domingo, 26 de fevereiro de 2012

Diarréia

A confirmação do PDT que vai manter o projeto de eleger Carlinhos Amorim e a movimentação dos partidos da base do governo realizada no sábado, provocou estragos enormes na cupula do tucanato.
Reuniões foram agendadas ainda em pleno carnaval e continuaram por toda a semana.
É claro que a repercussão da reunião na casa do presidente do PMDB irá mexer ainda mais com os nervos do prefeito Madeira.
É que a sua permanencia no Palácio Rui Barbosa estava caminhando para uma relativa facilidade, contudo, com estes dois fatos da semana, engrossou o caldo e como Madeira ficou esperando para atrair os partidos e possiveis aliados agora ou mais na frente, terá que correr e gastar mais para atrair-los, até porque, nem mesmo cargos na administração publicas eles querem agora.
Em política não se pode dormir e tampouco menosprezar apoios, como forma de pechinchar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário