sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Começou o verão. Inverno será maior na região

O verão começou oficialmente nesta quinta-feira, às três e meia da manhã, horário de Brasília. A estação mais esperada do ano vem acompanhada de temperaturas sempre elevadas, muito sol e ... chuva, também. De acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, a possibilidade de chuvas está acima da média, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, consequência do fenômeno La Ninã, até, pelo menos, o início do ano que vem. No centro-sul do Rio Grande do Sul, a previsão de chuvas fica entre normal e abaixo do normal. Durante o verão, com a atmosfera mais quente, a temperatura sobe acima dos trinta graus em vários estados. Consequência do forte calor é a ocorrência de temporais, mais comuns no final da tarde. Os especialistas recomendam que o verão seja aproveitado com moderação. Beber bastante água, para manter o corpo hidratado, e sempre usar o protetor solar, para neutralizar os efeitos dos raios ultravioleta, causadores do tipo mais comum do câncer de pele. Outro alerta para o verão é em relação à dengue. A água empoçada da chuva é o ambiente perfeito para a proliferação do Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da doença. Então, as autoridades da área de saúde, alertam para que a população não deixe acumular água em recipientes vazios, dentro e fora de casa. Pneus, caixas d´água, sacos de lixo e até os vasos de plantas devem ser observados permanentemente. Os sintomas mais comuns da dengue são manchas na pele, enjoo, vômitos, febre alta, cansaço e dor pelo corpo, nas articulações e no globo ocular. Caso apareça algum desses sintomas procure um médico o mais rápido possível.

Reportagem, Juliana Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário