quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

São João do Paraiso:

SAO JOÃO DO PARAÍSO


Vereador Edelmir Aguiar é destituído da presidência da Câmara e poderá perder mandato

Extratos bancários de contas públicas da Prefeitura de São João do Paraíso mostram que Edelmir Aguiar da Silva, desviou mais de 490 mil reais de recursos do FUNDEB e Brasil Alfabetizado. Documentos oficiais também teriam sido falsificados pelo vereador quando o mesmo estava no exercício do cargo de prefeito de forma interina.De posse da documentação que comprava os desvios e a falsificação de uma Lei Municipal, o também vereador Manoel Pereira Sousa “Nequinha” fez uma representação contra Edelmir Aguiar no dia 6 de fevereiro.

Embora de recesso, os vereadores se reuniram em sessão extraordinária convocada por dois terço da câmara, e neste caso coordenada pelo primeiro secretário da casa, Vereador Sebastião (Amigo Dão), a representação foi acatada pela maioria dos vereadores que decidiram por destituir do cargo de presidente o vereador Edelmir Aguiar.

Esta é a segunda vez que Edelmir é afastado da presidência nesse ano. Na primeira ocasião, o processo feito pelo parlamentares teria deixado uma “brecha” para que justiça o reconduzisse ao cargo. O motivo do afastamento inicial teve a mesma motivação. Desvio de recursos do FUNDEB e do Programa Brasil Alfabetizado, que foram transferidos segundo extratos bancários, para contas do Fundo de Participação dos Municípios - FPM cuja finalidade segundo o vereador Nequinha rautor da denúncia, era apenas desviar o dinheiro para contas de pessoas particulares, sem que as mesmas tenham prestado serviços à municipalidade.

Fora do cargo de presidente, Edelmir Aguiar está em busca de uma nova liminar que o mantenha no posto, porém, uma Comissão Processante está sendo instaurada para investigar as denúncias apresentadas e outras que poderão surgir, e por fim pedir a cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro conforme Regimento Interno da câmara.
Post Meu: Pois é, É realmente um paraiso para quem queira lapidar o patrimonio publico. É prefeito eleito, interino, presidente de Camara, todos se aproveitam e metem as mãos e os pés.

Nenhum comentário:

Postar um comentário