quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Premio Fapema

O Teatro Artur Azevedo será palco, nesta sexta-feira (26), da maior premiação cientifica do Norte/Nordeste: o Prêmio Fapema 2010. A cerimônia de entrega será às 19h.
A premiação é concedida pelo Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) e tem como objetivo reconhecer o talento dos pesquisadores locais e estimular a divulgação cientifica e tecnológica do Maranhão.
Durante o evento, para convidados, haverá uma homenagem às personalidades que contribuíram para o desenvolvimento científico e tecnológico do Maranhão.
Além de troféu, os ganhadores receberam certificados e valores que variam de R$ 1.800,00 (pesquisador Júnior) a R$ 6.200,00 (pesquisador Sênior). O evento será presidido pela presidente da Fapema, Rosane Guerra e vai contar com as participações de secretários de estado, entre os quais o de Ciência e Tecnologia, Lauro Assunção, pesquisadores e reitores de instituições públicas e privadas, entre outras autoridades. O evento conta com o apoio da Vale, Alumar, Fiema e SEBRAE.
O Prêmio envolve as mais diferentes áreas do conhecimento. No total, serão premiados 28 pesquisadores e um trabalho de divulgação científica, categoria que contempla os comunicadores. Há trabalhos de alunos da iniciação científica júnior (que ainda estão no Ensino Médio), passando pela Iniciação Científica, com a categoria Jovem Cientista, Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, pesquisa sênior (voltada a doutores com experiência em estudos científicos) e inovação tecnológica.
O tema escolhido para esta edição foi "Preservação Ambiental e Planejamento Urbano das Cidades". Mesmo sem a obrigatoriedade de abordagem dessa temática, a preocupação com questões ambientais aparece em dez dos dezoito trabalhos premiados, o que pode ser indício da vocação de pesquisadores maranhenses para pensar o desenvolvimento sustentável.
Entre os trabalhos premiados está uma prótese de borracha para ser colocada em cavalos de tração usados por carroceiros, um sistema de identificação e localização automática de ônibus urbanos, o universo lingüístico da mandioca no Maranhão e um método computacional para auxiliar na detecção do câncer de mama usando mamografias digitalizadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário