sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Leo Cunha avaliza como positivo o saldo anual na Assembléia

Ao fazer um balanço do seu primeiro ano de mandato, o deputado Léo Cunha (PSC) mostra que sua atuação na Assembléia Legislativa foi bastante positiva, principalmente no que se refere à busca por recursos junto ao Executivo, para a execução de obras e serviços públicos. Durante o ano de 2011, a Casa encaminhou à governadora Roseana Sarney (PMDB) mais de 80 solicitações do deputado, pleiteando investimentos nas áreas de educação, segurança, infraestrutura, saúde e meio ambiente, especialmente para a região Tocantina, representada por ele na Assembléia.

Ao longo de 2011, o deputado, que preside a Comissão do Meio Ambiente, também fez importantes registros na Tribuna do parlamento, entre os quais se destacam as denúncias que cobraram o posicionamento das autoridades competentes, como no caso do lixão de Imperatriz, denunciado por ele de receber, na época, resíduos hospitalares, poluindo indiscriminadamente o meio ambiente, e também o caso polêmico da hidrelétrica de Estreito, acusada por ambientalistas de cometer crime ambiental no lago da usina.

Léo Cunha enfocou ainda a grandeza das festas que tiveram como palco a cidade de Imperatriz, a exemplo da Expoimp, da Fecoimp, e da realização da Copa Brasil de Kart, que recebeu importantes nomes da categoria, evento que contou com o apoio direto do parlamentar, quando a pista recebeu total recapeamento asfáltico executado pelo governo do Estado, atendendo a um pedido feito pessoalmente por ele, durante reunião com a governadora.

Entre os vários requerimentos do parlamentar, destaca-se aquele que autorizou sua visita ao Navio Vale Beijing, fundeado a mais de 60 km da costa de São Luis, após ser rebocado do porto da Ponta da Madeira, por apresentar duas rachaduras, que comprometem sua estabilidade, possibilitando que a embarcação lance óleo e minério de ferro no mar. A situação inquietou o deputado, que mesmo estando em recesso, articulou-se junto à Vale e à Capitania dos Portos, para que a realização da visita in loco acontecesse já nos primeiros dias de 2012.

Desde que assumiu o mandato, em fevereiro de 2011, Léo Cunha expôs publicamente sua vontade de lutar pelas causas da região Tocantina. Segundo ele, a região carece de investimentos nos mais diversos setores, principalmente por ser a mais distante da Capital do Estado: “na maioria das vezes, quando precisa de algum serviço público, os moradores têm que se deslocar até São Luis, percorrendo uma longa distância, isso acaba onerando custos,” disse.

Preocupando com esse aspecto, o parlamentar solicitou ao governo estadual a disponibilização de vários serviços na região, como, por exemplo, a instalação de um Batalhão da Policia Ambiental, de um Posto do Imeq, da instalação do curso de medicina, solicitado por ele desde 2008; do curso de engenharia elétrica e de engenharia civil, bem como a disponibilização de um técnico da Sagrima, entre outros.

Entre as proposições de obras para a cidade de Imperatriz, destacam-se como de maior relevância: a obra de duplicação da Avenida Pedro Neiva de Santana, solicitada por ele à governadora, ainda durante sua campanha eleitoral; a construção do cais do porto; a ampliação e reforma da rede esgoto; a compra de equipamentos e a ampliação do quartel do corpo de bombeiros; a construção de uma escola estadual no bairro da Vila Cafeteira; a recuperação da Rua Dom Pedro II e a construção de rotatória para interligar a Avenida Pastor França a Bela Vista do Tocantins.

Ao todo, o deputado obteve 84 indicações de obras e serviços para vários municípios, todas aprovadas pela Mesa Diretora da Assembléia e encaminhadas ao Executivo, a fim que viabilizar recursos para que sejam executadas.

Sobre a expectativa de ver a realização das obras pleiteadas por ele, Léo Cunha ressalta que estará atento e vigilante à liberação dos recursos: ”ao longo do meu mandato não ficarei acomodado, estarei cobrando, para que essas obras sejam concretizadas, pois sei de sua importância para a melhoria da qualidade de vida da população” assegura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário