sábado, 4 de fevereiro de 2012

Preço dos alimentos diminui e desacelera o IPC-S em janeiro, afirma FGV

Já os gastos com gastos com educação, leitura e recreação, aumentaram.

A inflação medida pelo IPC-S, Índice de Preços ao Consumidor – Semanal, desacelerou para zero vírgula oitenta e um por cento, em janeiro, de acordo com os dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas, nesta quarta-feira. Na comparação com dezembro de 2011, o índice caiu zero vírgula doze por cento. Duas classes de despesas registraram variação negativa: vestuário, de menos zero vírgula doze por cento para menos zero vírgula trinta e cinco por cento; e alimentação, de um vírgula trinta e seis por cento para zero vírgula quarenta e sete por cento - com destaque para hortaliças e legumes, que mais contribuíram para a queda de preços - de oito vírgula noventa e seis por cento para seis vírgula onze por cento. Ainda segundo o levantamento da FGV, entre os grupos que pressionaram o IPC-S para cima estão educação, leitura e recreação, com alta de três vírgula trinta e nove por cento para quatro vírgula nove por cento; transportes, de zero vírgula setenta e sete por cento para zero vírgula oitenta e seis por cento; despesas diversas, de zero vírgula trinta por cento para zero vírgula quarenta e seis por cento; e habitação, que subiu de zero vírgula trinta e dois por cento para zero vírgula trinta e três por cento.
Reportagem, Juliana Costa

2 comentários:

  1. Imagino que você não conheça o Supermercado Mateus ou então o Maranhão não está localizado no Brasil. Digo Isso porque depois do aumento do salário mínimo, percebi um reajuste de preços na faixa de 40%. Verifique melhor suas fontes irmão. Fica na PAZ!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, meu caro Lídio, assim como voce posso assegurar que a situação é assim mesmo. Os preços subiram em demasia. Ao fazer compras hoje pela manha me surpreendir com os valores. Um exemplo de como estão as coisas, o frango antes a sete reais, hoje está em torno de 15,16 e até 17. Concordo em genero e grau com seu comentário.

    ResponderExcluir