quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Servidores públicos de Buritirana não recebem salários e entram em grave



A categoria dos professores reivindica o pagamento dos salários do mês de agosto.

Os servidores públicos municipais de Buritirana, distante de Imperatriz 70 km, estão em greve desde o dia 19 de setembro. A categoria reivindica o pagamento dos salários do mês de agosto, cumprimento do acordo coletivo firmado com a administração pública, bem como o pagamento do terço de férias de 2011.

Os professores, supervisores, diretores e coordenadores escolares, e ainda os vigias, merendeiras, zeladoras, motoristas, auxiliares de serviços gerais, auxiliares e agentes administrativos estão com seus salários retidos pela prefeitura. Ao todo, segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino e no Serviço Público de Buritirana (STEESPUB) são mais de 400 servidores que ainda não receberam os vencimentos do mês de agosto.

Para piorar a situação da administração, o prefeito, excelentíssimo senhor José William de Almeida, conhecido popularmente como Zé do Mundico, desapareceu da cidade, bem como os seus assessores, deixando a cidade no descaso total.

Segundo informação do presidente do sindicato, Edmar Morais Ferreira, a Controladora Geral do Município, senhora Onilde dos Reis Santos, responsável pela elaboração da folha de pagamento tem aproximadamente um mês que não atende na sede da Prefeitura Municipal.

Diante de todo o descaso que vive a cidade de Buritirana, quem paga mesmo um alto preço são os alunos da rede municipal, que já estão com sete dias sem aula, e ao que parece, vão passar muito tempo, pois o prefeito não está ligando para a situação do munícipio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário