sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Lula no Maranhão novamente


O presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, deve retornar a São Luís, sexta-feira (15), para lançar, juntamente com a governadora Roseana Sarney, a pedra fundamental da Refinaria Premium que será construída pela Petrobras no município de Bacabeira. 
A informação foi anunciada durante a primeira reunião este ano do Conselho de Gestão Estratégica de Políticas Públicas do Governo do Estado, realizada nesta sexta-feira (8), no Palácio Henrique de La Rocque, com a presença de todos os secretários e presidida pelo vice-governador, João Alberto.
A reunião teve como tema a refinaria Premium. As explanações sobre o assunto foram feitas pelo secretário de Indústria e Comércio, Mauricio Macêdo e pelo gerente de implantação da refinaria da Petrobras, Adalberto Barbalho. "Esta reunião é uma preparação para a chegada do presidente Lula que dará inicio as obras da refinaria Premium no Maranhão", disse João Alberto.
Durante a visita do presidente, segundo informou o secretário chefe da Casa Civil, João Abreu, será assinado o primeiro contrato para implantação de obra e com isso consolida o maior projeto que o Maranhão recebe nos próximos anos.
O gerente Adalberto Barbalho disse que a Petrobras trabalha em sincronia com o Governo do Estado para que a refinaria entre em operação em um menor tempo possível. "Nós precisamos da ajuda e da participação do governo para que um empreendimento deste porte tenha sucesso", observou. "Este é um investimento importante para o Maranhão e para o país", completou.


Ações do Governo   
A celeridade das ações do Governo do Estado para a implantação da refinaria foi destacada pelo secretário Mauricio Macedo.  "Trabalhamos muito, em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente e Procuradoria Geral do Estado, para que em tempo recorde saíssemos da estaca zero para estaca cem, pois a obra é de grande magnitude para o Brasil, para o mundo e principalmente para o Maranhão", destacou.
O governo, por meio das ações do Comitê Gestor da Implantação da Refinaria Premium, tomou todas as providências para a desapropriação do terreno de dois mil hectares, onde será instalada a planta industrial e também em relação à área destinada à rede de dutos. Esses foram os dois dos principais questões em que o governo se concentrou.
"O governo também está focando outras ações como a qualificação de mão-de-obra para garantir que os maranhenses ocupem maior número das vagas de empregos que serão abertas com o empreendimento", contou Macêdo.

Obra de impacto  
O investimento de U$ 20 bilhões deverá mudar a econômica do Maranhão com a geração de 130 mil empregos diretos e indiretos e vai abrir novas oportunidades de negócios para empresários locais. A refinaria deve processar 600 mil barris de petróleo nacional por dia, para produção de diesel de elevada qualidade e baixíssimo teor de enxofre (10 partes por milhão) com especificações internacionais.
A previsão é que a primeira fase entre em operação em setembro de 2013 e a segunda fase, em setembro de 2015. O pico da obra mobilizará 26 mil trabalhadores. Durante a fase de obras civis, previstas para serem realizadas entre 2010 e 2014, estarão trabalhando 11 mil pessoas. São oportunidades de contratação de mão-de-obra local.
A Refinaria Premium da Petrobras deverá colocar o Maranhão na porta do desenvolvimento industrial. A instalação de um pólo petroquímico em território maranhense é o grande desdobramento que o Governo do Estado já vislumbra a partir do projeto, a ponto de já estar se movimentando para atrair esse investimento, uma vez que os estados do Ceará e Pernambuco são potenciais interessados nessa disputa.
O Brasil possui 11 refinarias de petróleo em operação. Cinco novas refinarias estão nos planos da Petrobras, quatro delas localizadas no Nordeste - Pernambuco, Ceará, Natal e Maranhão. A unidade do Maranhão será a de maior capacidade da América Latina. A produção da refinaria  maranhense corresponderá a 30% de toda a capacidade atual de refino da empresa.  
 Segurança- Durante a reunião o secretario chefe do Gabinete Militar do Governo, tenente-coronel, José Ribamar Vieira e o comandante-geral da PM-MA, coronel Franklin Pacheco falaram sobre os avanços na área de segurança, resultados dos investimentos feitos pela governadora Roseana Sarney nesta área. Como exemplo desses investimentos eles apontaram a compra de novas viaturas e armamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário