terça-feira, 29 de março de 2011

TUDO PRONTO

PARA O SHOW DO CANTOR DAVID QUINLAN NO PRÓXIMO DIA 8 NA AREA DE ESTACIONAMENTO DO CENTRO DE CONVENÇOES.
O CANTOR COM SUA BANDA CHEGARÁ AO MEIO DIA DO DIA 8 EM AVIÃO DA TAM, SEGUIRÁ PARA O NEW ANAPOLIS E A NOITE AO VIVO NO SHOW FOGO, PAIXÃO E GLÓRIA DA TURNÊ QUE VEM REALIZANDO POR TODO O PAIS.
OS INGRESSOS ESTARÃO A VENDA DE FORMA ANTECIPADA A PARTIR DE SÁBADO NO ESPAÇO BIBLICO.
O APOIO DO LEO CUNHA, RILDO AMARAL, PREFEITO MADEIRA, FRANCISCANO, LIDERAL EMPREENDIMENTOS, CABANA DO SOL/BOI NA BRASA,ARMAZÉM SÃO JOÃO,CERPA,ACII, LOJAS SORRISOS, MIRANTE FM E JORNAL O PROGRESSO.

Novo Presidente

A Unimed de Imperatriz elegeu na noite desta terça-feira sua nova diretoria.
Em eleiçao agitada, os mais de cento e quarenta associados que votaram, elegeram a chapa UM, encabeçada pelo médico Romulo Lopes.
Foram mais de 114 votos a favor da chapa, contra 25 da chapa dois do médico Elson Paiva.
A chapa vencedora é formada por medicos mais antigos.
Ponto alto foi os elogios dados ao ex-presidente Mamede Magalhaes.
A posse ocorreu ainda há pouco,22 horas desta terça.

domingo, 27 de março de 2011

Proveitosa

A maratona cumprida pelo vice-governador neste final de semana na região tocantina, foi considerada positiva.
Em Açailandia, ele reuniu-se com prefeitos, vereadores e lideranças o petistas de 17 municípios.
Em Imperatriz e no Brejão, o assunto foi a eleição do ano que vem.
Na cidade imperatrizense, Washington Oliveira, entende que o PT não tem candidato a prefeito e deverá buscar uma coligação.`Viu com bons olhos uma aproximação com o PMDB e mais, adiantou que Franciscano pode ser esta opção.
No Brejão, consolidou o apoio a eleição de Adão Carneiro, que deverá firmar dobradinha com o PMDB que indicará o vice.
Depois conto mais detalhes desta visita e com fotos.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Confirmado!

David de Quinlan dia 8 no Centro de Convenções de Imperatriz.
Uma noite para ficar na história.
O cantor virá acompanhado de sua banda.
Imperatriz será impactada neste dia.
Oas ingressos estarão a venda na semana que vem de forma antecipada.
Espaço Biblico e Doce Maná, serão os locais dos ingressos antecipados.
Anote na agenda.

Dengue 4

Brasil está prestes a enfrentar epidemia de dengue 4


O ressurgimento do vírus tipo 4 da dengue no país abre precedente para mais uma epidemia da doença no Brasil. Em todo o país 34 pessoas já foram infectadas pelo vírus - Amazonas (11 casos), Pará (3), Bahia (2), Piauí (1), Rio de Janeiro (2) e Roraima (15, sendo 11 em 2010 e 4 em 2011), desde o retorno do vírus ao país, em agosto de 2010. Neste ano, 23 casos foram notificados, e, em 2010, 11, em números do Ministério da Saúde.

Esse tipo de vírus não era registrado há 28 anos no país, mas voltou a circular em agosto do ano passado. Isso serviu de alerta para as autoridades de saúde, pois boa parte da população brasileira, pessoas abaixo dos 30 anos, em especial crianças e jovens, não tem imunidade contra esse vírus.

O vírus 4 da dengue atua como os demais em circulação (1,2, 3 ), que apresentam os mesmos sintomas - dores de cabeça, no corpo e articulações, febre, diarreia e vômito – e devem ser tratados da mesma forma - repouso e hidratação.

Mauricio Casanova
Médico Especialista em Medicina Tropical
CRM MA 3157

Propaganda

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMISSORAS DE RÁDIO E TELEVISÃO - ABERT vem informar que o TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, julgando a Propaganda Partidária nº 238-64, Relator o Marco Aurélio Mendes de Faria Mello, de interesse do PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL- PCdoB, determinou a veiculação de inserções nacionais de 30'' (trinta segundos) ou 1' (um minuto), no total de 05 (cinco) minutos, no rádio e na televisão, em todos os Estados e no Distrito Federal, no próximo dia 29.03.2011 (TERÇA-FEIRA), no horário compreendido entre 19h30 e 22h.

Câmara apagará as luzes em ato contra aquecimento global

Campanha "Hora do Planeta" será realizada neste sábado (26), entre 20h30 e 21h30;

A Câmara dos Deputados vai participar neste sábado (26) da campanha mundial Hora do Planeta. Entre 20h30 e 21h30, todas as luzes da Casa serão apagadas, em um ato simbólico contra o aquecimento global, promovido mundialmente pela organização não-governamental ambientalista WWF.

A Câmara aderiu formalmente ao evento Hora do Planeta por meio de assinatura do Termo de Adesão firmado pela vice-presidente da Câmara dos Deputados, Rose de Freitas, e pela secretária-geral do WWF Brasil, Denise Hamú. Esta é a terceira vez que a Câmara adere ao movimento.

A mobilização em torno da ação acontece no mundo todo. Em 2010, mais de um bilhão de pessoas em 4.616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta. Participe você também apagando as luzes para ver um mundo melhor.

Além de reconhecer a importância da ação, a Câmara pretende com seu exemplo estimular outros setores da sociedade e seu próprio corpo de funcionários a aderir à campanha, repetindo o gesto em suas casas e estimulando aqueles com quem mantêm relacionamento.

Comissão

Desde 2008, o Congresso mantém uma Comissão Mista de Efeitos da Mudança Climática para debater e promover políticas públicas contra o aquecimento global. A Câmara promove desde 2002 um trabalho de conscientização por meio do programa de gestão ambiental Ecocâmara.

A iniciativa promove campanhas e atividades que buscam harmonizar as ações da Casa com as questões relacionadas ao meio ambiente, promovendo novos referenciais e normas que respeitem valores de proteção socioambiental. O Ecocâmara atua em dez áreas distintas e desenvolve dezenas de projetos nesses setores.

Campanha

O movimento "Hora do Planeta", um ato simbólico de alerta contra o aquecimento global, é promovido mundialmente pela ONG ambientalista WWF desde 2007 e, neste ano, acontece pela segunda vez no Brasil. Mais de 20 cidades brasileiras e dezenas de empresas e organizações já confirmaram a participação na iniciativa.

Roseana tem encontro com Dilma Rousseff em Brasília


Dilma Rouseff e Roseana em Brasilia
A governadora Roseana Sarney foi recebida em audiência pela presidenta da República, Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (25), no Palácio do Planalto. Em conversa de quase uma hora com a chefe do Executivo maranhense ratificou os pedidos feitos aos ministros durante toda a semana e entregou projeto de construção de casas populares para moradores de áreas ribeirinhas no Maranhão. Dilma Rousseff assegurou que vai firmar fortes parcerias com o Governo do Maranhão, para que o estado suporte o impacto dos grandes investimentos que aqui se instalam, como o da Refinaria Premium I, da Petrobras, em Bacabeira.
Após o encontro, que fechou uma semana de audiências em 12 ministérios, Roseana Sarney comemorou os resultados obtidos em Brasília e, à noite, se reuniu com secretários que permaneciam em Brasília, para um balanço dos pleitos atendidos e dos que ficaram para estudos. “O nosso objetivo é montar uma planilha de tudo o que foi tratado aqui para um acompanhamento rigoroso dos resultados que vamos alcançar”, disse a governadora.

Roseana Sarney também se encontrou com o ministro Chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, com quem também arrematou as negociações feitas nas audiências nos ministérios. Para a governadora, a viagem foi positiva e deve render aos maranhenses resultados da maior importância.

Agenda

Roseana Sarney cumpriu uma das maiores agendas de um governador em Brasília. Em apenas três dias, ela esteve com 12 ministros de Estado e com a presidenta Dilma Rousseff (PT), negociando recursos para obras e para a melhoria de serviços como os da saúde e da segurança pública.

Roseana desembarcou em Brasília no começo da tarde de terça-feira (22) e no mesmo dia fez reunião com as bancadas maranhenses da Câmara Federal e do Senado. Na quarta (23) e quinta-feira (24), esteve com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Fernando Bezerra (Integração Nacional), Orlando Silva (Esporte), Mário Negromonte (Cidades), Alfredo Nascimento (Transporte), Pedro Novais (Turismo), Wagner Rossi (Agricultura), Fernando Haddad (Educação), Ideli Salvatti (Pesca e Aquicultura), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Edison Lobão (Minas e Energia) e Alexandre Padilha (Saúde).

A viagem de trabalho da governadora continua na segunda-feira (28), em audiências com a direção do BNDES, no Rio de Janeiro, e na terça-feira (29), novamente em Brasília, com o ministro Guido Mantega, da Fazenda.

quarta-feira, 23 de março de 2011

David Quinlan

No próximo dia 8 na área de estacionamento do Centro de Convenções em Imperatriz, a cidade vai parar com o show do cantor David Quinlan, que retorna a cidade para o lançamento do sétimo CD e DVD.
Um cantor do ministério Paixão, Fogo e Glória, virá acompanhado de sua banda o que assegura ainda mais um grande show.
Neste mesmo local no ano passado, ele reuniu mais de cinco mil pessoas e a previsão é de que seja repetido este mesmo publico em função da legião de adoradores do Senhor que louva com suas composições.
A igreja Vida é quem está a frente deste dia que promete mais uma vez impactar Imperatriz.
Os ingressos serão vendidos na semana que show de forma antecipada a vinte reais e no dia 8 nas bilheterias a 20 reais.
Portanto, anote em sua agenda e bom louvor.

terça-feira, 22 de março de 2011

STF retoma julgamento da Ficha Limpa

O Supremo Tribunal Federal julga hoje (23) um recurso que vai definir o futuro da Ficha Limpa. Na pauta está o caso de Leonídio Bouças (PMDB-MG), que concorreu a uma cadeira na Assembleia Legislativa de seu Estado, mas não teve seus 41 mil votos validados devido a uma condenação por improbidade administrativa, que o enquadrou na nova lei de inelegibilidades. Com o recurso, será a terceira vez que o STF tenta decidir o destino da nova lei. Nas duas outras ocasiões a Corte terminou num empate em cinco a cinco. O 11º voto, de desempate, não foi proferido, uma vez que a cadeira que pertencia a Eros Grau ainda não havia sido ocupada por Luiz Fux, que tomou posse no início do mês. Informações do iG.

De onde vêm os termos “fulano”, “beltrano” e “sicrano"?

Por Bruno Lazaretti (Mundo Estranho)

Cada um tem uma origem diferente! “Fulano” vem do árabe fulân, que significa “tal”. Com o domínio árabe sobre a península Ibérica durante a Idade Média, a língua influenciou os vocabulários espanhol e português. Por volta do século 13, os espanhóis usavam “fulano” como pronome: fulana casa (tal casa), fulano sujeito (tal sujeito). No português, “fulano” virou substantivo, e até derivou para a forma “fuão” em Portugal. “Beltrano” vem do nome próprio Beltrão, ou Beltrand, de origem francesa, que se popularizou graças às novelas de cavalaria da era medieval. O nome acabou levando a terminação “ano” influenciada pelo “fulano”, que a essa época já estava na boca do povo. A origem de “sicrano” é mais difícil de precisar. O termo surgiu quando fulano e beltrano já estavam consolidados na língua portuguesa. Há três hipóteses para a origem: “sicra” pode tanto se tratar de um derivado da palavra securu, do latim, do desfiguramento de um nome próprio ou ainda de uma mistura de zutano e citano – equivalentes a “fulano” e “beltrano” em espanhol.

Governo mantém aberta negociação com o sindicato de professores

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Educação (Seduc), reafirmou, nesta terça-feira (22), que mantém aberto o canal de diálogo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Maranhão (Sinproesemma), mesmo após o Tribunal de Justiça decretar a ilegalidade da greve dos professores da rede estadual de ensino.

Em documento encaminhado ao sindicato, nesta terça-feira (22), a Seduc apela mais uma vez à sensibilidade da direção do Sinproesemma, conclamando os profissionais da Educação Estadual para o retorno às atividades, de modo a interromper os gravíssimos prejuízos que a paralisação está causando aos alunos da rede pública estadual de ensino, bem como às suas famílias e à sociedade maranhense.

“Mesmo com o comunicado de greve da categoria, encaminhado à Seduc, no dia 24 de fevereiro, o Governo do Estado sempre manteve aberto o diálogo com o Sindicato”, destacou a secretária de Educação, Olga Simão. Ela lembrou que, em reunião no dia 28 de fevereiro, entre o Governo e a diretoria do sindicato, o Estado respondeu à proposta de negociação da pauta de reivindicações da categoria e apelou pela sensibilidade do Sinproesemma para que a greve não fosse deflagrada, a fim de garantir a normalidade do calendário escolar.

O Sinproesemma decretou a greve em meio às negociações, mesmo depois de a Seduc mostrar, de forma transparente, a dotação orçamentária para o exercício financeiro de 2011 e sinalizar com a implantação da tabela progressiva de aumento salarial da categoria.

A Seduc ressaltou ainda que o teor das negociações com o sindicato foi amplamente divulgado pelos meios de comunicação, tendo em vista o compromisso do Governo do Estado com a transparência e a publicização de seus atos e decisões.

Valorização

A secretária de Educação, Olga Simão, disse que o Governo do Maranhão vem investindo na valorização e no reconhecimento dos profissionais da educação. “O professor tem sido reconhecido, prova disso é o compromisso do Governo de implantar, na totalidade, o Estatuto do Educador ainda este ano, contemplando, inclusive, a revisão salarial da categoria”, enfatizou a secretária.

Em um ranking do piso salarial pago a professores com curso superior, por 20 horas trabalhadas, o Estado tem o melhor salário do país, com o valor de R$ 1.631,69. O Maranhão está à frente, por exemplo, do Distrito Federal e de Mato Grosso do Sul, cujas remunerações são de R$ 1.016,77 e 994,44, respectivamente, para professores com a mesma jornada.

Post meu: Se estão negociando, quais os motivos para continuar a greve? A quem interessa ou esteja por trás deste movimento?
Quem tem as respostas?

I Jornada Paulista de Direito Civil e Processual Civil na EPD

Renomados profissionais da área jurídica vão apresentar os pontos polêmicos envolvendo o Direito Civil e Processual Civil, entre eles, o projeto do novo CPC

Nos dias 25 e 26 de março, a Escola Paulista de Direito (EPD) sedia, no salão Nobre (Av Liberdade, 956, 1º Andar, São Paulo – SP), a I Jornada Paulista de Direito Civil e Processual Civil, sob a coordenação de Antonio Cláudio da Costa Machado, Coordenador da área de Direito Processual Civil da EPD e Doutor e Mestre em Direito Processual Civil pela Universidade de São Paulo USP; Fernanda Tartuce Silva, professora da EPD e Doutoranda em Direito Processual pela USP; e Flávio Tartuce, Coordenador das áreas de Direito Civil, Direito Contratual, Direito de Família e Sucessões e Direito Civil e Consumidor da EPD e Doutor em Direito Civil pela USP. O evento vai discorrer sobre temais atuais e polêmicos envolvendo o Direito Civil e Processual Civil, entre eles, “Vantagens e Desvantagens do projeto do novo CPC”, “Aspectos jurídicos e psicanalíticos da mediação", "Sucessão do companheiro e suas controvérsias", "Sucessão do Cônjuge - Questões polêmicas" e "Desafios do Direito Civil Contemporâneo", entre outros.

Renomados juristas participarão dos debates e palestras, entre eles, André Borges De Carvalho Barros, Antônio de Pádua Notariano Jr., Fernando Curi Peres, Francisco Amaral, Giselle Câmara Groeninga, Helena Najjar Abdo, João Ricardo Brandão Aguirre, José Fernando Simão, Gabriele Tusa, Luis Edson Fachin, Aguida Arruda Barbosa, Luiz Guilherme Pennacchi Dellore, Mário Luiz Delgado Régis, Paulo Dóron Rehder de Araújo, Ricardo Castilho (diretor da EPD) e Silmara Juny de Abreu Chinelato. Para mais informações sobre o evento, entre em contato com a Central de Relacionamento da Escola Paulista de Direito nos telefones (11) 3273-3600 ou 0800 775 5522 ou pelos emails: info@epd.edu.br ou relacionamento@epd.edu.br.

Shopping Marabá

A equipe do Shopping Pátio Marabá estará, esta semana, em Imperatriz (MA) para uma rodada de negócios com empreendedores locais. O encontro acontecerá nas próximas quinta (24) e sexta-feira (25), no Hotel Posseidon, centro da cidade. A rodada de negócios faz parte de uma série de eventos que o Shopping promoverá em diversos municípios ao redor do empreendimento, localizado na cidade de Marabá, sudeste do estado do Pará.


Para Andrey Rocha, presidente do Grupo Leolar - grupo empreendedor do Shopping Pátio Marabá -, além das operações de grandes redes nacionais, a adesão do empresariado local é importante para o empreendimento. “Além de aproximar e reforçar a identificação da população com o empreendimento, a adesão de grupos locais faz com que a economia na região ganhe ainda mais fôlego”, pontua o empresário.

No primeiro dia do evento os empresários poderão acompanhar a uma apresentação para conhecer melhor o empreendimento, logo depois, será aberta a rodada de negociações que continua durante toda a sexta-feira. Executivos do Shopping Pátio Marabá estão confiantes na aceitação do projeto por parte dos empresários locais. “Temos em mãos um projeto ousado, um grande desafio que já começou a se tornar realidade, e que vai mudar a cara da região sul e sudeste do Pará. Já estivemos em Marabá e em Belém, onde as negociações foram bastante satisfatórias, acreditamos que em Imperatriz não será diferente”, comenta Tony Bonna, gerente de novos negócios da AD Shopping, administradora do shopping.

PÁTIO MARABÁ - Com terraplanagem concluída e com mais de 85% dos espaços comercializados, o Shopping Pátio Marabá caminha em ritmo acelerado para que a população possa desfrutar do primeiro shopping da cidade e também o pioneiro no conceito multiuso no Estado, já que seu projeto contempla, além do centro de compras, uma torre comercial e duas de hotéis.

Com previsão de inauguração para 2012 e com investimento de R$ 160 milhões, a expectativa é que sejam gerados 12 mil empregos, diretos e indiretos, após sua inauguração.

São mais de 32 mil m² de lojas regionais e nacionais, 05 salas de cinema, incluindo uma em 3D, restaurantes e área de lazer. O projeto também contempla um complexo com dois hotéis com 274 unidades habitacionais (Expresso XXI e Solare Hotéis e Suítes), administrados pelo grupo Solare, além de uma torre comercial com 168 salas.
O Pátio Marabá tem como empreendedor o Grupo Leolar, maior varejista das regiões sul e sudeste do Estado e um dos maiores grupos empresariais do Estado do Pará. Sua administradora, AD Shopping, possui 24 empreendimentos em todas as regiões do Brasil, e hoje administra também o Pátio Belém, considerado o shopping com o menor custo condominial da Região Norte. A operadora de hotéis Solare, é a empresa com maior participação do setor hoteleiro no Norte e Nordeste do Brasil.

LOJAS ÂNCORAS E MEGASTORES

C&A, Renner, Centauro, Big Ben, Lojas Americanas, Avenida, Borges Informática, Leolar, Marisa, Moviecon Cinemas, Park & Games, Riachuelo, Sol Tecnologia, Super Sport e Visão.

LOJAS SATÉLITES

Adji, Angel, Aramis, Authentic Feet, Baloné, Bambu, Bettini, Biotest Laboratório, Bobs, Brisa Café, Casa do Pão de Queijo, Cabu, Caroline Won, City Shoes, Chilli Beans, Claro, CVC, Damyller, 18k Jóias, Eco Office, Empório Naka, Epidemia, Espaço Portfólio, Estivanelli, Fábio Jóias, Farmácia Artesanal, Fitta Câmbio, Giraffas, Hering, Jelly, Kattleya, Keuly Istace Cabelos & Estética, Lápis de Cor, Lavanderia Quality, Le Postiche, Leo Sound, Lilac, Livraria Newstime, M.Martan, Mao Tai, Moda Show Infantil, Moda Show, Morana, My Pet, My Shoes, O Boticário, Ortobom, Óticas Ana Maria, Parmegio, Patroni Pizza, Premiato, Princess Jóias, Sapore Di Casa, Scada Café, Scala, Santa Lolla, Spazio Verdi, Sorveteria Cairu, Subway, Taco, Toca do Açai, Todeschini, Vogue.

NÚMEROS DO SHOPPING PÁTIO MARABÁ

• Área Bruta Locável: 37.051,53 m2

• 02 Torres de hotéis: 274 unidades habitacionais

• Torre Comercial: 168 salas

• Vagas de Garagem: 1.200

• Cinemas: 05 salas (sendo uma 3D)

segunda-feira, 21 de março de 2011

Léo Cunha reúne-se com lideranças em Montes Altos

O deputado Leó Cunha reuniu-se no último sábado, 19, com o prefeito do município de Montes Altos, Valdivino Rocha (PTC). Entre as reividicações feitas ao parlamentar, está a recuperação de estradas vicinais que ligam os povoados Mata Velha e Conceição á sede do município, que segundo o prefeito foram destruidas devido as fortes chuvas que cairam nos últimos dias. Valdivino exliplicou ainda que a falta dessas estradas "está prejudicando o escoamento da produção agrícola que abastece o comercio local". O prefeito solicitou também a construção de poços artezianos para o abastecimento de assentamentos e a implantação de um pólo de UEMA no municipio.

Depois de ouvir os pedidos, Léo Cunha agradeceu a votação obtida no município e comprometeu-se a cumprir com muita responsabilidade seu papel de representante da região tocantina: " vou trabalhar, em especial, para suprir as necessidades básicas da nossa região," prometeu. O parlamentar disse ainda que "buscará unir forças com os outros deputados votados na região para que seja possível atender aos anseios da população."



Além prefeito, também estiveram presentes na reunião lideranças locais, secretários municipais e os vereadores Cirilo Neres (PTB), José Garibaldi (PMDB), Aldefran Azevedo (PPS), Davi Krikati (PT) e Raimundo Lima (DEM). Após o encontro o deputado Léo Cunha seguiu para o município de Governador Edson Lobão onde também reuniu-se com lideranças politicas.

O CASO TAMIRES VARGAS

O Caso Tamires Vargas que envolveu toda comunidade campestrense, está sensibilizando todos os poderes do Maranhão, inclusive entidades do porte da OAB, é emblemático. Primeiro, ela era uma mulher, ou melhor uma menina de 19 anos, e morre justamente no Dia Internacional da Mulher deixando uma filha.

Ela saiu para se divertir, como é normal não somente nessa fase da vida, mas quem é que não gosta de sair e se divertir e o carnaval proporciona esse momento, inclusive para as famílias. Foi para viver a vida e encontrou justamente um fim triste para sua vida. E porque aconteceu isso? É uma extremamente importante que seja respondida essa pergunta para evitar um fim triste de outras tamires no futuro.

Praticamente todas as cidades da região realizaram seus carnavais e não registraram nenhum problema sério. Porto Franco fez um carnaval para mais de 12 mil pessoas, Estreito também. Imperatriz com mais de 230 mil habitantes fez um carnaval sem ocorrências policiais. Mas Campestre do Maranhão um carnaval mal organizado, com iluminação suficiente, seguranças e policiamento insuficientes.

A falta de segurança começou com o mal exemplo do prefeito municipal Emivaldo Macedo que no momento da abertura do evento estava bêbado como sempre e só não conseguiu concluir o seu discurso porque as vaias não deixaram.

Justamente quem deveria dar exemplo não deu. Justamente quem deveria dar segurança que era a polícia, não deu. Estava bêbada, sim. E daí, carnaval é pra que mesmo? Não é pra beber, dançar, namorar, se divertir? Não é a festa da carne? Pois Tamires pagou com sua própria carne, com sua própria vida.

Outro ponto que deve se destacar nisso tudo, foi a coragem e a ação rápida e eficaz do deputado Leo Cunha. Rápida porque ao tomar conhecimento da tragédia se deslocou imediatamente até o município de Campestre do Maranhão e munido de informações, logo na segunda feira subiu na tribuna da Assembléia, fez o que um deputado deve fazer, denunciou o fato e pediu medidas cabíveis ao Governo do Estado e às autoridades envolvidas.
Eficaz porque de imediato a PM transferiu os policiais envolvidos no caso de Campestre para outra cidade, apesar do deputado ter pedido o afastamento, mas já foi alguma coisa. E também com seu discurso sensibilizou outros deputados como o médico Antônio Pereira que pediu à Comissão de Direitos Humanos e Minorias que investigasse a morte da menina.

No próximo dia 24 a Comissão estará na região para apurar os fatos e ver como eles realmente ocorreram. Nem a família nem a comunidade Campestrense não aceitam qualquer explicação que não seja a expressão da verdade. Tamires Vargas não pode ter morrido em vão logo no seu dia, no Dia Internacional da Mulher.

Por Antonio Armando
Campestre do Maranhão

Sete de abril

Será no dia 7 de abril, dia do Jornalista a realização da Assembléia Geral para a fundação da Associação de Imprensa de Imperatriz.
Ontem foi realizado a reunião preliminar entre os jornalistas e radialistas que estão tratando da fundação e acertado detalhes do estatuto e da fundação.
O jornalista e vereador Edmilson Sanchez um dos fundadores da Airt juntamente com este comentarista encampam novamente o ideal de uma entidade voltada a valorização do profissional da comunicação em Imperatriz.
Ao contrário do que alguns pensam, a associação não terá como meta acabar com a Airt até porque esta associação é regional e a nova será local e por via de regra fortalecerá a primeira.
Assim foi feito em Açailandia, no Brejão e depois em Itinga.

terça-feira, 15 de março de 2011

PEN e PRB formam aliança para eleição municipal na capital

Em entrevista exclusiva a este Blog, o Vice Presidente Nacional do PEN, e Presidente do Diretório Estadual do PEN/MA, Mário César Felipe de Franco, Solange Almeida, Vice-Presidente da Executiva Estadual do PEN/MA, Dr. Ariosto Carvalho de Oliveira, Secretário Geral da Executiva Estadual do PEN/MA, falaram que articulam a participação de candidato na disputa majoritária de 2012 em São Luis. O candidato deste acordo será indicado no encontro que realizar-se-à no próximo no dia 15 de abril do corrente ano, no plenarinho da Assembléia Legislativa; o vice será do seguimento evangélico.




O Presidente falou ainda sobre as metas do PEN: “Nossa meta é criar um novo modelo de gestão político-ambiental com o respaldo de mais de 30.000 eleitores que apoiaram o manifesto de assinaturas certificadas pelo TRE em São Luís, e 61.870 em mais de 100 municípios em todo o Estado do Maranhão, que corresponde a 20% dos votos validos, superior aos 0,5% determinado pelo TSE para requerer o registro definitivo do Partido no Estado do Maranhão junto a resolução nº. 23.282/10. Pois já demos entrada na petição do registro do Partido no Tribunal Regional Eleitoral”.



Por outro lado o Presidente do Diretório Municipal de São Luís e fundador do Partido Republicano Brasileiro, o Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, Santos Roque, comemorou o acordo e falou, “O PRB tem por objetivo um projeto de sociedade para o Maranhão baseado nos princípios republicanos da liberdade individual e de associação para fins pacíficos, da promoção do bem estar social com base no desenvolvimento sócio-econômico auto-sustentado segundo as potencialidades do Estado. Em parceria com o PEN temos certeza que vamos realizar um grande governo na nossa querida São Luis, pois o Partido Republicano Brasileiro nasceu para defender o direito político dos cidadãos brasileiros; para defender os direitos humanos e sociais com indicações para construção de escolas, postos de saúde, hospitais e moradia; para defender os direitos da criança, do adolescente, do idoso; para promover a preservação do meio-ambiente. Prega a liberdade de expressão, os valores da família e, sobretudo, acredita que a administração pública deve estar a serviço dos interesses coletivos”.

Professores do Maranhão recebem o dobro do Paraná

O Piso salarial para professores iniciantes com curso superior no Maranhão já é o maior do Brasil. É quase 4 vezes, por exemplo, do RS;
Maior do que no Rio Grande do Sul

Maior do que no Pará

Maior do que no Piauí

Maior do que em São Paulo

Maior do que no Distrito Federal

Dados do Consed, publicados na edição de número 387 do Brasil Econômico, de 11/03/2011

Caso o governo do estado do Rio Grande do Sul queira equiparar os salários dos seus professores aos vencimentos já em vigor no estado do Maranhão, terá que dar de uma só vez um aumento de 378% aos seus docentes. E não é só em relação ao estado gaúcho que os professores daqui levam larga vantagem em termos de remuneração. O piso salarial de um professor iniciante com curso superior, no Maranhão, é 77% maior do que recebe o mesmo profissional em São Paulo, que é o estado mais rico do Brasil.

Todos os estados brasileiros tiveram divulgados os valores dos pisos que praticam com os professores. Levantamento feito pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação, Consed, está na edição do último final de semana do jornal Brasil Econômico (www.brasileconomico.com.br), página 6 do primeiro caderno. O Maranhão paga R$ 1.631,00 para professor de 20 horas semanais e duas vezes isso para os que possuem duas matrículas, ou seja, duas jornadas que resultariam em 40 horas semanais.

O Brasil Econômico comete um erro quando diz em sua capa que o maior salário é o praticado no estado do Tocantins, de R$ 2.864,62. Só que em Tocantins o piso tem como referência 40 horas semanais, o dobro da carga horária no Maranhão. Aqui, o professor de 40 horas ganha duas vezes R$ 1.631,00, portanto R$ 3.262,00, 14% a mais que no outro estado.

A publicação do jornal paulista reforça que o piso salarial nacional da categoria em greve no Maranhão é de R$ 1.187,08 para uma jornada de 40 horas semanais. O governo do Maranhão paga a quem tem jornada de 40 horas semanas 175% a mais do que determina o piso nacional.

Brasil  R$ 1.187,08 Piso Nacional, Lei 11.738/2008, para 40 horas semanais

Maranhão R$ 3.262,00 Piso para jornada de 40 horas semanais
R$ 1.631,00 Piso para jornada de 20 horas semanais

Se no Maranhão o salário é o melhor do Brasil, o mesmo não se pode dizer da qualidade do ensino. O IDEB/2009 coloca em primeiro lugar os alunos do Paraná, onde os professores são os 17º colocados na tabela das melhores remunerações, exatamente o inverso do que se verifica com os maranhenses, onde o salário é o mais alto do Brasil e o aproveitamento dos alunos de ensino médio é o 17º do país.

No Rio Grande do Sul, onde os professores estaduais ganham menos de 30% do que percebem os maranhenses, os alunos aparecem na quinta colocação no IDEB.

Dia da Mulheres

Alunos do curso de direito da Faculdade Santa Teresinha estarão nesta quarta-feira realizando um Café da Manhã com as detentas da CCPJ em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.
A iniciativa partiu da coordenadora do Emaj, professora Marilene que espera com esta ação proporcionar um dia especial para quem está pagando por ato cometido contra a leil.
Além do Café, as detentas participarão ainda de palestras e informações sobre seus direitos.
O encontro está marcado para as nove horas.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Caso Tamires: Carlinhos cobra esclarecimento da morte de jovem de Campestre-MA

O deputado estadual Carlinhos Amorim (PDT) solidarizou-se, na tarde desta segunda-feira em pronunciamento na Assembléia Legislativa, com a família da jovem Tamires, que apareceu misteriosamente morta no interior da delegacia de Porto Franco, quando foi recolhida pela Polícia Militar.

Não se pode admitir que uma jovem, que esteja sob a custódia da PM, amanheça morta, disse Carlinhos na tribuna da Assembléia Legislativa

Carlinhos contou que a jovem foi presa na cidade de Campestre-MA e conduzida para a delegacia de Porto Franco-MA, onde foi encontrada, enforcada, no dia seguinte. Ainda de acordo com o parlamentar, sua colega de sigla, Valeria Macedo manteve contatos a Secretaria de Segurança Pública que pediu tempo para realizar as investigações sobre o caso.

“Nós temos a certeza de que o delegado vai-nos dar uma resposta breve, porque o fato abalou não só Porto Franco, mas como também Campestre e toda região; não se pode admitir que uma jovem, que esteja sob a custódia da Polícia Militar, possa, de um dia para outro, amanhecer morta”, afirmou Carlinhos.

Sensibilizado com os prejuízos causados pela enchente do Rio Grajaú, Deputado Léo Cunha visita o município de Sítio Novo

Em visita ao município de Sítio Novo no domingo, 13, o deputado estadual Léo Cunha (PSC) acompanhado por assessores, disse que ao ser informado através da imprensa sobre os prejuízos que o município de Sítio Novo vem amargando em função das fortes chuvas que caem na região, resolveu fazer uma visita imediata para identificar as prioridades. “Fique impressionado com a destruição de estradas e pontes em função do forte inverno aqui em Sítio Novo. Farei ainda esta semana um requerimento e encaminharei para a governadora Roseana pedindo providências para a reconstrução da Ponte da Amizade. Pois se trata de uma ligação imprescindível entre dois municípios”. A Ponte da Amizade foi inaugurada em setembro de 2010 e na semana passada foi destruída pela força das águas do Rio Grajaú que continua enchendo. O deputado Léo Cunha foi recebido pelos vereadores Sebastião Santana, (PR) Lázaro Pinheiro (PRP) e pelo presidente da Câmara, vereador Félix Leda. (PV) Eles agradeceram o empenho do deputado e disseram que a prioridade é realmente voltada a reconstrução de estradas e da Ponte da Amizade. Mas aproveitaram para fazer outras reivindicações ao parlamentar. “O programa Luz Para Todos está em andamento em Sítio Novo, mas com muita lentidão. Gostaríamos que o senhor nos ajudasse junto aos órgãos competentes no sentido de agilizar a conclusão do mesmo”. Disse o presidente da câmara de vereadores, Félix Leda. O vereador Lázaro Pinheiro lembrou a necessidade da construção de vias laterais nos Povoados Dois Buritís e Olho D’água. Os povoados estão localizados às margens da BR 226, sentido Grajaú. “Os carros param na BR 226 para que passageiros desçam com suas bagagens e têm ocorrido vários acidentes por esse motivo”. Explicou Lázaro. O vereador Sebastião Santana lembrou que o município não tem um campo de futebol próprio e perguntou a possibilidade de se viabilizar tal obra. Sensível a todos os pedidos apresentados, o deputado disse que sua assessoria começaria trabalhar o quanto antes para encontrar a solução desses problemas. Sobre o campo de futebol, ele disse que ainda esse ano poderá ser iniciado as obras de construção. “É necessário que o município disponibilize uma área. A partir daí, ainda este ano poderemos iniciar as obras”. Garantiu o deputado. De Sítio novo Léo Cunha seguiu para o município de Campestre onde amigos e correligionários já o aguardavam. (Por Carlos Henrique Lobato).

Revista destaca salários dos professores do Maranhão

Os professores do Maranhão têm a melhor remuneração do país entre os estados que praticam a jornada de 20 horas/semanais em sala de aula. A informação foi destacada em ranking nacional publicado pelo jornal Brasil Econômico, na edição deste fim de semana (referente aos dias 11, 12 e 13).


A matéria, com o título “Valorizar o salário do professor é o desafio dos estados”, aponta a remuneração paga ao professor no Maranhão - que é de R$ 1.631,69, por 20 horas trabalhadas, para docentes com nível superior - como a melhor do país.

A secretária de Estado de Educação, Olga Simão, disse que o Governo do Maranhão vem investindo na valorização e reconhecimento dos profissionais da educação. “O professor tem sido reconhecido, prova disso é o compromisso do Governo de implantar, na totalidade, o Estatuto do Educador ainda neste ano, contemplando, inclusive, a revisão salarial da categoria”, enfatizou.

Em um ranking do “piso salarial pago a professores iniciantes com curso superior, segundo carga horária semanal determinada”, o estado está à frente, por exemplo, do Distrito Federal e de Mato Grosso do Sul, cujas remunerações são de R$ 1.016,77 e 994,44, respectivamente, de acordo com a matéria.

A reportagem informa que, mesmo entre os que praticam a jornada de 40 horas (o dobro do Maranhão), são pagos valores como R$ 1.006,00 (Goiás); R$ 1.300,00 (Santa Catarina) e 862,80 (Rio Grande do Sul).

“Segundo orientação do Ministério da Educação, neste ano, a remuneração mínima de um educador de nível médio, que cumpra uma jornada de 40 horas semanais, deve ser de R$ 1.187,08,” observa o texto da reportagem.

Mais de 70% dos docentes do Maranhão têm nível superior (desde 2005, esse é um pré-requisito de concurso para a área). Por isso, recebem remuneração total de R$ 1.631,69. Na folha, toda a categoria ganha a Gratificação por Atividade do Magistério (GAM) de 130%.

De acordo com levantamentos do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), os professores de nível médio do Maranhão têm uma das melhores remunerações do Brasil. Por 20 horas trabalhadas, os profissionais da rede estadual de ensino recebem R$ 880,94.

Os docentes do Maranhão, também, têm acréscimos salariais escalonados na forma de adicional de qualificação, sendo 15% para quem é especialista, 20% para mestres e 25% para doutores. Em caso de promoção profissional, os docentes recebem acréscimos na remuneração, alguns alcançando 100%. Das 20 horas trabalhadas, quatro são para planejamento e 16 são dedicadas à sala de aula.

LÉO CUNHA PEDE AFASTAMENTO DE POLICIAS ENVOLVIDOS NA MORTE DE JOVEM EM CAMPESTRE DO MARANHÃO

O deputado Léo Cunha (PSC) pediu nessa segunda feira (14), na Tribuna da Assembléia, o imediato afastamento dos policiais militares que estiveram envolvidos na prisão da jovem Tamires Pereira Vargas, de 19 anos, no município de Campestre do Maranhão, ocorrida dia 8 de março. Após ser presa a jovem foi levada a delegacia de Porto Franco onde foi encontrada enforcada dentro da cela.

Léo Cunha contou que em protesto a morte da jovem, a população da Campestre saiu ás ruas, da cidade, na sexta-feira (11), e quando se dirigiu a porta da delegacia foi “humilhada” pelos policias que cometeram vários desmandos e abusos de autoridade para com os manifestantes: “soube que idosos foram tratados com muita humilhação por esses policiais, que não respeitaram a população que estava ali protestando,” denunciou.

O deputado enfatizou que a revolta da população deu-se principalmente ao fato dos “mesmos policiais que estiveram envolvidos na prisão de Tamires estarem de volta ao trabalho já na sexta feira.” E pediu: “ presidente Arnaldo Melo eu quero aqui solicitar a essa Casa que peça ao secretário Aluzio Mendes que determine o afastamento imediato dos policiais envolvidos na prisão dessa jovem, para que sejam investigados fora do cargo que ocupam,”cobrou.

Após o discurso de Léo Cunha, o presidente Arnaldo Melo, imediatamente assegurou que a Assembléia encaminhará seu pedido ao secretário de segurança.

O caso

A jovem Tamires Pereira Vargas foi presa, quando festejava o carnaval no dia 8 de março, dia Internacional da Mulher, as margens da BR-010, em Campestre do Maranhão.

Na ocasião, houve uma briga próximo á Tamires, e numa tentativa de conter os ânimos, a policia, usou spray de pimenta, atingindo a jovem, que ao reclamar com os policiais foi presa e levada a delegacia de Porto Franco, por volta das 23hs.

Na madrugada, de quarta feira (9) a família de Tamires recebeu a noticia de que ela havia se enforcado com uma corda dentro de cela que estava presa. A jovem foi enterrada na tarde de quinta-feira (10).

aniversário

Vários amigos enviaram mensagens de felicitações pela passagem de mais um aniversário deste jornalista.
Afinal não é todo o dia que se comemora 49 anos de bem com a vida.
A todos os agradecimentos.

Responsabilidade

Embora, alguns petistas estejam comemorando o fato do ex-prefeito Jomar não ter sido responsabilizado pelo TCU sobre a má aplicabilidade de recursos federais, é bom colocar as barbas de molho.
Para evitar que seja atingido, o prefeito Madeira terá que acionar seus procuradores para jogar a responsabilidade sobre Jomar.
E aí, caberá a justiça decidir e julgar quem realmente foi o responsável pela má aplicação dos recursos, mas, a tendencia é de que seja mesmo quem não fez corretamente.
Portanto, mais um para Jomar responder de sua negativa administração.

sábado, 12 de março de 2011

BIG BROTHER BRASIL

(Luiz Fernando Veríssimo)

Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A décima primeira (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil,... encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.

Dizem que em Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos, na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE...

Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.

Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo.

Eu gostaria de perguntar, se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.

Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis?

São esses nossos exemplos de heróis?

Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros: profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor, quase sempre mal remunerados..

Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.

Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.

Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada, meses atrás pela própria Rede Globo.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral.

E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social: moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?

(Poderiam ser feitas mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores!)

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.

Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ler a Bíblia, orar, meditar, passear com os filhos, ir ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir.

Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade.

Um abismo chama outro abismo !

Comentário meu. Nada a acrescentar.

Ficou para hoje, domingo Imperatriz e Moto

Por conta da tempestade que caiu neste sábado a noite na cidade, o jogo entre Imperatriz e Moto marcado para as 20 horas teve que ser adiado para hoje no mesmo local e horário.
A diretoria do Imperatriz ainda tentou marcar para as 16hs deste domingo, mais os motenses bateram o pé e não aceitaram.
Com isso, Marcelo Filho aceitou e vai cumprir o que diz o regulamento. Jogo adiado por conta de sinistro deve ser realizado 24 horas depois.
Então, o torcedor que não foi por conta da chuva e que chuva, pode comparecer neste domingo no inicio da noite
E mais, não tinha drenagem que resolveria  o problema da quantidade de água no gramado de jogo.
Não se pode cultar a drenagem pelo adiamento e sim, o volume de água que caiu na cidade.
Agora, imagine, como estão as ruas.

domingo, 6 de março de 2011

Cuidado redobrado no período chuvoso

As fortes chuvas dos últimos dias que atingiu Imperatriz deixou o rio Tocantins acima do seu nível normal, desabrigando várias famílias. Por medida de segurança, a CEMAR fez o desligamento do fornecimento de energia elétrica dos consumidores das áreas alagadas do bairro Beira Rio. A Companhia tomou esta medida para preservar a população das áreas atingidas, especialmente no sentido de evitar acidente elétrico com vítima fatal. As residências que ainda não foram afetadas pela enchente e que estão ligadas no mesmo transformador serão transferidas para outro circuito.
Assessoria de Comunicação

Ter um filho após muitas dificuldades para engravidar

É inegável o fato de que as mulheres vêm mudando muito nas últimas décadas. Se considerarmos a sua entrada no mercado de trabalho, a independência financeira e sexual e a busca por direitos iguais aos dos homens, notamos que, com o passar dos anos, a identidade feminina mudou bastante.

No entanto, apesar de tantas mudanças, percebe-se que o desejo de ter filhos ainda continua para a maioria delas e é um importante referencial subjetivo quanto ao “ser mulher”.

Muitas mulheres com dificuldades para engravidar falam do quanto “se sentem menos femininas” e diferentes das demais por não conseguirem realizar este desejo.

A experiência da infertilidade costuma deixar uma marca de incapacidade e impotência no psiquismo da mulher, fazendo-a acreditar que não é capaz de gerar ou cuidar de uma criança.

Percebemos, na nossa prática clínica, que a gravidez alcançada, após um longo tratamento de reprodução humana assistida, geralmente, é vivida com muito mais inseguranças e medos em comparação às gestantes que não passaram por essa vivência.
O medo de “não possuir um bom útero” para abrigar um bebê sadio é freqüente, assim como receios de não levar a gravidez adiante, não conseguir amamentar, dentre muitos outros fantasmas.

Afastando “os fantasmas”

Na maioria dos casos, essas inseguranças desaparecem nos primeiros meses após o nascimento do bebê, quando a mulher vai percebendo que seus cuidados estão sendo suficientes para manter a criança bem e também quando vai se familiarizando com esse novo papel.

Porém, faz-se relevante destacar que a experiência da infertilidade não traz consigo apenas mazelas. Todo o sofrimento trazido pela descoberta da infertilidade e o conseqüente tratamento pode resultar também em mães mais maduras e implicadas na criação de seus filhos, uma vez que a intensificação do desejo que ocorre durante a espera pela gravidez, acaba levando-as a refletirem mais sobre a maternidade e a investirem nessa criança muito antes dela ser concebida.

*Luciana Leis é psicóloga.
É especializada no tratamento de casais com problemas de fertilidade.
Fale com ela: luciana_leis@hotmail.com
http://twitter.com/lucianaleis
http://www.lucianaleis.wordpress.com/

sexta-feira, 4 de março de 2011

Bicentenário de Grajaú

Temos a honra de convidá-lo (a) para as festividades comemorativas do BICENTENARIO da cidade de Grajaú, tendo o inicio dia 11 de março 2011, com a seguinte programação:

Programação do Bicentenário de Grajaú

Dia 11/03 (sexta)

5h – Alvorada com Banda da Polícia Militar do Maranhão e Banda Municipal “Torquato Lima.

7h00 – Missa Campal (Celebrada pelo Bispo Dom Franco Cuter.

9h – Lançamento da Pedra da Memória na Praça Porto do Chapada - Bairro Limoeiro.

9h30 – Lançamento da pedra fundamental do Museu Histórico de Grajaú e da Capela do Nosso Senhor do Bonfim - Praça Frei Alberto Beretta.

10h – Abertura da Feira Cultural 200 anos de Grajaú - Praça Raimundo Simas.

16h – Torneio Esportivo: Representações de Grajaú e Pastos Bons - Praça Dom Roberto Colombo (Socyte).

20h – Evento na Grota da Luz com:

Palestra “A Dinâmica da fundação, povoamento e desenvolvimento de Grajaú”. Palestrante - Sálvio Dino;

Condecoração “Medalha Mérito do Grajaú”; e

Lançamento do Selo Comemorativo “200 anos”.

22h – Show Cultural - Praça Dom Roberto Colombo (Socyte)

Sua presença é muito importante para nós.

Sálvio Dino
COMISSÃO ORGANIZADORA

Associação de pastores de Imperatriz realiza a Adoração Continental 2011

Durante período de carnaval a Associação de Pastores e Ministros evangélicos de Imperatriz-Apei - realiza a 6ª edição do evento que reuni anualmente a comunidade cristã da cidade.

Começou dia 3, no Centro de Convenções de Imperatriz a 6 ª edição da Adoração Continental. A programação conta com a participação de Judson Oliveira (BH), Pr. Claudio Campi (BH), Pr. Luiz Herminio (Itajaí- SC) dos músicos Fred Arrais (São Luiz- MA) e Daniel Alencar (Imperatriz-MA) e pela 1ª vez em Imperatriz a Cia. de Teatro Jeová Nissi.

O objetivo da Adoração Continental é reunir o maior número de cristãos para adorar a Deus e orar pela cidade e pelo Brasil no período do carnaval. Ao longo dos anos o aumento dos índices de criminalidade, prostituição, tráfico de drogas e contaminação do vírus da AIDS no carnaval veem chamando a atenção de autoridades civis e também da liderança Cristã para agirem em favor da sociedade.

Hoje as igrejas estão deixando os retiros espirituais para permanecerem em suas cidades realizando eventos com a Adoração Continental, a fim de proporcionar a população uma alternativa diferente durante o feriado de carnaval.

A adoração continental é uma forte estratégia de atrair milhares de pessoas para ouvirem a palavra de Deus através dos preleitores, músicos e das artes cênicas.Para os pastores da organização o evento também é um momento importante para fortalecer a unidade entre as várias lideranças cristãs da cidade.

A Adoração Continental 2011 segue até o dia 8 de março sempre às 19:30h e também pelas manhãs, às 9:00h,com entrada franca.Para mais informações ligue: (99)8802-8720 e 8807-1000. (Assessoria).

Companhia de Teatro Jeová Nissi apresenta espetáculo pela 1ª vez em Imperatriz

A Companhia de Teatro Jeová Nissi de São Paulo trás a Imperatriz a peça “A Senha”, em única apresentação hoje no Centro de Convenções com entrada franca.

A Cia. De teatro Jeová Nissi chega a Imperatriz com o objetivo de trazer ao público,através da peça “ A Senha” uma reflexões a cerca das promessas de Deus para o ser humano . “A Senha” é baseada no texto bíblico de gêneses 38, onde conta-se a história de uma família que tinha grandes promessas de Deus e as consequência que ela sofreu pela falta de perseverança.

O Grupo existe há 10 anos, atualmente é formado por 70 pessoas divididas em cinco equipes que no momento estão em turnê em SP, Manaus, Santa Catarina, Imperatriz e na Inglaterra. Além do Brasil a companhia já esteve em seis países da Europa, no Chile, Argentina, Paraguai e todo ano vão à Angola .

Além das apresentações teatrais a companhia desenvolve o projeto social “TENHO FOME” na Angola, onde estão construindo um complexo para 1000 crianças órfãs. Atualmente o projeto já assiste 500 crianças e viúvas . A construção terá além das casas de abrigo um centro médico,escola, quadra de esportes, centro de adoração.(Assessoria)

quinta-feira, 3 de março de 2011

Emergencia no carnaval

Tudo tranquilo, não há preocupaçao em relação ao carnaval de Imperatriz
O cancelamento da licitação, diga-se de passagem corretamente, não impedirá nada.
Agora serão contratados em regime de emergencia, pois o carnaval começa no sábado.
Ou seja, sem riscos de evitar surpresas de ultima hora.
Se estavam fazendo licitações, como é que já estavam montando palco e camarotes, além de comercializar abadás e lotear a Beira-Rio?
Portanto, o cancelamento da licitação veio no momento certo ou preparado para que isso fosse acontecer, isto em razão de que o prazo minimo para concorrencia publica é de 30 dias antes de assinatura dos contratos e este do carnaval seria na quinta, dois dias antes do inicio e assinatura dos contratos.
Tudo planejado.

NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA

Aos pais de alunos e professores,

O Governo do Estado está cumprindo o compromisso de implantar, na totalidade, o Estatuto do Educador neste ano.

Está contemplada, inclusive, a revisão salarial da categoria.

O movimento de greve que se instala nas escolas causa prejuízo para o cumprimento do calendário escolar que, pela primeira vez, depois de oito anos, deverá ser cumprido dentro do período letivo. O governo entende que os mais de 500 mil alunos maranhenses não podem ser prejudicados com a paralisação das atividades nas escolas.

Depois de várias reuniões, na tentativa de estabelecer um acordo e construir democraticamente um estatuto que garanta a valorização dos direitos do educador, foi demonstrado ao Simproesemma, com total transparência, o limite das possibilidades de aumento de remuneração em 2011 sem o comprometimento do investimento e do custeio da rede pública de ensino do Estado.

A proposta feita aos professores está dentro do limite máximo suportável pelo Governo do Estado. O governo foi até o limite do que é legal e do que é possível honrar.

Considerando que neste ano vai ocorrer o acréscimo de remuneração dos professores, por conta do estatuto, o Governo do Maranhão espera pela sensibilidade da categoria em retomar as negociações, revendo o posicionamento quanto à greve, preservando o direito dos alunos que não podem ser ainda mais prejudicados pela suspensão das aulas.

Artigo

Novo Código Florestal: desenvolvimento baseado em boas práticas

Por Lauro Jacintho Paes

"Os ambientalistas têm todo tempo do mundo, os produtores rurais não têm. Os produtores têm uma safra todo ano para colher, portanto, eles não podem esperar". Pronunciada pelo deputado e relator da Reforma do Código Florestal, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) na semana passada, esta frase resume bem o pensamento daqueles que querem por um fim a esta fase e partir para um trabalho mais efetivo com as novas regulamentações.

O atual Código Florestal Brasileiro foi imposto no ano de 1965, época de início do Regime Militar. Naquela época nada ou quase nada existia em pesquisas sobre a agricultura tropical. Portanto, o documento foi baseado em informações das práticas agrícolas do chamado primeiro mundo, que usava intensamente os recursos naturais sem preocupação de preservação e ações preservacionistas. O conceito era: o que é bom para os Estados Unidos e Europa, é bom para o Brasil.

Na prática, qualquer estudante colegial sabe que as coisas não são bem assim. Cada território tem suas especificidades. O Brasil possui insolação anual superior a 3.000 horas, enquanto os países do hemisfério norte têm apenas cerca de 70% desta energia.

Além disso, nosso regime hídrico é altamente favorável à atividade agropecuária, com períodos de chuva e de seca bem definidos. Temos ainda águas subterrâneas e superficiais em plena condição de uso para consumo humano e irrigação.

Ao longo deste mais de 45 anos de existência, o Código Florestal recebeu mais de uma centena de modificações, bem como foi motivo de excreções públicas pelos maus ambientalistas, agricultores inconsequentes e políticos que se aproveitaram da situação.

E o tempo foi passando. Nossas necessidades foram sendo alteradas. A consequência pode ser notada num estudo publicado recentemente pela Embrapa Monitoramento por Satélite que afirma que se aplicarmos todos os dispositivos das legislações vigentes, não haverá mais áreas para a prática agropecuária no país. Ou seja, o Brasil não poderá ampliar sua área produtiva para grãos, biomassa, frutas, carnes, etc. Além disso, com base no estudo, a área existente hoje para a atividade, seria reduzida de 15 a 20%.

É por tudo isso que devemos defender uma produção tecnificada, com o uso expressivo das boas práticas, com ênfase no respeito às futuras gerações, formação de renda, geração de oportunidades e lucratividade. Trata-se do tão almejado desenvolvimento sustentável.

A título de ilustração, a sociedade não contempla a construção de uma casa sem orientação do engenheiro civil ou do arquiteto. A medicina não acontece sem a presença do médico e os tribunais não funcionam sem um advogado. Portanto, a produção de alimentos e energia - algo vital ao ser humano - também deve ser orientada pelos profissionais competentes, com base no uso e capacidade do solo, boas práticas agropecuárias, uso correto e seguro dos defensivos agrícolas.

Entendemos que alocar 30 metros de mata ciliar para um curso d’água, é no mínimo, irresponsabilidade. Somente um estudo “in loco” poderia dizer a verdadeira necessidade. A prática agrícola em áreas superiores a 1.800 metros de altitude também é perfeitamente possível nas terras brasileiras, desde que com a correta orientação técnica. Enfim, toda atividade agropecuária ou não, deve ser acompanhada de uma orientação de profissionais capacitados.

Precisamos lutar para que o Novo Código Florestal valorize o desenvolvimento baseado na educação e boas práticas. Para isso, é preciso propor uma ação inovadora, sustentada e eficaz, baseada na comunicação com a sociedade e numa relação de saber falar e saber ouvir - que por sua vez é fundamental para o sucesso de qualquer empreendimento. É, como se diz no interior, “galinha que não cacareja vai para a panela!”.

*Lauro Jacintho Paes é engenheiro agrônomo e associado da Communità Comunicação Socioambiental.
Contato: lauro@communita.com.br / www.communita.com.br

Maia instala Câmara de Negociação do Código Florestal

14 Deputados representando o governo e a oposiçãoas e as bancadas ruralista e ambientalista vão buscar texto de consenso

O presidente Marco Maia instalou esta semana a Câmara de Negociações do Código Florestal. Serão quatro parlamentares que representam a agricultura, quatro para o meio ambiente, dois para a liderança do governo e dois para a Minoria. Também participa do grupo o relator do Projeto de Lei 1876/99, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP). O trabalho será coordenado pelo deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO), que é 1º secretário da Mesa Diretora.

Maia ressaltou que a câmara, que tem caráter informal, foi criada para "buscar um texto consensual para ser levado ao plenário."

Os temas mais polêmicos, na opinião do presidente, são a definição do tamanho da reserva legal de área verde e a anistia para quem já desmatou. Ele acha que já estão mais próximos do acordo.

Não há prazo para a conclusão dos trabalhos, mas o presidente espera que o texto final seja concluído em pouco tempo para ser levado ainda neste semestre para o plenário.
Integrantes

Os representantes da agricultura são os deputados: Reinhold Stephanes (PMDB-PR), que foi ministro da Agricultura; Paulo Piau (PMDB-MG); Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Assis do Couto (PT-PR).
Já os ambientalistas são: Sarney Filho (PV-MA), Márcio Macêdo (PT-SE), Ricardo Tripoli (PSDB-SP) e Ivan Valente (Psol-SP).
Pela liderança da Minoria, além do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), ainda será definido outro nome. A liderança do governo ainda não definiu seus dois representantes.
Maia ainda elogiou a compreensão e a disponibilidade do deputado Aldo Rebelo para construir um entendimento.

Produtores Rurais cobram apoio ao Codigo Florestal

Dos 18 deputados que formam a bancada maranhense da Câmara dos Deputados, 10 confirmaram aos integrantes da comissão de produtores rurais do estado que percorreram os gabinetes dos parlamentares em Brasília na ultima quarta-feira. Integrada pelos presidentes dos Sindicatos Rural de Imperatriz e Açailandia, respectivamentes, Karlo Marques e Roberto Pacheco, pelo presidente da Associação Maranhense dos Criadores, Marcos Túlio e ainda por pecuáristas da região tocantina, como Sabino Costa, Franciscano, Ribamar Cunha Filho, Armelindo Ferraria, Gesse Leite e José Egydio Quintal, a comissão procurou em cada visita aos deputados, apresentar os motivos pelos quais estavam pedindo a aprovação do parecer do deputado Aldo Rebelo sobre a reforma do Codigo Florestal Brasileiro, que é de 1965. Serão feitos contatos junto aos deputados que não se encontravam em seus gabinetes. O relato do projeto, Aldo Rebelo, confirmou aos visitantes, manter a forma como deu seu parecer e espera sua aprovação.

Recepcionados pelo deputado Carlos Brandão em seu gabinete, os produtores rurais expuseram os motivos da viagem e pediram apoio, no que foram prontamente atendidos pelo parlamentar que inclusive se colocou a disposição para viabilizar apoios junto aos membros da bancada do PSDB, pois entende e sabe o problema que os fazendeiros estão enfrentando. O mesmo apoio foi obtido junto ao deputado Luciano Moreira, assim, como Alberto Filho, Cleber Verde, Ribamar Alves, Gastão Vieira, José Vieira, Waldir Maranhão e Hélio Santos, que é membro da Comissão da Agricultura e Pecuária da Câmara e por ocasião da visita dos produtores maranhense registrou a presença na própria comissão.

Para o presidente do Sindicato Rural, a visita foi bastante positiva e entende que se não trará proveitos, em nada irá atrapalhar o processo.

“Pelo que nós observamos em conseguir pedir apoio aos deputados em sua maioria e todos eles manifestarem o desejo de não só apoiar, mais, pedir empenho dos seus colegas de bancada, mostra que estamos no caminho certo para que o parecer seja aprovado da forma que está”,.

A mesma opinião foi compartilhada pelo presidente da Associação Maranhense dos Criadores, Marcos Túlio, que bastante emocionado, sempre procurava mostrar aos deputados a gravidade do problema que todos estão enfrentando e com isso poderá trazer consequencias ainda maiores para todos.

Todos são da opinião de que o texto em discussão não irá resolver o problema em definitivo, mas, dará alivio e como destacou Sabino Costa, “irá amenizar o problema enfrentado pela classe produtora maranhense”. Para Franciscano, não existe outra saida a não ser, a aprovação do texto;

“Viemos mostrar e pedir aos deputados da importancia da aprovação do texto atual do parecer do deputado Aldo Rebelo, que será um grande passo para que possamos reestabelecer a forma correta de trabalhar na produção e manter m ritmo do desenvolvimento”, afirmou.

O Codigo Florestal não é uma boa legislação atestam todos os produtores rurais, aliás caso fosse exigido o cumprimento de sua redação original, possivelmente não haveria conflitos e a insegurança que se instaurou no campo atualmente.

O codigo de 1965, iniciava a área de proteção dos rios em 5 metros, depois alterada para 30 metros. Da mesma forma, instituia a Reserva Legal em apenas em áreas de florestas, estabelecendo o percentual de 50 por cento na Amazonia.

“O problema são as alterações promovidas em sua redação original, realizadas por meio de Medidas Provisórias e atos infra-legais(resoluções e portarias), que remeteram à ilegalidade boa parte das atividades agropecuárias do Pais”, disse Marques.

Por exemplo, no caso da Reserva Legal, as alterações à redação original do Codigo Florestal estão apresentadas da seguinte forma:

1965 – Reserva Legal de 50 por cento na Amazonia e 20 por cento para o resto do Pais, somente para fisionomia de Floresta- APP minima de 5 metros- Fora da área de florestas não havia de reserva legal.

1989 – Reserva Legal de 20 por cento para cobertura vegetal de qualquer natureza-APP minima de 30 metros.

1991 – Exgencia de replantio para propriedades com deficit de Reserva Legal e APPS em 30 anos.

2000 – A APP(média de 12 a 17 por cento dos imóveis)deixa de ser computada na RL (que permanece 20 por cento)

2000 – Medida Provisoria 2080-58/00(atual 2166-67/01 – Define RL de 35 por cento para o Bioma Cerrado e de 80 por cento para a Amazonia Legal – Amplia ainda mais a área a ser recomposta.



Membros da Comissão com o Deputado Helio Santos


terça-feira, 1 de março de 2011

PAC do Bacuri

Veja, o original projeto do PAC do Bacuri concebido na gestão Ildon Marques e que ainda foi tentado ser cancelado e os recursos aplicados em outra área. Não deu certo, o Governo Federal não aceitou e terá mesmo que ser o que foi aprovado.Clic e confira o projeto que acaba com o Cancer do Bacuri.