quarta-feira, 25 de julho de 2012

Entrevista



Nova regra da caderneta de poupança não afeta Imperatriz”

Desde 1861, quando foi criada pelo imperador Dom Pedro 2º, a poupança possui uma rentabilidade mínima mensal de 0,5% (ou algo em torno de 6,17% ao ano), fixada por lei. Em 1991, durante o governo Collor, a caderneta também passou a remunerar os investidores pela Taxa Referencial (TR).
No dia 04 de maio, começou a vigorará no Brasil as novas regras da caderneta de poupança. Com as alterações, a remuneração da caderneta de poupança passou a ser calculada com base em 70% do Selic, quando este índice for igual ou inferior a 8,5% ao ano.
Para explicar as novas regras da poupança, o Jornal da ACII entrevistou o gerente geral da agência do Banco do Brasil da Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa em Imperatriz, Jonas Pinto.

Como era calculado o rendimento da cardeneta de poupança antes da aplicação das novas regras?
A poupança é uma das formas de aplicação mais tradicionais do mercado financeiro. Ela é direcionada para aquele cliente que é conservador, que não gosta de arriscar e que deseja segurança para seu dinheiro. Até o dia 04 de maio, a remuneração da poupança funcionava da seguinte forma: 6% ao ano mais a variação da Taxa Referencial (TR).

E com as novas regras, o que mudou na poupança?
Com a mudança, a Selic entrou. A novidade é a Selic, que é um índice que calcula a média de juros praticados no mercado financeiro. Atualmente, a Selic está em 9%.
Com a inclusão da Selic no calculo da remuneração da poupança, a regra ficou da seguinte forma: quando a Selic estiver abaixo de 8,5%, o poupador deixará de ter o rendimento de 6% ao ano mais TR, e terá o rendimento de 70% da Selic mais TR. Vamos ao um exemplo: Se a Selic chegar a 8%, será 70% de 8% que dá 5,6%. Então a remuneração da poupança, neste caso específico, será 5,6% ao ano mais a variação da TR.
No caso da Selic atingir o valor de 10%, 12%, não muda nada. O poupador continua a receber 6% ao ano mais a TR.

As novas regras da caderneta de poupança aplicam-se a todos os poupadores?
Não. As pessoas que tinham poupança antes do dia 04 de maio e não mexerem no dinheiro permanecem com os juros de 6% ao ano mais a TR. Somente as pessoas que abrirem uma nova conta de poupança ou fizerem um novo depósito na poupança serão remunerados segundo a Selic.

As pessoas que já possuem conta poupança precisam abrir outra?
Não. Quem já tem poupança, os bancos apenas se adaptaram. No caso do Banco do Brasil, a variação 01, é destinada para as poupanças anteriores ao dia 04 de maio. E foi criada a variação 51 para as novas poupanças. Assim, a poupança de variação 51 será corrigida pela nova metodologia, e a 01 pela metodologia antiga.

De que forma os bancos irão distinguir o que é depósito “atual” do que é depósito “antigo”?
Os bancos já estão preparados para apresentar aos clientes o extrato bancário com os lançamentos antigos e os novos depósitos separadamente.

Quais os principais benefícios que as novas mudanças oferecem para os poupadores?
Há uma redução na taxa de juros. É uma redução pequena, mas existi. E as demais vantagens são aquelas comuns a toda caderneta de poupança. Como por exemplo, a segurança que a poupança oferece. É uma operação que não sofre risco de perda por conta de variação da taxa de juros. Além disso, a poupança tem um fundo garantidor que assegura ao poupador até 70 mil do dinheiro depositado em caso de fechamento ou falência do banco.
Também, a poupança oferece a possibilidade do poupador sacar o dinheiro no momento em que necessitar. O dinheiro não fica retido por uma carência no momento em que é aplicado, é o chamamos de liquidez. O dinheiro está disponível para saque.

Que tipo de desvantagens as novas regras apresentam para os investidores?
A única desvantagem existente é quando você compara o rendimento anterior com o atual. No rendimento anterior, você possuía um valor fixo de 6% ao ano mais a TR. Hoje, eu não tenho mais garantido esses 6%. Agora, o poupador só tem 70% da taxa Selic, caso ela seja inferior a 8,5%.

Com a nova configuração da caderneta de poupança, houve redução das poupanças em Imperatriz?

A mudança não intimidou em nada os poupadores, pelo contrário, nesse mês de maio tivemos o maior incremento na poupança. Em maio, o saldo da poupança no Brasil atingiu mais de R$ 6 bilhões. Em Imperatriz, não houve nenhuma redução na abertura de contas e nos depósitos capitados. Na cidade, a poupança continua sendo a opção mais procurada pelos clientes.

________________________________
Contatos:

Thays Assunção - Jornalista Responsável
Assessoria de Comunicação da Associação Comercial de Imperatriz
(99) 9167.0821| 8126.8964
comunicação@aciima.com.br/thays@palavracomunicacao.com.br
Equipe da Palavra Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário