quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Léo Cunha indica melhorias para os municípios de Governador Edison Lobão e Imperatriz

Atendendo solicitação do jornalista William Marinho, o deputado estadual Leo Cunha entrou com requerimento na Assembléia Legislativa, denunciando e cobrando melhorias na Escola Francisco Fiim no município de Edison Lobão.
Localizada no Povoado Bananal, no município de Governador Edison Lobão, a escola estadual Francisco Fiim, necessita ser totalmente reformada, conforme informou o deputado Léo Cunha (PSC), em indicação protocolada na Assembléia Legislativa. O pedido do deputado será encaminhado á governadora Roseana Sarney (PMDB), para que a obra seja executada com urgência.

O parlamentar ressaltou que o centro de ensino encontra-se em total estado de abandono, precisando passar por uma reforma completa em toda a sua estrutura física, incluindo-se ai a construção de um muro, a fim de proteger a escola da ação de vândalos que oferecem risco a depredação do patrimônio público.

Em outra indicação, o deputado também solicitou que a governadora autorize a construção de uma quadra poliesportiva na mesma escola. O deputado enfatizou que a construção da quadra irá incentivar a prática de esporte, propiciando uma melhor qualidade de vida aos alunos que ali estudam.

Obra para Imperatriz

Para o município de Imperatriz, o parlamentar solicitou que o governo disponibilize recursos a fim de viabilizar a perfuração de um poço artesiano, no bairro São João. Para justificar o pedido ele informou que essa comunidade está em estado de calamidade, pela falta d’água.

O deputado ressaltou que, sem água suficiente para consumir e realizar higiene pessoal, os mais de três mil moradores, do Bairro São João, ficam expostos a contraírem várias doenças. Uma situação, que segundo Léo Cunha, “é muito preocupante, pois coloca a saúde dessa comunidade em risco”.

As três indicações do deputado foram protocoladas nessa semana e deverão ser publicadas no diário oficial da Assembléia, tão logo a Casa retorne ás suas atividades normais, paralisadas devido á greve dos policiais militares e bombeiros.

O parlamentar acredita que o governo atenderá suas solicitações, por se tratarem de necessidades básicas da população, que são educação e saúde: “vamos aguardar que o Poder Legislativo retorne a normalidade e encaminhe tão logo nossas indicações, a fim de que sejam recebidas pela governadora que deverá autorizar a execução dessas obras” disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário