domingo, 28 de agosto de 2011

Líderes políticos indicam pré candidatura de Quininha à prefeito de Açailândia

William Castro

Mesmo as eleições sendo realizadas somente no ano de 2012, a movimentação no campo político já se inicia com a divulgação de possíveis candidatos a prefeito de Açailândia. É o caso de Francisco Valbert Ferreira de Queiroz, mais conhecido como Quininha. Ele foi indicado por diversos líderes políticos e sociais da região a lançar sua candidatura nas próximas eleições como gestor do município. Aceitou o desafio e o Jornal do Maranhão trouxe o perfil político de um dos primeiros candidatos a prefeito de Açailândia.

Quininha é natural de Itinga e filiado ao Partido Republicano Progressista. Iniciou sua vida política em 1996 como vereador na sua cidade natal, e pelo bom trabalho realizado ocupou o cargo por dois mandatos. Na época também foi presidente da Câmara Municipal. Em 2004, candidatou-se a prefeito daquele município, e eleito concretizou grandes projetos para Itinga, possibilitando o desenvolvimento e destaque da cidade na região. No ano de 2010, candidatou-se a cargo de deputado estadual e mesmo sem ter sido eleito, foi bastante votado pelos eleitores.

Trajetória em Itinga

Quininha deixou grandes trabalhos na cidade de Itinga quando foi prefeito. Sua marca ficou conhecida pela execução de projetos que melhoraram significativamente a qualidade de vida daquela comunidade. Segundo ele, no seu mandato, aproximadamente 80% das ruas de Itinga foi “calçada” em sua gestão, e ao sair do cargo, deixou recursos para que a próxima administração continuassem os trabalhos, ficando mais de R$ 8milhões em convênio no caixa do município. “Entregamos a prefeitura sem nenhum tipo de débito ou inadimplência. A prefeita [Vete Botelho] encontrou o município organizado, com as contas em dia, com o dinheiro em caixa para que ela pudesse desenvolver o trabalho que vem realizando hoje”, argumenta.

De acordo com Quininha, o município encontrava-se apenas com uma ambulância e no final de seu mandato, Itinga já possuía cinco, além de toda estrutura adequada nos hospitais, como remédios e leitos suficientes para atender a população. O número de agentes comunitários de Saúde (ACS) também aumentou para melhor diagnosticar e cuidar dos moradores. No início de sua gestão, eram apenas 77 e ao término de seu mandato, a prevenção feita dia a dia já contava com 120 ACS, o que representou uma melhoria importante no tratamento e na estrutura da saúde municipal.

O ex prefeito também realizou inúmeros projetos na área educacional de Itinga. Ele afirma que hoje a cidade possui 100% de professores com ensino superior contra apenas 13% no começo de seu mandato. Esse aumento refletiu na qualidade da educação por meio de cursos de formação continuada oferecidos pela Prefeitura. Quininha ressalta que construiu várias escolas na zona rural, e graças a esses feitos, a atual prefeita não precisou construir nenhuma para atender a específica população. Todo esse trabalho educacional pode ter sido observado quando Itinga ficou em 6º lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Maranhão em 2007.

A população também teve um prefeito que se preocupou com a estrutura das estradas. Na sua administração, ele recuperou todas as estradas rurais do município, “piçarrando” e abrindo novos caminhos. Segundo Quininha, foram feitos 137 km ligando Itinga à Vavalândia, beneficiando 1000 famílias. As estradas abertas totalizam 39 km, e ao longo dessas novas vias de acesso, foram construídas 69 pontes, além de muitas outras frentes de trabalho.

Segundo ele, uma das maiores obras que a população não vai esquecer durante sua gestão foi a construção do estádio de Itinga, com capacidade para 5 mil pessoas, investindo assim no esporte em todas as modalidades no município. Quininha também incentivou o lazer e a cultura de Itinga, com eventos e programações que agradavam a todos os públicos.

Candidatura a prefeito de Açailândia

Com tantos trabalhos realizados em Itinga, decidiu então aceitar o convite para ser candidato a prefeito de Açailândia pelo desafio de administrar uma cidade que está em franco desenvolvimento. Ele diz que contribuiu para o crescimento daquele município e que agora é a vez da cidade do Ferro receber sua administração. “Assim como eu fiz em Itinga, vou ser um prefeito que vai fazer um grande trabalho por essa cidade”, disse.

Para isso, está fazendo um acompanhamento da vida socioeconômica de Açailândia, afim de elaborar um planejamento para que sejam feitas as propostas para as eleições do ano que vem. “Eu tenho muita vontade de ser o prefeito de Açailândia, vou procurar buscar aliados para fazer um bom governo no município, e tendo conhecimento integral do que a cidade precisa, poderemos fazer um excelente trabalho”, conclui.



Fonte: Jornal do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário