terça-feira, 17 de maio de 2011

Governadora Roseana lança editais para construção de 11 Cetecmas no Maranhão


Mais de 50 mil jovens maranhenses serão preparados anualmente para o mercado de trabalho por meio dos 11 Centros de Educação Tecnológica (Cetecmas) que serão construídos pelo Governo do Estado. Os editais de licitação foram lançados, nesta segunda-feira (16), pela governadora Roseana Sarney, em reunião de trabalho no Palácio dos Leões. O encontro, que concretizou mais um passo na efetivação do Programa Maranhão Profissional, lançado semana passada, contou com a participação de deputados, secretários estaduais, prefeitos e outras autoridades.
“Não basta atrair os investimentos, mas é importante também inserir os maranhenses nesse contexto”, declarou Roseana Sarney. Ela lembrou que os 10 primeiros Cetecmas foram lançados durante o seu primeiro e segundo governos e estão em pleno funcionamento nos municípios de São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Açailândia, Caxias, Codó, Pinheiro, Pedreiras, Barra do Corda e Brejo.
“Estamos dando continuidade ao programa dos Cetecmas que também já possui outras três unidades em fase final de construção nos municípios de Carolina, Cururupu e Timon”, revelou. A governadora afirmou que os novos Cetecmas garantirão o atendimento a todas as regiões maranhenses. “Nenhum outro estado brasileiro possui um programa tão ousado como o nosso voltado para formar pessoas para atender às demandas de mercado de trabalho”, assinalou.
Os novos Cetecmas serão construídos em Balsas, Porto Franco, Rosário, Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia, São José de Ribamar e São Luís (Escola de Pesca). A iniciativa é uma parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec), com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação (MEC).
 O investimento total é de R$ 28,1 milhões. O secretário de Ciência e Tecnologia, João Bernardo Bringel, informou que os Cetecmas devem ser concluídos dentro de um ano. Com a ação, o governo visa diminuir em aproximadamente 60% o percentual de pessoas na linha de pobreza em todo o estado. “Já iniciamos a qualificação profissional de maranhenses que vão ser absorvidos pelos grandes empreendimentos, mas os novos centros terão um relevante trabalho de atender jovens que ainda esperam ocupar uma vaga no mercado”, ressaltou.
Segundo o secretário chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva, o Maranhão Profissional, programa lançado há uma semana pela governadora, é uma realidade. “Já são mais de 20 mil jovens sendo qualificados numa parceria que o governo formalizou com instituições de ensino e empresários com o objetivo de garantir aos maranhenses as oportunidades que se abrem com os novos investimentos. São R$ 100 bilhões de investimentos para os próximos quatro anos”.

Unidades tecnológicas
O projeto de construção dos novos Cetecmas contempla dois tipos de unidades tecnológicas. Sete terão investimentos de R$ 3 milhões, cada um, em área de 2.752 m2 (Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia e São José de Ribamar). Três custarão R$ 1,7 milhão cada, com área de 1.506,24m2 (Balsas, Porto Franco e Rosário). O valor da obra da Escola de Pesca é de R$ 2 milhões, com área de 1.852m2.
Os novos Cetecmas disporão de um auditório de 100 lugares, uma biblioteca, uma sala de videoconferência (50 lugares), quatro salas de aula, quatro laboratórios práticos (química, biologia, física e informática), até dois laboratórios específicos (de acordo com a vocação da unidade), uma sala de professores, uma quadra de esportes, área de vivência e estacionamento.
O prefeito de Pindaré-Mirim, Henrique Salgado, disse que esse é um presente maravilhoso do governo estadual para a região. “Será a oportunidade para os jovens se qualificarem e terem mais perspectivas de trabalho”.
A prefeita de Axixá, Sonia Campos, destacou que a iniciativa promove a inclusão da juventude no mercado de trabalho. “Esse Cetecma significa a capacitação e a formação de técnicos que vão poder concorrer a uma vaga na Refinaria Premium I, em Bacabeira”, ressaltou. Ela declarou que Axixá fica no coração do Munim, estrategicamente bem localizada e o Cetecma na cidade vai viabilizar a qualificação de jovens de toda a região.
Em todos os municípios as novas unidades do Cetecma terão uma vocação definida. Em Balsas, enfocará recursos naturais e produção industrial; já em Porto Franco seguirá o setor de produção alimentícia, hospitalidade e lazer; e em São José de Ribamar buscará atender às áreas de infraestrutura, produção alimentícia, recursos naturais e produção industrial. A Escola de Pesca trabalhará a produção alimentícia e os recursos naturais.

QUADROS

11 NOVOS CETECMAS
- Investimento total: R$ 28,1 milhões
Novas unidades: Balsas, Porto Franco, Rosário, Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia, São José de Ribamar e São Luís (Escola de Pesca).

São dois modelos de unidades
- Sete terão investimentos de R$ 3 milhões, cada um, em área de 2.752 m2 (Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia e São José de Ribamar)
- Três terão investimentos de R$ 1,7 milhão cada, com área de 1.506,24m2 (Balsas, Porto Franco e Rosário).
- Escola de Pesca orçada em R$ 2 milhões, com área de 1.852m².

As unidades disporão de:
Um auditório de 100 lugares, uma biblioteca, uma sala de videoconferência (50 lugares), quatro salas de aula, quatro laboratórios práticos (química, biologia, física e informática), até dois laboratórios específicos (de acordo com a vocação da unidade), uma sala de professores, uma quadra de esportes, área de vivência e estacionamento.

Estrutura já existente:
- Maranhão já possui 10 Cetecmas em pleno funcionamento em São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Açailândia, Caxias, Codó, Pinheiro, Pedreiras, Barra do Corda e Brejo
- Três unidades estão em fase final de construção Carolina, Cururupu e Timon; o valor investido nessas obras é de R$ 5,1 milhões. O recurso é próprio do Governo do Estado.

Outras ações do Maranhão Profissional
- Nesta terça-feira (17), 2 mil alunos iniciarão capacitação em cursos de eletricista, eletrônica, eletrônica de manutenção e eletrônica de telecomunicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário