domingo, 12 de setembro de 2010

Na reta final da campanha Roseana continua na liderança

Imirante.com

Faltando apenas 21 dias para as eleições, a campanha eleitoral entra na reta final com um cenário de disputa bem definido, segundo as últimas pesquisas de intenção de votos. Nele, a governadora Roseana Sarney (PMDB), candidata à reeleição pela coligação “O Maranhão Não Pode Parar”, aparece como favorita em relação aos seus dois principais concorrentes. O mais destacado deles é Jackson Lago (PDT), que aparece em segundo lugar. O outro é o deputado federal Flávio Dino (PCdoB), terceiro colocado.
Nas três pesquisas que realizou, entre o fim de julho e o início de setembro, o instituto maranhense Escutec mostrou uma situação de estabilidade da candidata do PMDB: na primeira, em 10 de julho, Roseana apareceu com 50%; na segunda, em 10 de agosto, a governadora recebeu 49,6% das intenções de voto; e na terceira, em 10 de setembro, o percentual da peemedebista foi de 48,7%. A oscilação, mínima, ocorreu dentro da margem de erro da pesquisa, que é oficialmente de 3%. Significa dizer que a candidata do PMDB venceria a eleição em turno único naqueles três momentos.
Divulgada no dia 27 de agosto, em um intervalo dos dois últimos levantamentos Escutec, a pesquisa Ibope encontrou cenário idêntico. Nele, a governadora apareceu com 47% das intenções de voto, dentro de uma margem de erro de três pontos percentuais. Todos os cálculos baseados na pesquisa Ibope indicaram que, se a eleição fosse naquele momento, o resultado seria a vitória da peemedebista em turno único.
Jackson Lago - Entre os cinco demais candidatos inscritos na corrida ao Palácio dos Leões, o concorrente mais próximo de Roseana, segundo as quatro pesquisas divulgadas até agora, é o ex-governador Jackson Lago (PDT), representante da coligação “O Povo é Maior”, que tem o PSDB como principal parceiro. Na primeira pesquisa Escutec, em julho, ele apareceu com 25,8% das intenções de voto. No levantamento seguinte, em agosto, seu percentual de intenções de voto foi de 23,7% e, no de setembro, ele apareceu com 25,7%, variando dentro da margem de erro, que é de 3%. Já na pesquisa Ibope, o seu percentual de intenções de voto foi de 25%.
O deputado federal Flávio Dino (PCdoB), candidato da coligação “Muda Maranhão” e que tem o PSB do ex-governador José Reinaldo Tavares como aliado político e eleitoral, sofreu oscilações para mais e para menos, mas não o tirou na terceira posição, segundo as pesquisas Escutec e Ibope. Na primeira, em julho, Dino obteve 16,8%, percentual que incomodou Jackson Lago. Na segunda pesquisa, em agosto, chegou a 18,2%, ameaçando efetivamente o pedetista, e na terceira do Escutec, caiu para 15,7%. As oscilações, no entanto, se deram dentro da margem de erro, segundo relatório do instituto. Já no levantamento do Ibope, Flávio Dino apareceu com apenas 13%.
No time dos candidatos dos pequenos partidos da ultraesquerda, quem está em melhor posição agora é Marcos Silva (PSTU), que alcançou um ponto percentual na pesquisa Ibope. Nas demais, ele não chegou a pontuar. A mesma situação vale até aqui para Saulo Arcangeli (PSOL) e Josivaldo Corrêa (PCB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário