quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Maranhão é o segundo estado que mais informou dados da frequência escolar




O Maranhão é o segundo estado do país que mais forneceu dados da frequência escolar dos beneficiários do Bolsa Família no Sistema Presença, do Ministério da Educação. Até o último dia 27, o estado já tinha registrado um percentual de 83,95% das informações, superando a média nacional que até então é de 76,4% do total, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).
Nesta quarta-feira (29) termina o prazo para os gestores inserirem os dados relativos à frequência escolar dos beneficiários do Bolsa Família. Os gestores do programa precisam informar no Sistema Presença, os dados referentes à frequência escolar do bimestre de junho e julho, referentes a 18,1 milhões de crianças e adolescentes beneficiários do Bolsa Família em todo o país.
Roraima é o estado que mais forneceu dados da frequência escolar, registrando um índice de 90,92%, seguido do Maranhão com 83,95%, e em terceiro o Ceará, com 83%. Já o Distrito Federal é a unidade da federação com menor índice (57,53%).
A presença na escola é uma das contrapartidas devidas para o recebimento do benefício. Crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos devem ter frequência escolar mensal mínima de 85%, enquanto para jovens de 16 e 17 anos o índice exigido é de 75%.
Além dos dados escolares, as famílias também precisam repassar, duas vezes ao ano, informações quanto às vacinas e pesagem das crianças menores de sete anos. Quem não cumpre as condicionalidades pode ter o Bolsa Família bloqueado, suspenso e até cancelado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário