segunda-feira, 2 de julho de 2012

EM BREJÃO – UMA ALIANÇA FORTE E EQUILIBRADA




Um encontro marcado pela emoção foi o que reuniu milhares de pessoas na sede do PMDB em São Francisco do Brejão para homologar a Candidatura de Adão Carneiro (PT) e Franciscano Júnior (PMDB), neste sábado, dia 30 de junho.
A última convenção realizada na capital do leite era aguardada com muito entusiasmo pelos filiados e simpatizantes e muito mais pelos concorrentes de outros partidos, onde muitos torciam pra que houvesse um racha entre PMDB e PT e assim, surgissem dois nomes a prefeito: Franciscano e Adão, porém não foi o que aconteceu. A maturidade dos dois políticos não colocou em risco o futuro do Município de São Francisco e numa aliança espetacular que envolve PT, PMDB, PSB, PCdoB e PRB foi batido o martelo. Como acontecera na eleição da presidenta Dilma e da governadora Roseana Sarney fora mantido o acordo e agora a dupla parte para a campanha extremamente confiante no bom resultado.
A presença da multidão, oriunda dos quatros cantos do município transformou a convenção numa festa democrática e participativa, onde durante todo o dia a comunidade não arredou o pé do evento e no momento de encerrar a grande reunião com o anúncio dos pré-candidatos a alegria e o entusiasmo parecia gol em final de campeonato.
A festa democrática em Brejão além do apoio da população recebeu visitas de políticos ilustres, entre eles, o presidente estadual do PMDB, Remi Ribeiro, que entre outras palavras, afirmou: “Brejão não poderá mais ficar parado no tempo como ficou nos últimos quatro anos.” Acompanhado do líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Roberto Costa que se pronunciou em nome do Senador João Alberto e da Governadora Roseana: “Brejão não poderá repetir o erro do passado. Já tinha experimentado no primeiro mandato e mesmo assim se equivocara no último pleito, mas nós havíamos alertado, porque se cumpriu um famoso adágio popular: filho de peixe, peixinho é... é hora de resgatar o respeito, aqueles que já exerceram mandato e não responderam a altura não merecem nunca mais uma chance, chega de políticos que não honram o seu voto.”
O evento contou com a presença das duas maiores lideranças petistas da região, o vice-prefeito Antonio Erismar de Açailândia que falou em seu nome e do Ex-deputado Valdinar Barros, que num discurso emocionado e equilibrado descreveu o perfil do pré-candidato Adão Carneiro. A outra liderança foi a deputada pelo PT, Francisca Primo que confirmou em seu discurso que além de apoiar o seu amigo de partido Adão Carneiro também irá contribuir com o seu futuro governo enviando emendas para a população de Brejão.
A deputada veio acompanhada do seu esposo, o prefeito de Buriticupu, Primo, que ao fazer seu pronunciamento deu uma verdadeira aula de como administrar um município, onde o respeito ao servidor e o compromisso com as obras e contas públicas se faz bem uma gestão.
Várias lideranças de partidos e correligionários discursaram em favor da pré-candidatura.
Ao final dos discursos o ex-prefeito Franciscano subiu à mesa a pedido dos presentes e fez um discurso que emocionou os convencionais, pois seu nome foi ovacionado com gritos e aplausos, por se tratar de um prefeito que exerceu oito anos de mandato, nunca atrasou pagamento e construiu o município com obras em todas as vilas e povoados, em outras palavras, disse Franciscano: “Como prefeito fiz de tudo para respeitar o meu povo: comecei o meu primeiro dia de mandato com oito obras, paguei em dia todos os servidores, procurei realizar obras em toda comunidade e fiz tudo isso por respeito ao meu povo... como poderia abandoná-los, precisava participar ativamente deste pleito eleitoral. Eu tinha um acordo com Adão, sabe qual era? De não dividirmos as forças, mas juntá-las, porque não podíamos pensar em nós, tínhamos que pensar no melhor para o Brejão, coube ao nosso partido indicar o vice, o nome de Franciscano Júnior, entenda que eu também estarei presente, Franciscano é Junior e Junior é Franciscano”.
O pré-candidato a vice, Franciscano Júnior ao referir-se ao seu pai, lembrara as palavras do deputado Roberto Costa, “filho de peixe, peixinho é.” Júnior reafirmou o compromisso do seu pai e que dará tudo de si para que Brejão volte a crescer.
Adão Carneiro finalizou os discursos: “Quero ser prefeito desta cidade não por orgulho pessoal, mas pelo desejo de ver mais uma vez o povo feliz. Avisem a todos que a partir deste momento o progresso está voltando (Adão fazia referência ao slogan do governo Franciscano: garantia de progresso), que o respeito aos servidores está de volta, que as obras estão de volta, que o ônibus escolar vai estar aí na porta da sua casa, é hora de recomeçar meu povo. Graças a Deus temos um grupo forte, temos o apoio de deputados que de hoje já demonstraram isso ao estar nesta convenção, tenho ao meu lado a experiência de quem foi um dos melhores prefeitos no Maranhão, Franciscano, um homem que honra e respeita o seu povo”.
Adão finalizou o seu discurso conclamando a todo o povo que se dessem as mãos em favor da luta pela mudança, pelo novo em Brejão, foi uma cena que fechou com chave de ouro o evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário