domingo, 15 de abril de 2012

Prefeitura não atende reivindicação da população do Bananal

Os recursos estão disponíveis; a obra já foi licitada, mas a construtora nunca iniciou os serviços

Gil Carvalho

Governador Edison Lobão – Os recursos para bloqueteamento da Avenida Brasil, no povoado Bananal, foram liberados ainda no dia 11 de janeiro do ano passado, de acordo com ofício encaminhado pela Caixa Econômica Federal (CEF) ao presidente da Câmara de Vereadores, Joel Vieira de Brito (PPL) que lamentou a inércia do prefeito Lourencio Moraes.

“A licitação para executar a obra somente foi realizada após um ano que o dinheiro estava na conta da Prefeitura de Governador Edison Lobão”, sustenta ele, que denuncia o descaso com o Avenida Brasil. “A população protestou ano passado interditando-a devido a poeira, mas o município dispõe do recurso, fez licitação e deu ordem de serviço para a construtora que nunca iniciou o bloqueteamento da avenida”, disse.

O vereador-presidente Joel Vieira observa que “a construtora não demonstra interesse em fazer o bloqueteamento da Avenida Brasil, pois até o momento nunca montou o canteiro de obras para fabricação dos bloquetes”. “O verão está chegando, embora tenha sido moderado esse período invernoso, e mais uma vez os moradores estarão sujeitos à poeira devido o grande movimento de veículos que utiliza essa via para se deslocar para chácaras, fazendas e balneários no Setor Agrícola”, alerta.

O vice-presidente da Câmara de Vereadores, Valdimar dos Santos também lamentou a falta de interesse do Poder Executivo em resolver os problemas emergenciais da comunidade lobanense, como é o caso da Avenida Brasil, no povoado Bananal. “Já fiz mais de duzentos requerimentos, mas o município nunca executou um, fato que desestimula o vereador a fazer novas proposições. Contudo, vamos cumprir com o nosso papel até o final desse mandato”, afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário