, alguém olhou o ex-governador Zé Reinaldo no Palácio dos Leões quando Jackson Lago agonizava seu revés político?

sábado, 18 de abril de 2009

Readmitidos

Nos comentários que faço na coluna Fora de Pauta diariamente em O Progresso, já havia comentado o assunto relacionado ao que vários prefeitos estão fazendo, cancelando nomeação de concursados e colocando os seus. Agora começam a cair na real. Veja, o que o a justiça mandou fazer com o prefeito Boca Quente.

"Duzentos e quarenta e seis servidores concursados do município de São João do Paraíso (distante 532km da capital) deverão ser readmitidos pela prefeitura por ordem da Justiça, que acolheu pedido do Ministério Público do Maranhão.
Todos servidores concursados, exonerados à revelia da lei, deverão reassumir os seus respectivos cargos, no lugar dos funcionários contratados irregularmente pelo atual prefeito Raimundo Galdino Leite.
A Ação Civil Pública solicitando a reintegração dos concursados foi ajuizada, em 26 de março, pela promotora de Justiça Nahyma Ribeiro Abas, titular da 1ª Promotoria de Justiça da comarca de Porto Franco. São João do Paraíso é termo judiciário de Porto Franco. O juiz Antonio Donizete Aranha Baleeiro assinou a decisão no dia 7 de abril.
Outra determinação da Justiça foi o bloqueio de R$ 299.261,22 das contas do município para o pagamento dos salários atrasados dos servidores demitidos, referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março. O pagamento já foi regularizado.
Os 246 servidores trabalhavam regularmente no município desde novembro de 2008, mas foram exonerados pelo atual gestor, sem processo administrativo, como requer a lei, ou qualquer razão plausível, em janeiro de 2009.
No mês seguinte, o prefeito Raimundo Galdino Leite chegou a firmar Termo de Ajustamento de Conduta com a 1ª Promotoria de Justiça da comarca de Porto Franco, comprometendo-se em readmitir imediatamente os servidores concursados. No entanto, ele descumpriu o acordo e ainda contratou novos funcionários de forma irregular.
“É de praxe nesta gestão a tomada de medidas que contrariam a lei para favorecer apadrinhados políticos”, declarou a promotora de Justiça Nahyma Ribeiro Abas. (Da Ascom / MP-MA)"

Barbas de Molho

Depois da cassação de Jackson Lago, muitos dos prefeitos que estão com situação complicada na Justiça Eleitoral, colocaram as barbas de molho.
É que a tendencia é de que o TRE siga a orientação de tirar da cadeira quem tenha usado de outros "argumentos" para vencer o pleito.
Por exemplo, João Castelo.
Por conta da posse de Roseana, passou despecebido da mídia mas na semana que vem serão ouvidas testemunhas e o processo está ficando concluido.
Flávio Dino é quem está pedindo a cassação e já estaria no processo, toda a documentação relacionada as irregularidades de Castelo na campanha.
É pode ser.
Não se pode duvidar.

Visita

Na próxima quarta-feira, os novos secretários de Saúde, Educação e Infraestrutura do governo Roseana estarão em Imperatriz em companhia do Secretário de Comunicação, Sérgio Macedo; Amissão do quateto será a de realizar um completo levantamento sobre as obras em andamento em Imperatriz e determinar agilidade em suas conclusão.
Engana-se quem pensa que Roseana ficará preocupada com tititi, irá sim, iniciar imediatamente seu governo e por Imperatriz em que pretende colocar nas placas das obras a contagem regressiva para serem entregues a população.
E com um detalhe. Prontas e com acessos e frequencias ao publico liberados.
E mais, independente da conclusão destas deixadas inacabadas, eles irão iniciar o levantamento sobre as que serão iniciadas imediatamente pelo novo governo.

Segurança

O deputado Raimundo Cutrim foi o primeiro secretário do governo Roseana a tomar posse. O novo secretário de segurança do Estado aproveitou a cerimônia de posse para anunciar o Coronel Franklin Pacheco para o comando-geral da Polícia Militar e o coronel Ivaldo Barbosa como subcomandante, o coronel Flávio para o comando do Policiamento Metropolitano, Carlos James como secretário adjunto do Sistema Penitenciário e o coronel José Nogueira Lago como Diretor-Geral do DETRAN.

Outro nomeado foi o jornalista Sergio Macedo, que assumirá a Secretaria de Comunicação. Ele prometeu um site governamental transparente, onde a população poderá seguir todos os passos administrativos e licitatórios do governo Roseana.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Apostas

Façam suas apostas sobre os secretários. Eis mais uma lista.
Do blog do jornalista Luis Cardoso, saiu esta relação com algumas novidades em relação a primeira lista.

Educação - César Pires
Segurança - Raimundo Cutrim
Saúde - Ricardo Murad
Esporte - Roberto Costa
Casa Civil - João Abreu
Cidades - Filuca Mendes
Infra-Estrutura - Max Barros
Comunicação Social - Sérgio Macedo
Articulação Política - Hildon Rocha
Secretária Particular - Olga Simões
Comando da PM - Coronel Franklin
Minas e Energia - José Jorge
Cultura - Bucão ainda não decidiu
Planejamento - Um técnico de Brasília
Secretário de Igualdade Racial - Houve uma articulação pelo nome do jornalista Décio Sá, mas prevaleceu Leitão, ex-prefeito de Alcântara.
O restante dos cargos, do qual tenho e relação dos nomes, ainda não confirmada. Chico Gomes Será o líder do governo na Assembléia Legislativa.

Posse

Com a decisão por unanimidade por parte do TSE da cassação do ex-governador Jackson Lago e do seu vice Porto, o TRE diplomará a segunda colocada Roseana Sarney hoje(sexta) pela manhã e as onze horas, ela será empossada no cargo de governadora do estado.
O ato de diplomação está marcada para as 8 horas.
Já a posse sera na Assembléia Legislativa do Estado.
O presidente da Assembléia Marcelo Tavares é quem está no cargo de governador desde a cassação de Jackson e ficará até dar posse a Roseana ao meio dia desta sexta-feira.
Jackson está fora do governo desde ontem à noite.

O Feliz

O Maranhão esta feliz.
A guerreira voltou.
Este slogam esta circulando no Maranhão há vários dias, inicialmente de forma timida, depois tomou conta dos carros.
Em Imperatriz não foi diferente, centenas de pessoas procuraram o adesivo e novas remessas tiveram que chegar a cidade.
Acabou o rancor, o ódio e a bagunça que se transformou este estado com o Jackson Lago.
Raimundo Cutrim será o secretário de Segurança Publica, coisa que ele conhece como poucos.]
Veja, outros possíveis secretários que devem ser confirmados hoje.

Saúde - Ricardo Murad
Educação - César Pires
Casa Civil - João Abreu
Esportes e Juventude - Roberto Costa
Agricultura (agronegócios) - Cláudio Azevedo
Agricultura (familiar )- Washinton Oliveira ou alguém do seu grupo no PT
Secretária Particular - João Abreu
Turismo - Tadeu Palácio
Desenvolvimento Social ou Mulher - Paulinha Lobão
Igualdade Racial ou Mulher - Heloísa Leitão
Minas e Energia - Hélio Soares
Infraestrutura - Max Barros
Cidades - Filuca Mendes
Comunicação - Sérgio Macedo
Cultura - Bulcão
Articulação Política - Hildo Rocha
Brasília - Chiquinho Escórcio.
Detran - Coronel Nogueira
Planejamento - Ana Maria
Meio Ambiente - Antonio Moisés
Indústria e Comércio - Maurício Macedo
Administração - Luciano Moreira

Confirmando

Confirmando o que postei sobre a situação da saúde, tirei do blog do Carlos Hermes, estas denuncias sobre o assunto.

"Essa denúncia veio de um funcionário do Posto de Saúde Milton Lopes, localizada à rua Leôncio Pires Dourado, próximo à Praça da Bíblia. A fonte, que naturalmente não quis ser identificada, disse que foram cancelados todos exames rotineiros como os de urina, fezes, sangue e outros. Segundo o funcionário de linha de frente do Posto, faltam os materiais básicos para dar continuidade aos exames, que apesar de serem de baixa complexidade, são de grande necessidade pra comunidade.A COISA TA FEIANa saúde é corte nas gratificações dos funcionários, exames cancelados, falta material básico, filas gigantescas pra poucas fichas de consultas.Na Unimed do Secretário Mamede não deve estar faltando nada, nem as contas públicas pagam. Eh, o bicho tá pegando pra quem falou e prometeu tanto. Cem dias já foramGREVEO Sindicato dos funcionários da Saúde, está preparando para breve uma grande greve da categoria, é aguardar".

Mudou para pior

Não é verdade que o sistema de marcação de exames nos Três poderes ou em qualquer posto de saúde tenha melhorado. A situação continua a mesma, basta ir aos locais tentar marcar uma consulta que o paciente ou seu familiar irão perceber que estão mais uma vez mentindo.
Pior, brincando com a saúde das pessoas, exatamente de um prefeito que é medico, tem consciencia disso e mesmo assim, as coisas estão desta forma.
Não adianta ficar através da imprensa informando uma coisa que não existe.
Está pessimo o atendimento deste setor, aliás, como em toda a secretaria de saúde.

Acabou o Mel

LAMAÇAL SEBASTIÃO MADEIRA MUDA IMPERATRIZ

Do blog do professor Isnande Barros, veio esta nota.

Cartaz colocado por populares na Rua Floriano Peixoto, em frente ao Residencial Imperadiesel. Acabou a lua de mel da cidade com o prefeito Madeira. Já deu tempo de conhecer os problemas e entender o funcionamento da máquina administrativa. A operação Mãos à Obra ainda não chegou naquele pedaço esquecido da cidade, mesmo com um orçamento 1,4 milhão de Reais.A operação iniciou-se na primeira quinzena de janeiro, apesar da licitação ter sido realizada no final da primeira quinzena de fevereiro. Foi uma festa que contou com a presença do governador, o trânsito na marginal direita da BR-010 foi parado enquanto os funcionários da SINFRA recuperavam um pequeno trecho esburacado da pista. Todos ficamos animados, mas a buraqueira não tem fim.

Do blog do jornalista Tácito Garros, capturei o seguinte comentário acerca do economista Jorge Murad a quem tenho a mesma opinião a respeito da sua falta que fará mesmo ao futuro governo da sua esposa Roseana Sarney.


"Setores da imprensa tem dado como certa a ausência do economista Jorge Francisco Murad Junior no eventual terceiro mandato da senadora Roseana Sarney como governadora do Maranhão. Jorge, marido da senadora, no primeiro mandato foi Assessor Especial da governadora e no segundo Secretário de Planejamento e Desenvolvimento do Estado concentrando muito poder. Nas duas oportunidades teve papel decisivo. Cortou gastos, equilibrou as finanças do Estado e espantou a política do clientelismo e dos convênios desmedidos. Extrapolou na medida e acabou tornando-se quase unanimidade de rejeição da classe política mas, um técnico de sua estirpe fará falta no futuro governo Roseana. Em que pese as reclamações da classe política o economista Jorge Murad, um estudioso da economia Nacional e Mundial é profundo conhecedor da máquina administrativa do Estado. Partiu de seu planejamento grande parte das ações dos governos Roseana hoje reconhecidos como avanços para o Maranhão pela Fundação Getúlio Vargas. A FGV divulgou recentemente o primeiro resultado do Indicador de Desenvolvimento Sócio Econômico (IDSE), que mostra o avanço dos estados brasileiros. O Maranhão aparece em terceiro lugar entre os que mais se desenvolveram. Segundo o estudo, o resultado é fruto de investimentos iniciados há oito anos. O Maranhão avançou 15,8% em relação a São Paulo, sendo superado apenas pelo Tocantins e Bahia, graças aos recursos aplicados em saneamento básico e abastecimento d’água, exatamente as principais obras do governo Roseana.Outro ponto importante que não aparece nos dados da FGV revelam que as decisões do governo levadas a cabo entre 1995 e 2002 segundo os relatórios publicados pelo IBGE e pelo IPEA foram eficientes. Os relatórios disponibilizados pelos dois órgãos ao grande público também na Internet, demonstram que nesse período o Estado chegou muito próximo da universalização no atendimento do ensino fundamental com 96% das crianças de 7 a 14 anos frequentando regularmente a escola. Esses e outros inúmeros investimentos só foram possíveis graças ao equilíbrio das contas do Estado e um planejamento adequado dos gastos através da administração direta e não através de convênios tortuosos atravessados por deputados ou manipulados por prefeitos.O estado nesse período enfrentou muitas situações adversas entre elas a pequena quantidade de recursos do Governo Federal mas, mesmo assim aplicando também recursos próprios avançou muito no que se refere aos investimentos totais com Educação e Cultura, expansão da água encanada nas cidades do interior com os Programas Comunidade Viva e Projeto Alvorada, com a construção das duas primeiras estações de tratamento de esgotos no estado (uma em Imperatriz e outra em São Luís),entre outras tantas obras em Infraestrutura, saneamento básico e saúde. Por esse prisma acredito que Jorge Murad fará falta no futuro governo Roseana.O que lhe falta em habilidade no trato com os políticos acostumados aos jeitinhos administrativos, sobra em competência técnica traduzida em números dos governos Roseana que começam a ser reconhecidos nacionalmente".

sábado, 11 de abril de 2009

Cem Dias

O prefeito Sebastião Madeira, completou neste feriadão exatamente 100 dias no comando da segunda maior cidade do Maranhão. Este blog e a imprensa em geral, assim como a população, deram exatamente este prazo de arrumação da casa para começar a cobrar as ações do governo municipal. Até agora, Madeira está devendo a uma cidade que, como dizia seu mote de campanha, "Governo de Mudanças”.
Nestes mais de três meses de governo faltaram notícias e ações de impacto na área de infra-esrutura, trânsito e urbanização, principalmente. A buraqueira de ruas e avenidas, a destruição da malha viária em todos os bairros - ricos e pobres - e o trânsito mal organizado formam a base do “calcanhar-de-aquiles” da administração. E as ações para corrigi-las não surtiram qualquer efeito.
Sofrendo há mais de 20 anos com os alagamentos causados pelas enchentes provocadas pela falta de drenagem ruas como a Dorgival Pinheiro, entre Amazonas e Pará, continua dando dores de cabela, a camada asfaltica velha são os símbolos do caos a que está submetida Imperatriz período de chuvas.
Mas o prefeito prometeu resolver o problema desde o início do seu governo. Foi apenas resposta-padrão à pressão dos moradores ou a obra vai mesmo ser iniciada imediatamente?
É legítima a decisão dos moradores, de rasgar ruas impedindo o trânsito na área até que se resolva definitivamente o problema das enchentes invadindo suas casas.
A justificativa das chuvas é válida, mas não pode se transformar em paradigma: vai-se viver eternamente neste ciclo de se construir no período de sol para ser detruído no período de chuvas? Não se pode fazer uma obra que enfrente com qualidade as chuvas de verão?
Sem falar no problema da saúde, que vem sendo a dor de cabeça da administração da mudança e que parece não ter fim. Vem se arrastando e nada está decidido, quem sofre são os pacientes que precisam do atendimento e nada. Este é o balanço dos primeiros 100 dias. Ou tem algo mais que não se conseguiu ver. Parece que não, pois, não houve absolutamente nada para comemorar estes cem primeiros dias do governo da Mudança, que deverá ficar mais alguns dias ou meses para finalmente dar uma resposta sobre o que mudou. Por enquanto, continua no mesmo de campanha, o prefeito tem que ter a consciência de que chegou a sua vez de fazer algo por Imperatriz, pois este foi o seu desejo nestes tantos e tantos anos em que disputou a prefeitura.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Merenda Escolar

Do blog do Isnande Barros, trouxe este comentário acerca da Merenda Escolar, que segundo ele, não está normal.

"O problema é grave, apesar da regularização dos repasses de recursos para merenda escolar, as crianças ainda não estão sendo atendidas pelo poder público municipal.Palavras de um diretor de escola hoje pela manhã: "Eu vou procurar o prefeito, eu ajudei a construir esse governo e não admito uma coisa dessas. As crianças não tem culpa das disputas internas que ocorrem pelo controle da distribuição da merenda escolar. Os capitalistas só pensam no lucro. Espero que o repasse dos recursos continue descentralizado, que seja enviado direto para a escola. O diretor sabe como fazer." Enquanto isso, nem suco com biscoito na maioria das escolas".

A coisa tá feia

Veja só o que comentou o dirigente da esquerda Robert Lobato, um dos mais ferrenhos balaios do governador Jackson Lago. E tire suas próprias conclusões. Esta em blog.

TPC
A cada vez que o processo de cassação do governador entra na fase julgamento muita gente no governo, incluindo vários balaios, caem numa crisde de TPC: Tensão Pré- Cassação. É crise em cima de crise, estresse, correria, desespero, enfim, uma coisa louca. Eu sou daqueles balaios que ainda acreditam na permanência do governador Jackson Lago à frente do governo do Maranhão. Mas, caso venha o pior, paciência, a vida continua e “o tempo não pára”.
Secretários 2010
O pau tá comendo e alguns secretários do governo Jackson Lago não estão nem aí, como se diz. Estão focados nas suas eleições para deputado em 2010. Alguns chegam a constranger prefeitos ao dizer que “convênios, só mediante a acordo político para 2010″. Por essas e outras que as coisas estão do jeito que estão. Governa Já, Jackson!
Novos Ricos
Muita gente terá dificuldades para explicar a sua evolução patrimonial e financeira depois do mandato do governador Jackson Lago, independente de cassação ou não. Tem poupança para tudo que é gosto: para campanha eleitoral, montagem de “novos negócios”, custas de advogados etc.
José Reinaldo e o PSB
O ex-governador José Reinaldo que se cuide. Há um movimento forte a nível nacional para tentar tirá-lo do PSB - não precisa nem dizer por quem o movimento é patrocinado, né mesmo? O destino preferencial do líder da Frente de Libertação, caso saia do seu atual partido, seria o PSDB, cujo padrinho mais empolgado dessa empreitada é o deputado federal Carlos Brandão, por motivos óbvios. Mas o companheiro José Reinaldo terá dificuldades enormes para viabilizar esse projeto de virar tucano. A principal delas é convencer o deputado Flávio Dino (PC do B) de que, uma vez tucano, continurá sendo o seu dileto aliado político. Flávio sonha em ter José Reinaldo como candidato a senador pelo PC do B.
Aneurisma é coisa séria
Uma fonte me confidenciou que é realmente grave o aneurisma cerebral enfrentado pela senadora Roseana Sarney (PMDB). Tanto que candidata derrotada em 2006 estaria com medo de encarar a cirurgia que deverá ser submetida, daí os sucessivos adiamentos do complicado procedimento cirúrgico da senadora.
Washington Oliveira lá
Por falar em Roseana Sarney, está praticamente certo que o petista e suplente de deputado federal Washington Oliveira assumirá mais um vez o mandato, agora no lugar de Waldir Maranhão (PP), caso realmente a “Branca” realmente volte ao governo do Maranhão. O acerto faz parte da estratégia do senador José Sarney (PMDB/AP) em atrair o PT para uma aliança com o seu grupo em 2010, oferencendo ao partido, inclusive, a vaga de vice ou senador na chapa de Roseana. O vice poderá ser o próprio Washington Oliveira. Falta apenas convencer o deputado progressista a aceitar a secretaria de Ciência e Tecnologia, que estar exigindo, para fechar o acordo, a secretaria de Educação.

Semana decisiva

Depois de tomar conhecimento da decisão do Ministério Público Eleitoral de julgar improcedentes os embargos de declaração apresentados pelos davogados de defesa do governador Jackson Lago, o ministro relator do processo, Eros Grau, antecipou sua vinda ao Brasil.Grau encontra-se em Paris, onde participa de seminário internacional, e só retornaria no dia 14. O ministro desembarca em Brasília na noite de domingo.Fonte de Brasília informou agora a pouco que o parecer de Eros Grau sobre os embargos de declaração será apreciado na sessão plenária do TSE, na terça-feira, dia 14.A mesma fonte informou da possibilidade de um pedido de vista, a exemplo do que ocorreu na votação dos recursos apresentados pelos advogados de Cássio Cunha Lima, cassado do cargo de governador da Paraíba.Na ocasião, o ministro Arnaldo Versiani fez o pedido de vista, que resultou na revolta do colega Joaquim Barbosa.Os embargos foram rejeitados quase dois meses depois porque o TSE estava entrando em recesso. No caso do governador Jackson Lago será diferente.Se o plenário do TSE julgar improcedentes os embargos, O TRE será notificado para diplomar a senadora Roseana Sarney no cargo de governadora.A diplomação deve ocorrer na manhã do dia 15 e no período da tarde a Assembléia Legislativa deve empossá-la.Caso algum ministro peça vista, o que não pode ser descartado, o TSE terá até três sessões corridas (sempre às terças e quintas-feira) para decidir a questão.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ultimos dias

No blog do Marco Aurelio, reproduzo o texto abaixo. Só para esclarer e deixar os jaquistas mais preocupados e nervosos.

"Os recursos do governador Jackson Lago (PDT) contra sua cassação determinada pelo TSE, estão prontos para ser julgados na Corte Eleitoral. Só depende agora do relator, ministro Eros Grau, que deve chegar de viagem da Europa no final de semana.
Jackson Lago vive os últimos dias no cargo, porque são cada vez menores as chances de o TSE reverter a decisão do último dia 3 de março - o Parecer do Ministério Público Eleitoral é devastador contra os argumentos do Embargo jackista.
O rito no TSE agora é o seguinte: o ministro-relator não precisa pedir pauta para julgar os recursos. Basta levá-los ao pleno da Corte Eleitoral em qualquer sessão ordinária. As duas próximas sessões do tribunal ocorrem na terça-feira, 14, e na quinta, 16 de abril.
Assim que o TSE analisar os recursos - e eventualmente julgá-los improcedentes - Roseana Sarney (PMDB) toma posse no governo no dia seguinte. Se for na terça, ela assume na quarta. Se for na quinta, ela assume na sexta, e assim sucessivamente…
O que importa é que o governador cassado não tem mais nenhuma chance de protelar o julgamento e se manter no cargo após os embargos.
Ele ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal, mas já na condição de ex-governador ou governador cassado, como queiram.
O fato é que Jackson Lago vive seus últimos dias no governo…."

domingo, 5 de abril de 2009

bruxa solta

O negocio pelas bandas do PSDB em Imperatriz não ando numa boa como costumam dizer os jovens nas baladas.
Depois do envolvimento do ex-secretário Lula Almeida na Operação Rapina III e que acabou fazendo ele pedir demissão.
O partido acaba de ver mais um nome de proa envolvido em denuncias, desta feita, o presidente do PSDB Jovem, conhecido como Paulinho que estaria metido até o pescoço no caso das vendas de motos presas na Ciretran.
Ele foi acusado de ser um dos que passava as motos que foram apreendidas com documentos falsificados, inclusive a assinatura do diretor Raul Filho, que já mandou apurar.
A policia está investigando e montou inquerito para chegar aos meninos bestas.
Que coisa heim?
Isso me lembra uma administração anterior ao Ildon em que de tanto esperar para chegar ao poder, quando chegaram soltaram a franga gastando todas e se envolvendo em maracutais. Precisa dizer o nome do partido que estava no "P"oder.

Até lá

O Jornal Pequeno que sobrevive por falar mal dos sarneys todos os dias e com isso consegue vender mais, colocou em seu site na internet perguntando quem deveria assumir o governo do Estado com a cassação de Jackson Lago.
Deixou duas opções;
A realização de uma nova eleição
A posse da segunda colocada.
Advinhem quem está ganhando na enquete.,
58 por cento disseram que é a segunda colocada, no caso Roseana.
enquanto que 42 nova eleição.

Ivete Sangalo

Desde o ano passado que a diretoria do Sindicato Rural de Imperatriz tenta trazer a cantora baiana Ivete Sangalo e agora parece que as coisas estão encaminhando para se transformar em realidade.
Ou no inicio ou no final da expoimp 2009, a cantora estará cantando em Imperatriz e em grande show com toda a estrutura de palco, som e luz. Para isso, o diretor de marketing Macélio Cangussu está realizando os contatos para acertar valores e a data do show que deve ser no dia 6 de julho.
Com certeza, será o show de maior publico das expoimps, superando o do Amado Batista que reuniu mais de trinta e cinco mil pessoas, até hoje, imbatível.

Companhia de água

Os vereadores do município de Açailandia votaram uma lei que criando a Companhia de Água de Açailândia até ai tudo normal, mais os que se segue depois da criação é que está deixando a polpulação daquele municipio preocupada. São dois motivos segundo, nota enviada ao blog por blogueiros locais; o primeiro para perseguir o Sr. Valter que trabalha com a água nad Vilas Ildemar e São Francisco; o segundo, mais grave, seria para Élson Santos ficar à vontade na presidencia da empresa,pois o mesmo deixou de ser secretario de administração para comandar a empresa de água. Onde o volume de dinheiro é muito grande e não e carimbado. Portanto, não tem fiscalização do Tribunal de Contas.No lugar de Élson Santos teria ficado uma laranja só para assinar os cheques, pois consta que a Policia Federal estava nos calos do ex-secretário e agora o homem da água em Açailandia. Só menino besta, estas aí, heim?

quinta-feira, 2 de abril de 2009

jornalista

Que bom. Mais uma prova inconteste que os jornalistas provisórios ou precaros são competentes e merecem ocupar espaços. Na nova diretoria da Associação Maranhense de Imprensa(deveria ser apenas de São Luis, pois não chega ao resto do estado), consta o nome do bom escritor, redator e editor Adalberto Franklin que a exemplo de tantos outros que militam por estas bandas não foi formado no banco da universidade mais sim na escola da vida.
Logo, esta entidade que congrega apenas jornalistas de São Luis, dai a minha observação que serve para outros organismos que imaginam o estado apenas ao limite da Ponte dos Mosquitos e e por isso toda entidade é do Maranhão, quando não ultrapassam este limite, que defende a aprovação da lei para que a profissão seja exercida apenas por jornalistas com "diproma".
Valeu Adalberto, voce está nos honrando e mostrando que podemos e devemos trabalhar sem qualquer descriminação.

E olha quem está falando

Transcrevo postagem do blog do jornalista Walter Rodrigues, um dos jornalistas que tem marca como quem não pede favor, escrebe o que acha que está certo e não interessa quem esteja por tras e é um anti sarney conhecido. Leia e tire suas próprias conclusões acerca de tudo o que está ocorrendo, incluindo a balaiada, que nome, aqui no interior, quando se fala em balaiada é coisa de balada, raparigagem, farra, mais na "capitá" os tempos são outros. Diz aí, colunão.
MA: erraram foi o dia do comício
Nada assinala melhor o caráter artificial e farsesco do suposto “movimento em defesa da democracia no Maranhão” que o comício realizado ontem (31) na praça Deodoro, centro de São Luís. Cerca de 30 ônibus transportaram manifestantes trazidos da periferia e do interior do estado, mas nem assim a população ressabiada aderiu ao chamado dos organizadores. As fotos publicadas hoje no Imparcial e no Jornal Pequeno, ambos governistas, são eloquentes: evitam o “plano geral” (que mostraria o conjunto da cena) para não ter que admitir que faltava gente e sobrava espaço na praça.No segundo turno eleitoral de 2006, segundo os registros do TRE-MA, o Jackson Lago (PDT) recebeu 66,6 % dos votos válidos de São Luís. Se o governador não estivesse tão desgastado por dois anos de desordem, incompetência e corrupção — além da prisão de parentes e auxiliares suspeitos de crime, e seguidos conflitos com professores, policiais civis, agentes penitenciários e defensores públicos — era de se esperar que os eleitores aderissem à milionária campanha oficial contra o TSE. Não é o que acontece. A população não se anima nem com a derrota de Jackson, nem com o iminente retorno de Roseana Sarney (PMDB). Pesquisas indicam que a rejeição do governador na capital ultrapassa 70 por cento. Fabulação marqueteiraMas não é só que a mobilização tenha fracassado. É que seus pretextos não passam de engodo. Segundo a propaganda governista, o evento serviria ao duplo objetivo de “repudiar a ditadura instaurada em 31 de março de 1964” e defender o “mandato popular”. A ideia era convencer os indecisos de que a cassação do mandato do governador, por abusos cometidos por ele e pelo ex-governador José Reinaldo na eleição de 2006, representa um ato equivalente ao que os militares desfecharam em 1964 contra o presidente João Goulart. Na fabulação dos marqueteiros, é como se a democracia restaurada em 1985 excluísse a hipótese de cassar mandatos obtidos por meios fraudulentos, entre os quais a transferência de pelo menos R$ 700 milhões para prefeituras alinhadas com o candidato oficial, parte dos quais no período vedado pela legislação. Como se fosse característico das ditaduras o exame de argumentos e provas durante mais de dois anos, antes que cinco dos sete ministros eleitorais, inclusive três do Supremo Tribunal Federal, se declarassem convencidos de que a cassação é necessária. Ou como se a posse de Roseana como governadora eleita, deferida por 6 dos 7 ministros do TSE, mas ainda passível de revisão no STF, fosse o mesmo que o gorilaço que transformou em presidente o marechal Castelo Branco. Opção pela direitaJackson foi três vezes prefeito de São Luís e está governador há 27 meses. No exercício desses cargos, inúmeras vezes viu passar o 31 de março sem que lhe ocorresse promover comícios contra a ditadura de 64. Nem poderia. Muitos de seus principais aliados e auxiliares foram beneficiários da ditadura. O secretário da Educação, Lourenço Vieira, presidente do Incra no governo Geisel — época de intensa grilagem de terras na Amazõnia Legal — militava no esquema político-militar do general Sylvio Frota, protetor dos DOI-CODIs e inimigo da “abertura”. O chefe da Casa Civil é o ex-malufista Aderson Lago (PSDB), notório titular do escândalo Ópera Prima (acharam dinheiro desviado da Saúde pública na conta de um filho dele).O resto é dominado por tucanos ou equivalentes e ex-sarneístas renegados ou refugados. Aos partidos de esquerda, PT e PCdoB, Jackson reservou secretarias irrelevantes ou meramente “adjuntas”, onde é justo reconhecer que a maioria nada acrescenta em eficiência e alguns nem mesmo em probidade. Numa disputa entre esquerda e direita, como ocorreu na eleição municipal do ano passado — PSDB versus PCdoB — o governador fez clara opção pela direita.Relíquia do golpeA insinceridade do “repúdio ao golpe” — assim proclamado pela imprensa governista — evidenciu-se ainda mais no próprio comício. Quem estava lá, ombro a ombro com Jackson, João Pedro Stédile (MST), Domingos Dutra (deputado federal PT) e com a cantora brizolista Beth Carvalho? Além de Aderson e Lourenço, ninguém menos que o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), estrela maior da constelação tucano-direitista no Maranhão.Indicado por Sarney, escolhido pelos generais Geisel e Figueiredo e “eleito” indiretamente por uma Assembleia submissa à corneta militar, Castelo foi justamente o último governador imposto ao Maranhão pela ditadura de 64. É quase uma relíquia daqueles tempos, mais ainda que o próprio Sarney, cuja carreira iniciou-se antes de 64 e não exerceu mandato “biônico”. Castelo, a bem da verdade, nunca pecou por incoerência ideológica. Vinte anos depois do golpe, quando se tratava de escolher entre um civil apoiado pela direita reacionária e o candidato da restauração democrático, preferiu Maluf a Tancredo Neves. E não se diga que foi por causa apenas de Sarney, vice de Tancredo, com quem já estava rompido. Adversários como os baianos ACM e Waldir Pires, ou como os paulistas Quércia e Fernando Henrique conviviam no movimento Tancredo-já. Não é o caso de condená-lo à proscrição eterna por causa disso. Foi governador e senador na ditadura, votou para que não acabasse. Mas a ditadura acabou e não é mais por causa dela que Castelo marca presença na política do Maranhão há quase 40 anos. Dá até talvez para perdoá-lo por subir num palanque de 31 de março “contra o golpe e em defesa da democracia”. Primeiro porque — forçando um pouco... — ele e os seus jamais admitiram que 1964 foi um golpe contra a democracia, preferindo alegar que os golpistas evitaram uma revolução comunista no Brasil. Segundo porque Castelo elegeu-se prefeito no ano passado com o apoio algo dissimulado mas indiscutível do atual governador. De modo que o dever de gratidão recomenda-lhe assistir o correligionário nas horas finais.O que causa estranheza, mesmo, se você não conhece os atores e dramas da política maranhense — e se conhece mal os atores “nacionais” — é que um ex-governador biônico nomeado por golpistas seja figura de destaque num evento “contra o golpe”.Cassação regularPara compreender o que se passa é necessário cair na real. Governador denunciado pela Procuradoria Geral da República como partícipe do bando Gautama (desbaratado em maio de 2007 pela Operação Navalha, da PF), Jackson está sendo cassado por delitos apurados em processo regular, cuja única falha relevante é a lentidão. Graças a ela, continua no cargo um mês após a sessão que o cassou, gastando o que deve e o que não deve, enquanto aguarda o julgamento de embargos declaratórios de eficácia “infringente” (modificativa) mais do que improvável. São mais de dois anos de exercício de um mandato de quatro, que o TSE entende conquistado ilicitamente.A cassação não tem nada a ver com golpe, pois só um louco imaginaria que Sarney comprou a consciência de 70% do TSE, incluindo três dos 11 ministros do STF, escolhidos por rodízio. Golpe é a intenção anunciada por Stédile e aliados de impedir pela força o cumprimento da sentença, provocar uma “crise institucional”, forçar uma “intervenção federal” e finalmente obrigar o presidente Lula a — acredite — “devolver o mandato a Jackson”. Naturalmente depois de fechar o Congresso e o Judiciário e transformar o MST numa caricatura de Soviet Supremo.É esquisito e chega a ser suspeito que Stédile demonstre em defesa de Jackson um entusiasmo revolucionário que lhe faltou quando Lula parecia ameaçado de impeachment na crise do mensalão. Ainda mais que ninguém sabia, até recentemente, dessa estreita afinidade entre o governador do Maranhão e o plêmico líder dos sem-terra. Nem mesmo ele participou da campanha de 2006 no Maranhão.A única explicação é que Stédile deixou-se empolgar pela parceria que lhe ofereceu o estado para alfabetizar lavradores nos acampamentos do interior. Os repasses cabem à secretaria daquele Lourenço Vieira do general Frota.Movimento “contra o golpe”? Deviam ter deixado para hoje, 1o de abril, Dia da Mentira. Que aliás foi o verdadeiro dia do golpe de 64.Pare de gastarFonte do Governo informa que Jackson vai recorrer ao Tribunal de Justiça, na tentativa de cassar a liminar do juiz Megbel Abdalla (4a vara da Fazenda Pública) que o proíbe de continuar decretando “créditos suplementares”. A medida foi requerida pelo líder do PMDB na Assembleia, Ricardo Murad, cunhado de Roseana Sarney.Desde que foi cassado pelo TSE, Jackson já autorizou cerca de R$ 320 milhões oriundos da reserva financeira do estado. Só à prefeitura de São Luís serão repassados R$ 70 milhões para obras diversas. O governador tomou também várias medidas que aumentam os gastos do Executivo e comprometem rendas futuras. Uma das últimas foi a promoção de 6300 professores, que por isso receberão reajuste de 100%. Ao funcionalismo em geral, anunciou inesperadamente um aumento de 12%. Em ambos os casos, os dispêndios começam apenas no provável governo Roseana.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Processo

A Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) negou provimento ontem a um recurso através do qual o candidato derrotado ao governo e hoje chefe da Casa Civil, o “laranjinha” Aderson Lago (PSDB), primo do governador cassado Jackson Lago (PDT), queria cassar o registro da então candidata ao governo Roseana Sarney (PMDB) por suposto abuso de poder econômico. Desesperado, hoje pela manhã, o tucano atravessou uma petição no TSE pedindo ao ministro Eros Grau que julgue esse processo junto com os embargos de declaração do pedetista. Como a petição foi ajuizada fora de prazo, nem deve ser reconhecida pelo relator.
O processo movido contra Roseana foi indeferido ainda em 2006 pelo TRE do Maranhão por 5 votos a 1. Nele, Aderson e o candidato derrotado a deputado Celso Furtado alegam que o PFL, partido da senadora naquelas eleições, teria usado R$ 168,9 mil para ajudar os candidatos da coligação “União Democrática Independente” (PSL,PTC e PTdoB), do qual o próprio Celso Furtado fazia parte.
No parecer o vice-procurador-geral eleitoral, Francisco Xavier Filho, dá uma verdadeira aula de direito nos advogados de Aderson, no caso seu filho Rodrigo Lago. Lembra que o próprio TRE negou trânsito ao recurso especial “porque as questões jurídicas nele agitadas não constituíram objeto de debate e decisão prévios, não obstante dos embargos de declaração, ausente o requisito do prequestionamento”.
O procurador alega que os reclamantes ajuizaram o recurso errado. Em vez de um recurso ordinário eles deram entrada num recurso especial. “Os próprios agravantes não desconhecem que o recurso cabível é o ordinário. Tal equívoco não poderia ser cometido, pois a alegação de abuso de poder econômico, se comprovada, conduz à perda do registro da governadora, com possibilidade de atingir o diploma ou até o mandato eletivo estadual, o que desafia a interposição do recurso ordinário a permitir a discussão e exame de toda a matéria pela instância superior. Considerando o acórdão combatido, portanto, o recurso especial é incabível”, explica.
Diz mais: “Se os agravantes sabiam que o recurso cabível era o ordinário, mas mesmo assim interpuseram o especial, não podem receber o benefício da fungibilidade. O equívoco há de ser atribuído a eles próprios, e não à Justiça Eleitoral. Ao utilizar o recurso inadequado para atacar o acórdão recorrido (do TRE do Maranhão), fizeram-no por sua conta e risco. Não está o julgador obrigado a efetuar a conversão, pois a hipótese é de erro grosseiro e inescusável (grifo da procuradoria), a impedir a aplicação do princípio da fungibilidade. De qualquer modo, a conversão do recurso em nada beneficiaria os agravantes, pois não juntaram a prova da alegação da prática de abuso de poder econômico”.
Segundo Xavier Filho, não há prova nos autos sobre a real finalidade dos R$ 168,9 mil, se para campanha ou em troca de um suposto apoio político. Ele também questiona o objetivo de Celso Furtado ter se juntado a Aderson para mover o processo. Provavelmente o candidato derrotado a deputado estaria sendo utilizado como “laranja” do tucano. “Se algum benefício resultou desse ato, os favorecidos certamente são os candidatos da coligação, e não Roseana Sarney, do PFL. Aliás, entre os candidatos possivelmente favorecidos está o ora agravante Celso Augusto Ribeiro Furtado, o qual, não se sabe o motivo, aliou-se a Aderson Lago para formular a representação. Procura o referido agravante, com tal ato, lograr benefício com a própria torpeza, o que é vedado em lei”, assinala o representante do Ministério Público Eleitoral.
Por fim, o vice-procurador-geral afirma que os autores da ação se queixam da impossibilidade de produção de prova, principalmente a testemunhal. “Observa-se nos autos, no entanto, que eles tiveram duas oportunidades claras de trazer as testemunhas e não o fizeram. Da decisão interlocutória proferida em 11 de outubro de 2006, que deixou a seu cargo diligenciar o comparecimento das testemunhas à audiência de instrução, não interpuseram qualquer recurso, estando a matéria acobertada pelo manto da preclusão.”

Cavalo de Aço

NOTÍCIAS DO CAVALO DE AÇO
A diretoria do cavalo de Aço realizou neste final de semana o pagamento de todos os atletas que vão compor o elenco neste segundo turno e comissão técnica. E nesta quarta-feira, faz o pagamento dos atletas que foram dispensados e seguirão seu destino em outro clube.
O técnico Paulo Fernando Cabrera, realiza treino técnico/tático hoje à tarde no campo do Maranhão do Sul, e só o meia Daniel estará ausente, pois encontra-se ainda no departamento médico e nesta quinta feira dependendo do resultado do Raio-x ,será liberado para treino com bola.
Um amistoso entre Imperatriz x Seleção de Açailândia está marcado para o dia 11 de abril (sábado de aleluia) na reabertura do estádio Pedro Maranhão em Açailandia, o secretário de Esportes daquela cidade Josué Alves, vai promover e realizar uma promoção com sorteio de prêmios entre os torcedores presentes.