sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Protestos contra assassinato de radialista


DECLARAÇÃO DE AIR SOBRE MORTE DE RADIALISTA NA BAHIA

A Associação Internacional de Radiodifusão (AIR) repudia o assassinato do radialista Laércio de Souza, da Rádio Sucesso, de Camaçari (BA), na última terça-feira, no município de Simões Filho, próximo a Salvador.
De acordo com testemunhas, dois homens perseguiram o radialista que tentou se refugiar na casa de um vizinho. Cercado, Souza foi morto com dois tiros na cabeça.
A polícia suspeita que o crime tenha sido cometido por traficantes de drogas.
O recrudescimento da violência cometida pelo narcotráfico contra jornalistas em países da América Latina exige enérgica reação das autoridades policiais e judiciais.  
Sempre que o direito à liberdade de imprensa e ao acesso à informação está ameaçado, é a democracia que corre perigo.  

4 de janeiro de 2012

            Dr. Héctor Amengual                                               Luis Pardo Sáinz
                Director General                                                     Presidente                                                                             

A AIR é uma organização fundada em 1946 que representa mais de 17 mil emissoras privadas de rádio e televisão nas três América e Europa, e tem por missão a defesa da radiodifusão privada, livre e a vigência efetiva da liberdade de expressão e do pensamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário