sexta-feira, 2 de março de 2012

Número de acidentes aéreos no Brasil cresce 41%, em 2011, revela Cenipa

No ano passado, foram registradas 156 ocorrências, 130 com aviões e 26 com helicópteros.

Em 2011, o número de acidentes aéreos no Brasil cresceu quarenta e um por cento, em relação a 2010 - o maior índice registrado nos últimos dez anos. A informação faz parte de um relatório do Cenipa, Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, órgão da Força Aérea Brasileira. Segundo o Cenipa, no ano passado, foram registrados cento e cinquenta e seis acidentes aéreos – cento e trinta dele com aviões e vinte e seis, envolvendo helicópteros. Em 2010, foram 110 ocorrências, noventa com aviões e vinte com helicópteros. Ainda de acordo com os dados, em 2002, o número total de acidentes foi de 63, subindo para 70, em 2003, e superando a marca dos 100, em 2007. Se essa projeção continuar, a previsão do Cenipa é que em 2012 seja batido mais um recorde no número de acidentes aéreos. Só nos dois primeiros meses deste ano, foram registradas mais de quarenta ocorrências com aeronaves no Brasil. No entanto, apesar do aumento de quarenta e um por cento no número de acidentes aéreos no Brasil, em 2011, a Associação Internacional de Transporte Aéreo divulgou, em dezembro do ano passado, que os indicadores globais de segurança em viagens de avião, melhoraram quase cinquenta por cento, no ano passado, na comparação os onze primeiros meses de 2010.

Reportagem, Juliana Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário