terça-feira, 13 de março de 2012

Produção industrial brasileira registra queda significativa em janeiro

9 das 14 regiões analisadas pelo IBGE sofreram recuo

A produção industrial no Brasil registrou uma queda de dois vírgula um por cento, em janeiro deste ano, segundo o IBGE. O recuo atingiu nove das quatorze regiões analisadas pelo instituto. O Pará foi o estado com maior declínio: treze vírgula quatro por cento. O Paraná, que havia registrado três meses de alta consecutiva, ficou em segundo lugar, com menos onze e meio por cento. A produção industrial no Rio de Janeiro e no Ceará também sofreu queda de cinco vírgula nove por cento e três vírgula um por cento, respectivamente. Outras cinco regiões tiveram um recuo mais discreto, se comparado aos demais. O Espírito Santo, por exemplo, foi o que teve a menor queda na atividade da indústria: zero vírgula quatro por cento, seguido de Pernambuco, com menos um por cento. Minas Gerais apresentou um declínio de um vírgula três por cento. Já Santa Catarina e São Paulo, menos um vírgula seis e menos um vírgula sete por cento, respectivamente. Apesar de sofrer com redução por dois meses consecutivos – novembro e dezembro do ano passado -, a Bahia foi o estado que apresentou maior crescimento na produção industrial: doze vírgula seis por cento.

Reportagem, Natália Borges.

Nenhum comentário:

Postar um comentário