domingo, 29 de janeiro de 2012

Prévia da inflação oficial medida fecha janeiro em 0,65%

Segundo o IBGE, alimentação fora de casa e tarifas de transportes impulsionaram o IPCA-15

Aumentou para zero vírgula sessenta e cinco por cento, em janeiro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15, IPCA-15, que é a prévia da inflação oficial. Em dezembro do ano passado, o aumento foi de zero vírgula cinquenta e seis por cento. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Em doze meses, o indicador acumula alta de seis vírgula quarenta e quatro por cento. Em janeiro do ano passado, o IPCA-15 ficou em zero vírgula setenta e seis por cento. A principal causa da aceleração foi o aumento da despesa com transporte, que subiu para zero vírgula setenta e nove por cento, na comparação com dezembro do ano passado. De acordo com o IBGE, a despesa com transporte sofreu a influência do reajuste das tarifas dos ônibus urbanos, nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro e Belo Horizonte, e dos ônibus intermunicipais em várias regiões do País. Em janeiro, o maior impacto individual foi da alimentação fora de casa - um vírgula sessenta e três por cento, contra um vírgula treze por cento, em dezembro. Ficaram mais caros o lanche, com alta de um vírgula cinquenta e sete por cento para um vírgula quarenta e dois por cento, refrigerante, de um vírgula zero seis por cento para um vírgula trinta e sete por cento; e a cerveja, que aumentou de um vírgula dezoito por cento para um vírgula vinte e sete por cento.
Reportagem, Priscila Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário