domingo, 25 de novembro de 2012

PIB do Maranhão registra crescimento de 8,7%

Enquanto isso no Maranhão...apesar dos pessimistas e torcedores para que tudo dê errado, estamos avançando.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão registrou saldo positivo no ano de 2010, com variação real de 8,7%. O percentual de crescimento é maior que o do Brasil, que registrou 7,5%, e do Nordeste, com 7,2%. Os dados oficiais foram anunciados, nesta sexta-feira (23), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc).
De acordo com os dados, em 2010, a soma de todas as riquezas produzidas no Maranhão, que resulta no PIB, atingiu o valor de R$ 45,256 bilhões. A avaliação dos órgãos é que o crescimento foi motivado, principalmente, pelos setores da indústria, que apresentou incremento de 18,7%, e do setor de Serviços, com 8,0%.
Pela taxa de variação do PIB em 2010, o Maranhão ocupa a 12ª posição no ranking dos estados que mais cresceram. A maior variação do país foi do estado do Tocantins (com 14,2%); a segunda foi a do Espírito Santo (13,8%) e a terceira foi a de Rondônia (12,6%). Com relação ao valor (R$ 45,256 bilhões), o Maranhão permanece na 16ª posição no país, sendo o 4º no Nordeste.
Vale destacar que, o PIB do Maranhão teve um aumento substancial ao ser comparado com o registrado no período 2009, quando o resultado foi negativo, com um taxa de -1,73%, com o estado ocupando a 23ª colocação no país. “Esses números comprovam que o estado está no rumo certo, atraindo novos investimentos, que nos próximos anos irão elevar ainda mais esse valor do PIB”, observou Marcelo Melo, chefe da Unidade Estadual do IBGE. 
PIB per capita
Entre os dados divulgados pelo IBGE, o PIB per capita foi de R$ 6.889 em 2010, valor mais alto que o registrado em 2009, que foi de R$ 6.259,42. Esse crescimento, porém, não foi sentido no cálculo final devido ao aumento populacional, que fez com que o estado saísse da 26ª para a 27ª posição no ranking nacional.
“O PIB per capita, nada mais é que o valor do PIB dividido pela população do estado. E como houve um aumento populacional no Maranhão em pouco tempo por causa do movimento de migração provocado pela vinda de grandes investimentos para o Maranhão, o resultado não foi tão positivo”, esclareceu Marcelo Melo.
Um dado a ser observado, segundo ele, é que a população do Nordeste diminuiu em quase -0,95% enquanto a do Maranhão cresceu mais de 3,18%, fato creditado a fatores principais como os grandes flagelos e o início do ciclo de grandes empreendimentos se instalando no estado. Para se ter uma ideia, no período entre 2009 e 2010, no Maranhão, a população subiu de 6.367.138 para 6.569.683.
O aumento populacional foi de mais de 202.545, sendo o maior registrado no Nordeste. Na região, somente outros dois estados tiveram aumento de população, sendo que o segundo colocado nesse ranking é Sergipe, com aumento de apenas 48.352 indivíduos; seguido pelo Rio Grande do Norte, com 30.592 pessoas.
Quadro aumento populacional

Estado
População
2009
População
2010
Variação
Variação
em %
Maranhão
6.367.138
6.569.683
+ 202.545
3,18%
Sergipe
2.019.679
2.068.031
+   48.352
2,39%
Rio Grande do Norte
3.137.541
3.168.133
+   30.592
0,97%
Pernambuco
8.810.256
8.796.032
-    14.224
-0,16%
Paraíba
3.769.977
3.766.834
-      3.143
-0,83%
Piauí
3.145.325
3.119.015
-    26.310
-0,83%
Alagoas
3.156.108
3.120.922
-    35.186
-1,11%
Ceará
8.547.809
8.448.055
-    99.754
-1,16%
Bahia
14.637.364
14.021.432
-  615.932
-4,20%
Nordeste
-53.591.197
53.078.137
-  513.060
-0,95%

Nenhum comentário:

Postar um comentário