domingo, 25 de novembro de 2012

Campanha contra a Violencia contra a Mulher

A Secretaria de Estado da Mulher (Semu), em parceria com órgãos que compõem a Câmara Técnica Estadual de Gestão e Monitoramento do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, lançará, no Maranhão, segunda-feira (26), a campanha “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher 2012”.
Este ano, o foco é o fortalecimento de outra campanha: “Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha - A Lei é mais forte”, promovida pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) e do Ministério da Justiça (MJ). O objetivo e sensibilizar os operadores do Direito para a importância do enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres.
A campanha é internacional e acontece anualmente, de 25 de novembro a 10 de dezembro, desde 1991, com o objetivo de sensibilizar, comprometer e trabalhar a conscientização das pessoas, entidades, órgãos públicos e a sociedade em geral para o combate à violência contra a mulher.

Programação
A programação inclui inauguração da Ouvidoria da Mulher, entrega de Kits de equipamentos e capacitação profissional para reaparelhamento da Rede de Atendimento à Mulher (Rede Amiga da Mulher), de São Luís; a inauguração da instalação e assinatura do decreto de criação do Núcleo Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Maranhão (NETP-MA), além das atividades da unidade móvel “Carreta Viva Mulher”.
Instituições dos municipais (secretarias, coordenadorias, departamento de mulheres e outros) estão organizando suas programações. Em alguns, como São João do Sóter, Morros e Afonso Cunha, a campanha teve início na terça-feira (20); em Timon, Codó e Imperatriz e São Luís, serão a partir deste domingo (25).
Em São Luis, outras instituições, inclusive as que compõem a Câmara Técnica Estadual de Gestão e Monitoramento das Ações do Pacto Nacional Pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, realizaram suas atividades. É o caso das secretarias de Estado de Saúde (SES) e a de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), além de Tribunal de Justiça e Ministério Publico. No Brasil, a Campanha é iniciada em 20 de novembro, com o Dia Nacional da Consciência Negra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário