domingo, 29 de janeiro de 2012

Arrecadação atinge R$ 969 bilhões bate recorde em 2011, contabiliza Receita

O valor representa um aumento de 10,1% em relação a 2010.

A arrecadação federal de 2011 bateu mais um recorde. Foram novecentos e sessenta e nove bilhões de reais em impostos, contribuições e demais receitas do governo, como os royalties - um aumento real de dez vírgula um por cento em relação a 2010, que havia registrado o recorde anterior, com oitocentos e vinte e seis bilhões de reais recolhidos. Segundo a Secretaria da Receita Federal, o crescimento da arrecadação, em 2011, se concentrou, principalmente, nos primeiros meses do ano. Isso se deve ao pagamento de tributos do ano anterior, quando o crescimento da economia estava muito mais forte, sete e meio por cento. Ainda de acordo com os dados da Receita, entre as medidas que impulsionaram a alta da arrecadação estão a atualização dos preços de referência da tabela de bebidas, que gerou novecentos e quarenta e oito milhões de reais a mais, e o aumento do IOF, Imposto Sobre Operações Financeiras, de pessoas físicas, que passou para três por cento, em abril de 2011, aumentando a receita em pouco mais de três bilhões de reais.
Reportagem, Juliana Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário