quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Carlinhos diz que acordo não incluiu Imperatriz


O deputado estadual Carlinhos Amorim, presidente da executiva municipal do Partido Democratico Trabalhista- PDT foi taxativo em afirmar ontem pela manhã que não houve nenhum acordo envolvendo o diretório de Imperatriz para a apoiar candidatos a prefeitos de Imperatriz no ano que vem. A declaração do parlamentar foi feita a próposito das especulações dando conta de que a licença do presidente estadual do PSDB Carlos Brandão da Câmara para possibilitar a posse interina do ex-secretário Weverton Rocha ocorreu em troca do PDT apoiar os candidatos do PSDB a prefeito nas cidades de São Luis, Imperatriz e Açailandia.
“Fui informado de que este entendimento ocorreu mais sobre apoio em São Luis e que deverá ser confirmado pelo diretório. Quanto a Imperatriz, ninguém me falou sobre isso, nem Brandão, nem Weverton e tampouco Madeira, que sabe da nossa posição”, afirmou.
Amorim, acrescentou ainda que o projeto do PDT é fortalecer a sua candidatura a sucessão do tucano na prefeitura. “Contudo, devo dizer que não faremos loucura. Não é um projeto pessoal e sim de todos, no momento em que sentir que a população não aprova este projeto, não iremos insistir, mais ainda é muito cedo para um entendimento neste sentido. Posso assegurar a Imperatriz e aos companheiros do partido que não houve acordo neste sentido e o projeto do PDT é participar com candidato próprio”, enfatizou.
Para Carlinhos Amorim o que está acontecendo são especulações que visam desequilibrar o momento político pela qual passa o PDT com um elenco de fortes candidatos a prefeito e a vereadores e isso incomoda.
“Continuamos com o projeto que tem o apoio do presidente nacional da sigla, Carlos Lupp, do estadual Igo Lago e dos nossos companheiros. O próprio prefeito Madeira sabe disso. Estamos trabalhando para fortalecer este projeto, no momento certo iremos avaliar as condições desta candidatura afim de não cometer loucuras. Se o momento não for o ideal, iremos discutir outros rumos, mais no momento, posso garantir que não houve acordo envolvendo apoio do PDT a sucessão municipal em Imperatriz”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário