sexta-feira, 22 de junho de 2012

PMDB não terá candidato a prefeito




Ontem também foi anunciado pelo médico e presidente do MDB, Antônio Leite que seu partido não terá candidato a prefeito. De acordo com Leite, não será por culpa do diretório ou dos convencionais, mais, em decorrência de impedimentos legais dos pretensos candidatos.
“Por conta de condenação por parte do TCU na prestação de contas do Ildon Marques, eu e outros secretários municipais fomos condenados o que me impede de ser candidato e por isso mesmo não serei candidato a prefeito, assim como Ildon que também tem o mesmo problema”.
Antônio Leite fez questão de afirmar que a decisão de não ter candidato a prefeito não é sua e tampouco dos convencionais e sim impedimentos jurídicos. Ele afirmou ainda que não recebeu como presidente do PMDB comunicado por escrito do ex-prefeito, mais um emissário do empresário, Agostinho Noleto esteve na reunião e informou esta decisão.
“Não recebemos comunicado por escrito, apenas foi apresentada pelo dr. Agostinho Noleto, esta informação”
O presidente do PMDB confirmou ainda para este domingo a realização da convenção municipal do partido e que será voltada para deliberarem sobre coligações proporciona. “Faremos a convenção porque precisamos definir com quem estaremos nos aliando para as disputas de uma vaga na Câmara de Vereadores, este será o tema da reunião deste domingo”.
Indagado sobre os partidos que o PMDB deverá se aliar na proporciona, Leite disse que não poderia ainda declinar porque tudo está sendo discutido com todos caberá aos candidatos e convencionais deliberarem esta posição.
Para finalizar, o dirigente do PMDB afirmou que “Esta é a situação do momento dentro do PMDB. Não ter candidato a prefeito não por culpa do partido ou dele, mais sim, impedimento legal jurídico, do próprio Leite e do ex-prefeito Ildon Marques; a convenção está mantida para domingo apenas para discutir coligação na proporciona aos candidatos a vereadores”.
Tudo o que esta sendo definido pelo partido esta em concordância com comando nacional e estadual, através dos seus lideres, João Alberto, presidente estadual, da Governadora Roseana Sarney, ministro Lobão e senador José Sarney, conforme afirmou Antonio Leite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário