quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

IBGE: Mulheres ganharam 28% a menos que os homens, no ano passado

Pesquisa Mensal de Emprego também aponta desvantagem de trabalhadores negros

As mulheres ganharam, em média, vinte e oito por cento a menos que os homens no ano passado. Em média, as trabalhadoras brasileiras receberam mil trezentos e quarenta e três reais e oitenta e um centavos e os homens, mil oitocentos e cinquenta e sete reais e sessenta e quatro centavos. Ou seja, uma diferença de quinhentos e treze reais e oitenta e três centavos. Os dados são da Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE. O rendimento mensal do trabalhador brasileiro tem sido, em média, de mil seiscentos e vinte e cinco reais e quarenta e seis centavos. O valor é equivalente a aproximadamente três salários mínimos e foi a maior média, desde 2003, dois vírgula sete por cento superior à de 2010. A diferença salarial não foi apenas entre homens e mulheres. Em 2011, os trabalhadores de cor preta ou parda ganharam, em média, pouco mais da metade do rendimento recebido pelos trabalhadores de cor branca. A média anual de renda, no ano passado, foi de mil e setenta e três reais e vinte e dois centavos para os trabalhadores negros e de mil cento e vinte e um reais e quarenta e quatro centavos para os de cor parda, enquanto segundo a pesquisa do IBGE, a dos trabalhadores de cor branca foi de dois mil e cinquenta reais e vinte e cinco centavos.

Reportagem, Priscila Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário