quinta-feira, 21 de junho de 2012

Caema melhora sistemas de esgotamento sanitário e de abastecimento de água


Visando proteger a rede coletora de esgotos e evitar transtornos à população, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) acaba de adquirir 580 novos tampões para colocação imediata nos Poços de Visitas (PVs) das ruas e avenidas em São Luís e Imperatriz.
Os equipamentos são confeccionados em ferro dúctil NBR 10.160, com tampa articulada removível ou não (dispositivos antiroubo), articulação da tampa com abertura mínima de 110 graus, com bloqueio anti queda a 90 graus, DN 600, classe 400 kn, com travamento das tampas por barra elástica em ferro dúctil, com anel elástico no telar (antiruído) próprio para tráfego pesado.
As tampas serão usadas na recuperação dos poços de visitas, uma vez que as mesmas servem para impedir a entrada de lixo na tubulação, facilitando a limpeza dos ramais e da própria rede coletora. Elas facilitam os serviços de manutenção dos bueiros, oferecem maior segurança à população e melhoram a trafegabilidade nas ruas e avenidas.
As novas peças possuem um novo dispositivo antifurto próprio para dificultar a ação de vândalos que diariamente retiram as mesmas para venderem nas sucatas. 
Os serviços de melhorias se estendem também para os sistemas de abastecimentos de água da Companhia, tanto na capital como no interior.
Para a capital, está sendo adquirido um sensor de vazão ultrassônico, faixa de vazão 25 a 5.000 litros por hora; saída de frequência de 0,005 litros por pulso; marca HY, para ser instalado na Bancada de Ensaios de Hidrômetros DG 950, marca Dígico, além da aquisição de cinco macro medidores de inserção para medição de vazão e volume, para serem instalados nos Sistemas Produtores Italuís, Sacavém e Paciência.  O sensor de vazão ultrassônico serve para medir os medidores da bancada volumétrica, em atendimento à Portaria 246/00 do Inmetro. Já os macro medidores são usados na medição de vazão, para controle operacional, ou seja, para controlar a água que é produzida e a que é distribuída.   
Serão adquiridos, ainda, diversos conjuntos motor bombas (CBMs) para uso no Poço P-6 do Sistema de Paulo Ramos e no Poço P-16 do Sistema de Coelho Neto, pertencentes às Gerências de Negócios de Santa Inês e de Chapadinha respectivamente.
Os poços dos Sistemas de Buriticupu, Mirinzal, Altamira e Olho d’Água das Cunhãs receberão conjuntos motorbombas submersíveis com a finalidade de melhorar a oferta de água para a população daqueles municípios. Os Sistemas de Abastecimentos da Regional de Pinheiro serão beneficiados com a aquisição de materiais elétricos para manutenção dos quadros de comandos dos Sistemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário