quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Chiquinho Escórcio na vice-presidência da frente parlamentar em defesa dos consumidores de energia elétrica e combustíveis

Foi lançada ontem(5), na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar em Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica e Combustíveis para discutir sobre o alto custo das tarifas de energia elétrica e combustíveis. A frente é formada por cerca de 240 parlamentares, entre deputados e senadores.
O presidente da frente, deputado César Halum (PPS-TO), destacou a importância do evento. “Demos uma amostra do que a frente pode fazer pelo Brasil. Temos condições técnicas de debater e de reduzir a conta de energia elétrica na casa de cada brasileiro”.

Halum também fez questão de enaltecer o trabalho do deputado Francisco Escórcio (PMDB-MA). “O Chiquinho é um parlamentar conhecido nacionalmente, com grande serviço prestado, muito trabalhador. É o meu 1º vice-presidente”.

Em entrevista a uma emissora de TV, Escórcio ressaltou os benefícios que a frente trará ao País. “Vai trazer desenvolvimento, porque energia é fator de desenvolvimento e é isso que a população brasileira precisa, energia e combustível baratos. Combustível é vida para o progresso”.

O parlamentar se comprometeu a trabalhar com afinco para conseguir preços mais justos aos consumidores. “Vamos lutar por uma energia justa e barata e também o combustível. Vamos mexer no Brasil inteiro”.

Escórcio também disse que é inadmissível que o Maranhão, hoje, gerador de energia, tenha uma das energias mais caras do País.
Uma sugestão do deputado Chiquinho Escórcio para fortalecer os trabalhos da frente em defesa dos consumidores de energia elétrica é a criação de frentes estaduais dentro das Assembleias Legislativas para a realização de audiências públicas em cada estado.

O empenho do parlamentar Escórcio também foi destacado pelo senador João Ribeiro em seu pronunciamento. “Quero agradecer ao deputado Chiquinho Escórcio pela missão de abraçar o ministro Lobão para resolver o problema da tarifa de energia elétrica”.

Também participaram do evento representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), da Agência Nacional do Petróleo (ANP), da Fiesp, e do Conselho Nacional de Consumidores de Energia Elétrica (Conasen).
Assessoria de imprensa
Liliane Borba
32153814 - 84307174

Nenhum comentário:

Postar um comentário