domingo, 28 de novembro de 2010

João Alberto e Hildo Rocha participam das comemorações pelos 25 anos da Famem

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) comemorou os 25 anos de fundação da entidade, na quinta-feira (25), com um coquetel no Espaço 1000 Eventos, em São Luís, com a presença de diversos convidados especiais e autoridades, entre as quais o vice-governador João Alberto e o secretário de Estado da Coordenação Política e Articulação com os Municípios, Hildo Rocha.
A programação incluiu apresentações artísticas e homenagens a ex-presidentes da organização. Hildo Rocha, um dos homenageados, recebeu uma placa pelos serviços prestados à entidade, sendo muito cumprimentado pelo trabalho que está realizado em defesa dos municípios.
O presidente da Famem, Raimundo Lisboa, fez uma retrospectiva das principais realizações realizadas por ex-presidentes da entidade e ressaltou as conquistas de sua gestão.
Hildo Rocha parabenizou o desempenho da atual diretoria e falou das realizações históricas da Famem. “A destinação de recursos para iluminação pública e a participação dos municípios na partilha da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico [Cide] são exemplos de conquistas das quais teve a honra de lutar”, recordou.
“É animador ver que a Famem se fortalecendo a cada dia. Os prefeitos maranhenses podem ter certeza de que o Governo do Estado vai continuar mantendo uma relação respeitosa, elevada e construtiva, com essa importante instituição. Essa é uma vontade, convicção e determinação da Governadora Roseana Sarney”, enfatizou Hildo Rocha.
O vice-governador João Alberto, fez uma retrospectiva dos principais estágios da economia maranhense e ressaltou que, graças aos grandes empreendimentos instalados no Maranhão e a chegada de novos investimentos, como a com a Refinaria Premium I, da Petrobras, no município de Bacabeira.
“Temos tudo para voltar a ser uma das economias mais fortes do Brasil, repetindo a experiência vivenciada no período glorioso em que a agroexportação do algodão, ao final do século XVIII até meados do século XIX, elevou o Maranhão à condição de uma das regiões mais ricas do país”, informou João Alberto. “Não podemos desperdiçar essa oportunidade; cabe a todos nós lutarmos, com todas as nossas forças, para que o nosso estado volte a essa condição”, destacou. O vice-governador disse que, no Senado, será um defensor do municipalismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário