quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Nota do Pastor Luis Gonçalves

Sobre informação constante no blog de Samuel Souza, de 04/09/2010, acerca de conversa mantida com o editor e jornalista Adalberto Franklin, comunico o seguinte:


'"Na verdade, conversei com Adalberto Franklin, enquanto caminhávamos acompanhando Flávio Dino, o Ministro dos Esportes (Orlando Silva), na manhã de 4 de setembro. Considero Adalberto um cidadão decente, ético, de grande credibilidade (pois não me interessa ter qualquer tipo de conversa com fofoqueiro ou mexeriqueiros que tenham interesse em denegrir a imagem de alguém).

Adalberto se aproximou de mim e disse: “Parabéns por sua postura!”. Agradeci-lhe e ele complementou: “Já me deu vontade de escrever nos jornais informando que todos receberam dinheiro para tal adesão, não o faço por não ter provas" [sic]. Respondi que os únicos que podem provar que receberam ou não alguma coisa são eles e mais ninguém. “Mas -- indagou o Adalberto -- é verdade que cada vereador recebeu cem mil e o presidente, duzentos?

Respondi: “Todo mundo sabe, menos eu”. E acrescentei: “De uma coisa eu sei, que fui procurado, porém não aceitei o convite”. Não falei se me ofertaram valor.

Foram estas as únicas palavras que troquei com Adalberto Franklin, na caminhada que fazíamos em companhia do candidato ao governo do Estado Flávio Dino e do Ministro Orlando Silva. Em função do grande barulho que estava acontecendo no momento (carros de som, fogos de artifícios, banda de músicas e gritos ensurdecedores), pode ser que o nobre Adalberto Franklin talvez tenha entendido mal minhas palavras. Por conta disso, será, evidentemente, responsável pelo que está publicado, e não eu. Continuo com minha postura, igualmente ética, e não me deixo levar pelo caminho da fofoca.

(P. S. – Se não for pedir muito, solicito a este blog disponibilizar esta minha versão com igual destaque, esperando que, aqueles blogs e outros veículos que repercutiram a informação também reproduzam este meu comentário. A todos, fico agradecido.)
Pastor Luís Gonçalves - Vereador

Nenhum comentário:

Postar um comentário