quinta-feira, 31 de maio de 2012

SSP divulga retrato falado do suposto executor de Décio Sá


Retrato falado do suposto assassino



A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil do Maranhão, divulgou nesta quinta-feira (31), o retrato falado do suposto executor do jornalista e blogueiro Décio Sá.
A SSP informa que o documento foi confeccionado pela Polícia Federal (PF) juntamente com os peritos do Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim). O retrato já foi encaminhado para todos os centros de inteligência das secretarias de Segurança e das polícias de todo o Brasil.
As investigações sobre o caso devem continuar em sigilo. A Comissão de Delegados já havia solicitado na semana passada a prorrogação do prazo para conclusão de inquérito por mais trinta dias.
Décio Sá foi morto com cinco tiros na noite do dia 23 de abril (segunda-feira), por volta das 23h, em um bar na Avenida Litorânea.

Informações
Informações que levem a prisão dos envolvidos na morte de Décio Sá podem ser repassadas para o Disque Denúncia pelos telefones 3223-5800 (São Luís) e 03003135800 (no interior), que está oferecendo a recompensa de R$ 100 mil pela denúncia que leve a elucidação do crime.

DIA DA IMPRENSA


         A história do nosso país impressiona com bravas lutas e conquistas. E, a imprensa brasileira criada em 1808, tem sido destaque, principalmente, ao relatar e participar dos acontecimentos e transformações sociais. O dia da imprensa que antes era comemorado dia 10 de setembro, a partir de 1999, passou a ser comemorado, no dia 1º de junho, por força da lei nº 9.831, de 13 de setembro de 1999.
A imprensa faz parte do dia-a-dia da população. É grande alicerce em prol do progresso e desenvolvimento do país. Em meio ao anseio do povo, em todas as regiões, estados e municípios, a imprensa busca irmanar forças nas constantes lutas de causas sociais, diversidades de idéias e dos direitos humanos e promovendo avanços no meio político brasileiro. O maranhão e o município de Imperatriz, também estão incluídos neste contexto, tendo a imprensa como participante da vida ativa de seu povo e de seu tempo.

Os profissionais que têm a missão de bem informar, alcançam o prestígio social e institucional, além de cuidar da valorização do povo, de sua cultura e seus valores. Em meio a tudo isso, nossos profissionais ainda convivem com atitudes outras, vindas por parte da classe patronal, detentora das concessões públicas, entregues maioria das vezes a políticos, muitos entre eles, insistem em tirar  liberdade de expressão dos trabalhadores que só querem mostrar a notícia com transparência.
Sabemos que as dificuldades são muitas. Às vezes arriscamos a própria vida, como prova, temos um número alarmante de jornalistas assassinados no mundo inteiro e o Brasil está incluído neste contexto - o maranhão sabe muito bem disso com o recente assassinato do companheiro Décio Sá. Apesar dos pesares, acreditamos na redemocratização da imprensa no país e a internet pode ser o caminho mais curto para essa conquista.
Com o avanço tecnológico e por meio das redes sociais a notícia ganha maior agilidade, rompe distâncias e amplia laços entre as civilizações. Neste dia tão especial, parabenizamos todos nossos profissionais, homens e mulheres, destemidos e guerreiros, que não se curvam diante das barreiras. Parabenizamos ainda, os investidores, todos aqueles responsáveis pela manutenção da imprensa e a sociedade, alvo principal no alcance e das mudanças. A todos, Parabéns!
Ozias Sousa Lima (Pânfilo) – Presidente da Associação de Imprensa da Região Tocantina  - AIRT

Estilo de vida dos idosos entre 60 e 70 anos



Nesta sondagem a QuorumBrasil conversou com 240 homens e mulheres entre 60 e 75 anos, para saber sobre seu estilo de vida. A seguir estão algumas informações e a pesquisa completa você encontra em nosso site.
Esperamos ser prestigiados com sua leitura. Porém, caso não queira receber as próximas edições, basta clicar aqui.
Abraços,
Claudio Silveira
:: Chegar aos 60 não é chegar à 3ª Idade:
:: São pessoas ainda ativas e influenciadoras:
:: Organizam suas rendas:
:: E ainda tem muitos planos:
.............................................................................................................................................................................
:: Resumindo...
 
 
 
 
 

 
 
Este segmento representa cerca de 14% da população brasileira e é responsável por cerca de R$2,4 bilhões de renda própria.

São pessoas que indicam que o critério IBGE de considerar uma pessoa de 60 anos como alguém da terceira idade tem que ser revisto.

São consumidores ativos, sendo que grande parte sente falta de produtos adequados ao seu estilo e 64% dizem que compram pela qualidade e não pelo preço.

Enfim, um segmento que sente-se pouco valorizado (76% dizem que há preconceito em relação a si), mas com elevado potencial de compra e de influência sobre seus familiares.





QuorumBrasil® - 55 11 4083-2530 www.quorumbrasil.com
Assessoria de Imprensa:4Press

Começam as festividades em honra a Cristo Salvador



No sábado, 02, será realizado um passeio ciclístico para divulgar o festejo

Nesta sexta-feira, 01 de junho, inicia o 16° festejo em honra a Cristo Salvador – uma das maiores festas religiosas de Imperatriz. A festividade segue até o dia 10 de junho com a celebração de missas todas as noites, vendas de comidas típicas, apresentação de bandas católicas e sorteio de prêmios. 
Ainda, a programação do festejo deste ano conta com um passeio ciclístico, no sábado, 02 de junho. A concentração será às 16 horas no pátio da Paróquia Cristo Salvador. O passeio percorrerá várias ruas de Imperatriz no intuito de divulgar a festividade, incentivar a prática de atividades físicas e criar um momento de evangelização.
Com o tema “Em Cristo Salvador buscamos bem-estar físico, social e espiritual”, o festejo pretende despertar em cada paroquiano um maior compromisso com Deus e com a comunidade. Além disso, o evento objetiva construir a casa paroquial, pois toda paróquia necessita de uma residência onde o pároco possa morar.
Para o coordenador do conselho da Paróquia Cristo Salvador, Giovani Tavares, o festejo é um momento de reavivamento da fé e confraternização de amigos e familiares.
Festival de Prêmios
No dia 10 de junho ocorre o festival de prêmios. Nesta noite serão sorteados uma Moto Fan 150 ESI, um tablet sansung, uma cama box, um computador, uma Tv LG 21 pol., uma geladeira, um fogão 6 bocas, uma máquina de lavar, uma Atena Sky livre e um forno microondas.
Para concorrer aos prêmios, os interessados podem adquirir a rifa na Paróquia Cristo Salvador, localizada na Rua 03, esquina com Avenida Perimetral, Parque do Buriti.
Programação
01/06 (sexta-feira)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador estendemos a mão, como fez o paralítico e a mão restituída
Liturgia: Grupo de Casais I
Coral: Renovação
Atração: Alcides e Ministério de Música Poço de Jacó

02/06 (sábado)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador repreendemos todo mal e enfermidades do nosso ser
Liturgia: Grupo de Casais II
Coral: Canarinhos de Jesus
Atração: Banda Conselho

03/06 (domingo)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador anunciamos a boa nova do Reino curando toda humanidade
Liturgia: Grupo de Casais IV
Coral: Cristo Salvador
Atração: Nilson Coelho

04/06 (segunda-feira)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador o discípulo missionário abre o coração para todas as formas de vida
Liturgia: Grupo de Casais V
Coral: Renovação
Atração: Ostérnio

05/06 (terça-feira)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador viveremos o perdão para nos purificarmos do pecado
Liturgia: Grupo de Jovens
Coral: Canarinhos de Jesus
Atração: Marcos Aurélio

06/06 (quarta-feira)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador buscamos a harmonização para nosso próprio ser
Liturgia: Grupo de Casais São Miguel
Coral: Cristo Salvador
Atração: Min. de Música Cristo Salvador

07/06 (quinta-feira)
Corpus Christi
7h às 15h – Adoração ao Santíssimo
15h – Saída em procissão para o estádio Frei Epifânio

08/06 (sexta-feira)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador tenhamos vida, e vida em abundância
Liturgia: Grupo de Casais São Gabriel
Coral: Renovação
Atração: Via Christ

09/06 (sábado)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador lutemos pelo amor, a fonte mais rica de todo cristão
Liturgia: Grupo de Casais Cristo Liberta
Coral: Canarinhos de Jesus
Atração: Banda Ófeg

10/06 (domingo)
19h – Missa
Tema: Em Cristo Salvador rezamos pela unidade das famílias
Liturgia: Grupo de Oração
Coral: Cristo Salvador
Atração: Gilmar

________________________________
Contatos:

Pastoral da Comunicação da Paróquia Cristo Salvador
Equipe: Larissa Santos, Marcela Barros, Mariana Claúdia, Nayane Brito, Raquel Silva, Ray Santos, Thays Assunção
(99) 9167-0821/ 9141-6824/ 9176-3795
cspascom@gmail.com

Deputado Léo Cunha acompanha entrega de obras no município de Sítio Novo


O deputado Léo Cunha acompanhou o prefeito Dr. Jansen (PRP), na entrega de várias obras, no último final de semana, em Sítio Novo. O município foi contemplado com 20km de estradas interligando o Povoado Patis, Santa Maria até João do Marco; recebeu ainda  uma ponte, o empiçarramento das ruas, iluminação pública e, também a uma unidade de abastecimento d’água de Patís.
O sistema de abastecimento d’água, implantado no Assentamento, conta com a construção de castelinho, casa de força, caixa d’água e rede de distribuição para todas as residências da agrovila. No total são mais de 130 famílias beneficiadas com o projeto.
A falar durante a solenidade de entrega das obras, o deputado enalteceu o empenho do prefeito e destacou também sua satisfação em colaborar com o trabalho realizado por Dr.Jansen. “Estou muito contente em poder colaborar através de emendas parlamentares de minha autoria, para que o prefeito invista no desenvolvimento do município,” disse.
Léo Cunha destinou 600 mil em emendas para Sítio Novo. O valor será utilizado na construção de uma quadra, estradas vicinais, na área da saúde e da infraestrutura.
O prefeito agradeceu o apoio dado pelo deputado Léo Cunha e destacou também a parceria de trabalho entre as diretorias de associações de moradores do assentamento e a prefeitura.
Além do deputado, o vice prefeito Otávio Paixão, o presidente da câmara de vereadores, Félix Leda e os vereadores: Teodoro, Lázaro Pinheiro, Ivonildo, Sebastião Santana, Gracineide Lima e João Alberto; os secretários e assessores municipais, também prestigiaram a entrega das obras.

Fim da Polemica; Presidente e pronto.


             Mais lenha na fogueira !
           Apesar do Houaiss registrar o verbete, acho a insistência da adolescenta deveras deseleganta.
          Mas eu quero ser integrante considerado inteligente de um contingente de gente
coerente que sempre coerente nào maltrate a nossa língua !Usando PRESIDENTE.

Uma belíssima aula de português!!!... Que saudade do meu pai,prof. Raymundo,  e da D.Rosa Nassar!!! Barão de Catanduva.
Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.
A presidenta foi estudanta?
Existe a palavra: PRESIDENTA?
Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?
Miriam Rita Moro Mine - Universidade Federal do Paraná.
No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.
Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha. Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta". Um bom exemplo do erro grosseiro seria: "A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta". Por favor, pelo amor à língua portuguesa, repasse essa informação..

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Deputado Francisco Escórcio é relator do projeto de lei que regulamenta a vaquejada como atividade esportiva


Como titular da Comissão de Turismo e Desporto, o deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA) foi escolhido para ser o relator de um dos projetos mais polêmicos que estão tramitando na Câmara dos Deputados: a regulamentação da Vaquejada e do rodeio (projeto de lei 3024/11)

A vaquejada é uma atividade que acontece basicamente no Nordeste brasileiro, enquanto que o rodeio se concentra mais na região Sudeste do Brasil.

  
Saiba Mais


Vaquejada é uma atividade recreativa e competitiva, com características de esporte, da região Nordeste, no qual dois vaqueiros a cavalo têm de perseguir o animal (boi) até emparelhá-lo entre os cavalos e conduzi-lo ao objetivo, onde o animal deve ser derrubado.


Rodeio é uma prática recreativa que consiste em permanecer por até oito segundos sobre um animal, usualmente um cavalo ou boi. A avaliação é feita por dois árbitros.

Governadora anuncia em Riachão que atenderá indicações feitas por Léo Cunha


A governadora Roseana Sarney (PMDB), anunciou que viabilizará o atendimento de duas solicitações feitas a ela, pelo deputado Léo Cunha (PSC), no mês passado, indicando obras de melhorias em vias que dão acesso ao município de Riachão.
Em uma das proposições o parlamentar solicitou que seja feita obra de recuperação, tipo terraplanagem, na Ma-339, no trecho de 60 km que serve de ligação entre Riachão e o município de Feira Nova do Maranhão.
O segundo trecho que será recuperado localiza-se na Ma-132, e corresponde a uma distancia de 80 km, entre Riachão e Fortaleza dos Nogueiras.
O anuncio das obras foi feito pela governadora durante sua passagem por Riachão, na última quinta-feira (24).
Para o deputado o setor do turismo será o maior beneficiado pelas obras, já que o município, que está inserido dentro do Parque Nacional da Chapada das Mesas, tendo, portanto, nesse setor uma de suas maiores fontes de renda.
 É em Riachão que se encontra um doa maiores atrativos turísticos do Maranhão, o “Poço Azul, uma piscina natural de águas cristalinas localizada no Rio Cocal.
“Com essas obras estaremos incentivando para que um número maior de pessoas possa conhecer as belezas naturais que a cidade tem a oferecer, proporcionando, assim, emprego e renda á população,” enfatizou Léo Cunha.
Governo itinerante
O deputado Léo Cunha acompanhou a governadora pela Região Tocantina, onde, desde o inicio da semana, ela cumpriu agenda de atividades em mais uma das etapas do governo itinerante pelo interior do Maranhão.
Nessa etapa, as atividades começaram no município de Carolina, onde a governadora inaugurou o Centro e Ensino Tecnológico (Cetecma) e fez visitas a lideranças municipais.
O roteiro da viagem incluiu ainda os municípios de São Félix de Balsas, Balsas, Loreto, São Raimundo das Mangabeiras, Fortaleza dos Nogueiras, Nova Colinas, e se encerrou na cidade de Riachão, de onde a governadora seguiu para Brasília.  
Em todos os municípios visitados, a governadora realizou entregas, visitas, e lançamentos obras, além de participar de reuniões com as lideranças políticas locais.
Fizeram parte da comitiva do governo itinerante, os secretários estaduais João Alberto (Programas Especiais), Hildo Rocha (Assuntos Políticos), Ricardo Murad (Saúde), Max Barros (Infraestrutura), Olga Simão (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior/ Cultura) e Sérgio Macedo (Comunicação Social). Além de deputados estaduais, vereadores, prefeitos e ex-prefeitos da região.

Unificação de alíquota do ICMS pode refletir na inflação



Adonilson Franco, advogado tributarista, explica as principais alterações com a unificação em 4% das alíquotas interestaduais de ICMS sobre produtos importados
    
    Foi aprovado pelo Plenário o substitutivo da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) ao Projeto de Resolução do Senado 72, de 2010. O substitutivo unifica em 4% as alíquotas interestaduais do ICMS incidentes sobre produtos importados, a partir de 1º de janeiro de 2013. O advogado tributarista Adonilson Franco, titular do Franco Advogados Associados*, comentou que “o Projeto de Resolução nº 72 do Senado, já promulgado pelo Senado na forma da Resolução SF nº 13 em 26/04/12, estabelece alíquota de 4% para o ICMS incidente nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas do exterior, revela-se, em princípio, medida positiva”. “Mas, somente o tempo confirmará isso ou não”, pondera justificando que os Estados que vinham concedendo benefícios para as empresas desembaraçarem suas importações em seus portos já não mais poderão oferecer tais estímulos.
    
De acordo com Franco, se a alíquota do ICMS cobrada por um Estado, como São Paulo, no desembaraço aduaneiro ocorrido no Porto de Santos, é 18%, esse é custo tributário na importação de uma empresa neste Estado estabelecida. Se a mesma empresa paulista decidisse desembaraçar sua importação por qualquer outro Estado que concedesse benefício fiscal, a mercadoria lá pagaria ICMS de 12%. “Entretanto, um benefício, por exemplo, de 75% do imposto de 12% (igual a 9) retornava para o importador na forma de crédito presumido. Logo, ele assumia como custo apenas a diferença de 12 para 9, isto é, 3. Entretanto, na operação de remessa das mercadorias desembaraçadas para São Paulo, o ICMS creditado pelo importador em São Paulo era de 12. E, na saída da mercadoria para o consumidor final, a alíquota era de 18%. Logo, ao invés de ter um custo tributário relativo ao ICMS de 6% (diferença entre 18% e 12%, em SP) + 12% (noutro Estado), que é igual a 18%, esse custo era então de 6% + 3% = 9%. Veja-se que estamos aqui nos referindo a alíquotas nominais e apenas do ICMS”, elucida.
  
Os Estados que vinham concedendo tais benefícios se contentavam em atrair os importadores para, com isso receber 3%, pois tal percentual representava algo muito melhor do que nada que até então recebiam antes de concederem tais benefícios. “Como a partir de 1º de janeiro de 2013 a alíquota do ICMS incidente nas operações interestaduais de bens e mercadorias importadas deverá ser sempre igual a 4%, qualquer benefício fiscal não mais produzirá efeito algum já que se um importador paulista, no exemplo dado, prosseguir desembaraçando suas importações através de qualquer outro Estado, suponhamos, Santa Catarina, Espírito Santo, Goiás, etc., quando a mercadoria for transferida de lá para São Paulo, não mais será tributada a 12%, mas sim a 4%. Entretanto, 4% traduzirá a alíquota “real”, sem qualquer mecanismo capaz de reduzi-la. O crédito do importador em São Paulo será de 4% e, na saída para consumidor final, o débito será de 18%. Logo, recolherá a diferença de 14%”, explica Franco alertando que o único risco é algum Estado prosseguir insistindo em conceder crédito presumido ou equivalente, caso em que a alíquota de 4% se revelará insuficiente para estancar essa anomalia. “Veja-se que 75% de 4% é igual a 3%. Assim, suponha que um Estado queira persistir na concessão de benefícios, nesse caso continuará recebendo 1, que prossegue sendo melhor que zero! Para afastar esse risco será necessária a implementação da Súmula Vinculante a que se referiu recentemente o Ministro Gilmar Mendes do STF, visando tornar inconstitucional toda legislação estadual que conceda benefícios do ICMS, de qualquer natureza, fora do âmbito da aprovação unânime do Confaz. Mas se essa Súmula Vinculante já estivesse vigendo, a Resolução SF 13 do Senado Federal evidentemente teria se tornado desnecessária”.
  
   O tributarista explica que a redação originária do Projeto de Resolução 72 previa alíquota zero para o ICMS nas operações interestaduais com mercadorias importadas. Essa alternativa teria igualmente inibido os riscos aqui comentados de burla à Resolução SF 13 e, portanto, seria preferível a 4% finalmente adotada. Mas, aí, os Estados onde desembaraçadas as mercadorias não teriam crédito algum de ICMS antecipado em seus cofres, com o que naturalmente não concordaram.
Segundo Adonilson Franco, além de a Resolução SF 13 tender a coibir a denominada “guerra dos portos”, também tenderá a encarecer o produto importado, razão pela qual a Resolução tratou de excluir das suas regras os produtos sem similar nacional. Esses prosseguirão tributados nas operações interestaduais à alíquota de 12%. Obviamente que as coisas não podem ser analisadas sob uma única perspectiva; tudo tem seu verso, anverso, inverso, reverso e contrário. “Assim, conforme o impacto que essa medida produza no custo do produto importado, o produto nacional equivalente poderá encarecer, se houver espaço para isso. E esse espaço conta, claro, com outras variantes: os juros e o câmbio. E seu reflexo poderá produzir efeitos na inflação. Afinal, os produtos importados vêm, há anos, segurando a inflação já que a produção interna é insuficiente para atender à demanda nacional”, pontua Franco.
    
     “Pode-se perguntar por que o Senado não alterou diretamente a alíquota do ICMS incidente no desembaraço aduaneiro cobrado pelos Estados, ao invés de fazê-lo no ICMS incidente nas operações interestaduais. Resposta: porque o Senado não tem competência constitucional para alterar alíquotas internas, apenas as interestaduais. A alíquota do ICMS nas operações interestaduais com produtos importados não era nem melhor nem pior do que a agora prevista pela Resolução SF 13, se os Estados não criassem mecanismos espúrios para atrair arrecadação. Enquanto cada unidade federativa e mesmo municípios não fizerem seu dever de investir em escolaridade, boa infraestrutura, saúde, etc, precisarão prosseguir recorrendo a alternativas que não se sustentam por muito tempo. Tomem-se exemplos virtuosos de polos universitários constituídos no Rio Grande do Sul, no Nordeste, em São Paulo. Eles são naturais atrativos para investimentos não apenas de empresas nacionais, como internacionais e, por isso mesmo, deveriam ser imitados. Obviamente, exigem criatividade, trabalho, empenho e dedicação, o que não constitui virtude da maioria da classe política”, conclui Adonilson Franco.


* Adonilson Franco, advogado especializado em Direito Tributário. Sócio-titular do escritório Franco Advogados Associados. Professor no Curso de Pós-Graduação em Direito Tributário. Atua nas áreas de Planejamento Tributário, Direito Tributário, Societário, Civil, Comercial e Contratos Internacionais.

SEBASTIÃO SQUIRRA NA ABERTURA DA XII SEMANA DE COMUNICAÇÃO




O professor Sebastião Squirra, da Universidade Metodista de São Paulo, será o conferencista de abertura da XII Semana de Comunicação, abordando o tema “Múltiplas telas: narrativas midiáticas contemporâneas”, dia 29/05 (terça-feira), às 17h, no auditório da biblioteca do CCSo (Centro de Ciências Sociais).

A XII Semana de Comunicação será realizada de 28 de maio a 1º de junho, no campus do Bacanga, oferecendo aos participantes uma série de atividades: conferências, lançamento de livros, mesas redondas, apresentação de trabalhos científicos, oficinas, mostra de filmes e outros eventos paralelos.

Segundo a professora Larissa Leda, integrante da comissão organizadora do evento, a Semana da Comunicação é um evento anual realizado na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), sob a responsabilidade do Departamento de Comunicação Social, mas que abrange toda a comunidade acadêmica da área das Ciências Sociais Aplicadas, devido à abrangência do tema dos eventos.

As atividades iniciam dia 28 (segunda), às 14h, com a 5ª Conferência Brasileira de Comunicação e Tecnologias Digitais, no auditório da Biblioteca do CCSo (Centro de Ciências Sociais). À noite, a partir das 18h, haverá lançamento de livros dos professores do Curso de Comunicação.

O evento visa promover um espaço de trocas de informações entre professores e alunos acerca dos debates teóricos no campo da Comunicação e das novas possibilidades narrativas que emergem a partir das experiências contemporâneas que aparecem em múltiplas telas.

Dentro da XII Semana de Comunicação acontece a II Jornada de Pesquisa e Extensão, um espaço para alunos, professores e profissionais apresentarem o resultado de produtos de comunicação desenvolvidos no mercado e na academia, bem como o resultado de pesquisas de Comunicação desenvolvidas.

Segundo a organização do evento, serão apresentados 49 produções científicas II Jornada de Pesquisa e Extensão, distribuídos em 6 Grupos de Trabalho (GTs) diferentes. 

“A II Jornada de Pesquisa e Extensão tem o objeto de debater, junto à comunidade universitária, os resultados já alcançados e o andamento de projetos de pesquisa e extensão desenvolvidos tanto pela UFMA quanto por outras Instituições de Ensino Superior participantes do evento”, explica Larissa Leda.

Outro evento paralelo da semana é a III Semana do Audiovisual, que terá a exibição de documentários, mesas redondas e mostra de filmes produzidos por estudantes e professores. Um dos destaques da III Semana do Audiovisual é a exibição do documentário “O fim e o princípio”, de Eduardo Coutinho, seguido de comentários do documentarista Betto Matuck, dia 30 de maio (quarta-feira), às 18h30, no auditório da Biblioteca do CCSo.

OFICINAS
A XII Semana de Comunicação vai oferecer três oficinas, durante os dias 30 e 31 de maio e 1º de junho, das 9h30 às 11h30. As oficinas oferecidas são de Telejornalismo (Márcio Carneiro), Linguagem fotográfica (Áurea Ewerton), Roteiro técnico, filmagem e edição (Eugenio Itskovich e Carlos Benalves) e Produção hipermidiática (Patrícia Azambuja).

Mais informações no site www.semanacomunica.com.br

VEJA A PROGRAMAÇÃO XII SEMANA DE COMUNICAÇÃO

28/05 (segunda-feira)
29/05 (terça-feira)
30/05 (quarta-feira)
31/05 (quinta-feira)
01/06 (sexta-feira)
9h30 – 11h30
Pré-evento
5ª Conferência Brasileira de Comunicação e Tecnologias Digitais
(Reunião interna)


9h30 – 11h30
Oficinas
Telejornalismo – Márcio Carneiro
Linguagem fotográfica – Áurea Ewerton
Roteiro técnico, filmagem e edição – Eugenio Itskovich e Carlos Benalves
Produção hipermidiática – Patrícia Azambuja

9h30 – 11h30
Oficinas
Telejornalismo – Márcio Carneiro
Linguagem fotográfica – Áurea Ewerton
Roteiro técnico, filmagem e edição – Eugenio Itskovich e Carlos Benalves
9h30 – 11h30
Oficinas
Roteiro técnico, filmagem e edição – Eugenio Itskovich e Carlos Benalves
Produção hipermidiática – Patrícia Azambuja

14h – 17h
Credenciamento

14h – 18h30
5ª Conferência Brasileira de Comunicação e Tecnologias Digitais
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo

14h – 17h
Credenciamento


14h-16h
II Jornada de Pesquisa e Extensão
14h – 16h
II Jornada de Pesquisa e Extensão
14h – 16h
II Jornada de Pesquisa e Extensão
16h30
Palestra
Narrativa transmídia e videogames – Vicente Gosciola (Anhembi Morumbi/SP)
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo
16h30
Palestra
Narrativa transmídia e novela – Maria Immacolata Vassallo de Lopes (USP)
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo
16h30
Mesa Redonda Encerramento
Mobilização e tecnologias digitais – Cicilia Krohling Peruzzo (Metodista/SP) e Márcio Carneiro dos Santos (UFMA)
 Local: Auditório da Biblioteca do CCSo
18h30
Lançamento de livros
17h
Conferência de abertura Múltiplas telas: narrativas midiáticas contemporâneas – Sebastião Squirra (Metodista/SP)
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo
18h30
Exibição do documentário “O fim e o princípio” de Eduardo Coutinho.
Comentário de Betto Matuck (documentarista)
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo

18h30
Mesa redonda
Documentário no Brasil hoje
Pedro Tércio Olivotto (produtor cultural/documentarista), Murilo Santos (documentarista) e João Paulo Furtado (documentarista)
Local: Auditório da Biblioteca do CCSo

18h30
II Mostra Universitária de Audiovisual
 Local: Auditório da Biblioteca do CCSo


18h30
Lançamento de livros
Programação Cultural




CDL de Imperatriz participa do X Encontro de SPC’s do Maranhão


Debates sobre a economia estadual esteve na pauta


O evento aconteceu em São Luís e recebeu 18 CDL’s do estado

A Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL de Imperatriz foi uma das 18 delegações participantes durante o 10o Encontro do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), promovido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL/MA). O evento  aconteceu neste sábado (26) em São Luís e teve como objetivo atualizar executivos que atuam nas 25 Câmaras de Dirigentes Lojistas existentes em todo o estado.
Para o presidente da CDL em Imperatriz, Francisco Almeida esse é um momento importante onde toda a equipe busca qualificação e conhecimento para proporcionar aos associados um melhor desempenho e otimizar o trabalho que já é desenvolvido na cidade, enfatizou Francisco.

Aécia de Paulo, gerente administrativa da CDL em Imperatriz, afirma que encontros como estes são importantes para fortalecer a parceria e a troca de experiências entre as CDL’s do estado.

Segundo o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas Alberto Nogueira uma série de ações comerciais foi desenvolvida pelo SPC Brasil para que todas as CDL’s do estado possam aplicar novos serviços. “O associado ganha com isso, por que nós conseguimos oferecer novos produtos, conseguimos assim estreitar cada vez mais essa rede de  relacionamento e consequentemente dispor de produtos com qualidade para o lojista” afirmou Alberto.

O evento também contou com a participação, do gerente regional de negócios  do SPC, da região Nordeste II, Flávio Nogueira, que abordou sobre o tema ‘Comercializando Planos – Parceria SPC  da região Nordese II Brasil/Serasa’. “Esse é um primeiro passo para padronizar a nossa marca, os preços, para termos uma presença mais forte no mercado”, ressaltou Flávio. Dezoito CDL’s do estado do Maranhão participaram do evento.
Fonte: Assessoria CDL Imperatriz
Foto: CDL Imperatriz

Feira de franquias apresenta marcas para investidores de Imperatriz



O Imperial Shopping Center realizou a feira com o intuito de aproximar o mercado local das grandes marcas
Abrir o próprio negócio, conseguir independência financeira é sonho de muitos brasileiros. Porém, essa vontade esbarra na dificuldade de manter-se no mercado. Dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) dão conta que  65% das empresas abertas no Brasil, fecham suas portas com menos de dois anos de vida.
Contrastando com esse cenário, o mercado das franquias tem se demonstrado uma alternativa para quem quer tornar-se um empreendedor. A fórmula das franquias garante o sucesso dos empreendimentos, pois apenas 20% dos franqueados vão a falência nos primeiros cinco anos de existência.
O representante da Cia deFranching, Marcos Nascimento, explica que quando uma franquia é adquirida pelo investidor ele compra um negócio que já deu certo. “O sistema de franquia tem contribuído muito para a economia brasileira, porque você não começa do zero, você recebe todo o know-how, recebe todo tipo de treinamento, fornecedores homologados e toda uma estrutura que é repassada para o franqueado garantindo o retorno do investimento”.
Mercado local - Em Imperatriz, o mercado de franquia está numa profunda expansão por conta do crescimento de empreendimentos na cidade. Um exemplo disso foi a feira de franquias realizada pelo Imperial Shopping Center nos dias 24 e 25 deste mês. O evento teve como objetivo aproximar essas marcas dos investidores locais.
Segundo Adrianno Pinheiro, superintendente do Imperial Shopping, com a previsão de inauguração para o dia 27 de setembro de 2012, o empreendimento já está com 91% e a feira deve fechar mix de lojas do centro de compras. O mesmo ressalta ainda que o evento superou as expectativas da organização. Não era esperado o número de inscritos, o que ratifica o potencial da cidade para o investimento da construção de um shopping com o porte do Imperial.
“A feira surpreendeu. Tivemos mais de 600 inscrições e no primeiro dia,foram 397 visitantes na feira, resultando num preenchimento de 438 fichas de cadastro em todos os quiosques. Então para gente foi um sucesso superando todas as expectativas e nossa ideia é nessas duas próximas semanas finalizar 100% da comercialização do empreendimento”, avalia Adrianno.
Kilvia Santos viu na feira de franquias as oportunidades que faltava para investir no seu próprio negócio. Segundo a investidora, essa mudança no mercado local mostra o desenvolvimento da cidade e as exigências, que estão cada vez maiores, para atender o público local. “O público imperatrizense tem se mostrado exigente, tem buscado por inovação. É um bom investimento. A feira superou minhas expectativas e mostrou um vasto campo de investimento”, concluiu.
Assessoria de Imprensa

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Mais de 44 mandados de prisão expedidos

O jornal Folha de Boa Vista no Acre trouxe em sua edição de quinta-feira, uma extensa matéria sobre a operação Salmos 96:12, realizada pela Policia Federal daquele estado. Tem ainda vários mandatos de prisão, entre eles, contra o ex-prefeito Valber Quininha. Veja a matéria completa do jornal.

 

   

Foto:  Antônio Diniz

Policiais federais cumprem mandado de busca e apreensão na sede do Iteraima
 
CYNEIDA CORREIA

Nesta fase inicial da operação Salmo 96:12, desencadeada ontem pela manhã, segundo o delegado Fabrizio Garbi, responsável pela representação criminal, a Polícia Federal identificou o envolvimento de pelo menos  três servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), seis servidores da Fundação Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Femarh), oito servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), inclusive o chefe da Fiscalização, vinte madeireiros; quatro empresários do ramo de consultoria ambiental, um servidor do órgão fundiário estadual do Instituto de Terras de Roraima (Iteraima) e mais de cem “laranjas” e familiares de servidores.

Entre os crimes apontados estão a regularização (“grilagem”) de área que, segundo a PF, é equivalente a 146 mil campos de futebol, autorização para desmatamento de área equivalente a 21 mil campos de futebol, autorização para extração de 1,4 milhões de m³ de madeira (equivalentes a 56 mil caminhões carregados ao máximo, suficientes para fazer uma fila ininterrupta de São Paulo/SP até Brasília/DF).

As investigações resultaram em 700 laudas de uma representação criminal que pediu a prisão de 44 pessoas, a busca e apreensão em vários órgãos, condução coercitiva de pessoas, suspensão do exercício de função pública de servidores envolvidos, proibição de acesso a órgãos públicos pelos acusados, quebra de sigilo de dados dos celulares, sequestro dos bens e bloqueio de valores.

Também houve suspensão total das atividades de empresas, busca e apreensão de máquinas, tratores e caminhões, além de remoção dos servidores, anulação de autorização de desmatamento e suspensão das regularizações fundiárias. “Eles [acusados] vendiam a licença ambiental por quantias ínfimas, que chegavam a R$ 50,00”, disse o delegado Fabrizio Garbi.


Veja qual era a participação de cada órgão 

IBAMA - Os servidores fraudavam fiscalização e avisavam servidores das fiscalizações, exigindo ou recebendo suborno que eram rateados individualmente, apesar dos atos em benefícios dos acusados serem organizados e terem participação coletiva.

MADEREIROS - Esses recebiam e propagavam informações quanto à fiscalização de órgãos ambientais, mediante pagamento a fiscais investigados, fraudavam DOFs, transportavam madeira sem autorização, extraíam madeira de área diversa da autorizada, usurpando até bens da União.

EMPRESÁRIOS - Atuavam em todas as frentes e órgãos, coordenando sistemática inserção de dados falsos em sistemas federais, visando obtenção fraudulenta de autorização de desmatamento, grilando terras e subornando funcionários para obter e negociar créditos nos sistemas.

FEMARH - Alguns dos servidores acatavam e faziam tramitar processos administrativos ao arrepio da lei, inserindo dados falsos em sistema federal de informações, simulando ou evitando vistorias e criando autorizações de desmatamento fraudulentas mediante suborno.

INCRA - Alguns dos servidores acatavam e faziam tramitar processos administrativos ao arrepio da lei, inserindo dados falsos em sistema federal de informações, viabilizando cadastramento de áreas inacessíveis de floresta ou áreas nunca ocupadas, mediante suborno, além de comercializar documentos.

ITERAIMA - Alguns dos servidores estão envolvidos em sistemática grilagem e comercialização de terras, acompanhadas ou decorrentes de possíveis extorsões ou ameaças coordenadas ou praticadas por servidores, mediante produção dos mesmos documentos que o Incra emite para, em tese, inserirem dados falsos em sistema federal de informações.

BENEFICIÁRIOS DAS REGULARIZAÇÕES FUNDIÁRIAS – Incluem tanto pessoas que participam intencionalmente, recebendo para isso, quanto pessoas induzidas pelos empresários a emprestarem seus dados para regularização fundiária.


Confira os 44 mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça

Mário Sérgio Nunes Fortes
 
Cássio Murilo Alves Mendes
 
Alcino Brito Dos Santos
  
Waldenir Barnabé dos Santos
  
Guilherme da Silva Pena
  
Dorval Costa Junior

José da Silva Araújo

Janos Wanderley de Mello

Júlio Cesar Ferreira Izel

Aselma Marcelo de Oliveira

Euclides Conrado dos Santos
  
Antônio Rodrigues de Melo
 
Leomar Reginatto

João Oliveira

Carlos Mendes Rodrigues
 
Francisco Valbert Ferreira de Queiroz
 
Antônio Américo Neto

Edson da Silva

Hélio Dumer

Jalmir Luuis Danielli

Bernardo Lusitano Esteves

Nadisson Peixoto Pinheiro

Fabricio de Oliveira Lima

Aleir Guizoni

Sueli Marcelo de Oliveira

Márcio Dezengrini

José Dalmo Zani

Mauro Dias Bergami

Antônio Cabral de Macedo Neto

Ildebran Pereira Da Silva

Valdemir Pereira de Melo Filho
 
Pedro Fernandes dos Santos

Gimi Kater Alves da Silva

Lúcio Mauro Tonelli Pereira

Robério dos Santos Mangabeira

Kairo Ícaro Alves dos Santos

Edvaldo Victor de Lima

Iranilde Paes Burg

Lourival Ferreira da Costa Filho

Janair Nunes Pinheiro

Cleyçon Vieira Nascimento

Alexandre Aparecido Valentim

Grineir Costa da Silva

Josefa Rodrigues da Silva