terça-feira, 6 de março de 2012

Chiquinho Escórcio intercede para solucionar caos na agência do INSS de Imperatriz

O deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA) visitou, nesta terça-feira (06), às 8h, a agência central do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), em Imperatriz. Quando lá chegou, se deparou com um quadro caótico e inaceitável. O atendimento, que já é muito lento, sequer havia iniciado.

A gerente executiva, Denízia Ramos, chegou à agência somente às 8h50, e quando ia ser entrevistada pela imprensa, que compareceu para verificar a situação de total abandono do local, a segurança terceirizada da agência impediu, de forma grosseira, o trabalho dos repórteres. O fato provocou a reação imediata do deputado Chiquinho Escórcio, que repudiou o desrespeito a liberdade de imprensa e determinou a entrada alegando que o local tratava-se de um órgão público.

A gerente, em conversa com o deputado, explicou que a agência de Imperatriz atende, além do estado do Maranhão, também os estados de Tocantins e Pará. Denízia informou ainda que três agências estão prontas para serem inauguradas na região, porém há déficit de pessoal e falta logística para seu funcionamento. Segundo a gerente, há várias agências para serem inauguradas há mais de um ano, mas nenhuma providência é tomada.
Após a reunião com Denízia, Chiquinho Escórcio ligou para o ministro da Previdência Social e agendou uma audiência para pedir mais servidores e convidou a gerente para uma visita a Brasília, a fim de solucionar os problemas na agência.
O deputado, indignado com a situação, disse que, assim como agiu no Ministério do Trabalho, vai interceder junto a alta cúpula do INSS para que essa situação de total falência seja imediatamente remediada. “Situações como esta são inconcebíveis e inaceitáveis”, afirmou Chiquinho.
Durante a visita, também estiveram presentes na agência o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda, e os vereadores Francisco das Chagas, Alves de Brito (Chagão) e Luis Gonçalves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário