sábado, 26 de janeiro de 2013

Governo contratará professores para educação indígena e do campo


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), realizará processo seletivo simplificado para contratação temporária de professores para atuarem nas escolas indígenas e na área de Ciências Agrárias – Projovem Campo/Saberes da Terra. As inscrições serão gratuitas e estarão abertas no período de 4 a 8 de fevereiro, entre 8h e 12h e das 14h às 18h.
O processo irá selecionar candidatos para atuarem como professor contratado em escolas indígenas e do campo da rede estadual de ensino, atendendo a necessidade da Seduc de preencher o quadro de pessoal docente.
As vagas serão ocupadas nas escolas indígenas localizadas nas Unidades Regionais de Educação (UREs) de Açailândia, Barra do Corda, Imperatriz, Santa Inês e Zé Doca. No caso da educação do campo, as vagas são para as UREs de Bacabal, Balsas, Chapadinha, Caxias, Codó, Itapecuru-Mirim, Imperatriz, Presidente Dutra, Pedreiras, Pinheiro, Santa Inês, Viana e Zé Doca.
Serão oferecidas 954 vagas para professores da educação indígena, distribuídas da seguinte forma: 542 para ensino fundamental (1ª a 4ª séries/1º ao 5º ano), 300 para o ensino fundamental (5ª a 8ª séries/6º ao 9º ano), e ensino médio, 130 vagas. Para a educação do campo, estão sendo ofertadas 44 vagas, distribuídas por URE, nas áreas de Ciências Agrárias – Projovem Campo/Saberes da Terra.
Ao assinar os editais, o secretário Pedro Fernandes destacou que o foco maior da Seduc é a qualidade do ensino em todas as etapas, modalidades e diversidades educacionais. “Esse seletivo de professores faz parte do projeto de educação inclusiva do estado, beneficiando um dos segmentos mais frágeis socialmente e que precisam de um apoio maior e diferenciado”, enfatizou o secretário.   
A secretária-adjunta de Projetos Especiais da Seduc, Conceição Andrade, destacou que o seletivo para professores indígenas garantirá a oferta do ensino nas aldeias e do Projovem Campo e Saberes da Terra. "Com a contratação de professores, o estado garante a oferta da educação indígena e do Campo no ano letivo de 2013", enfatizou, observando que as aulas nas escolas indígenas iniciarão até o mês de março.
O processo seletivo será coordenado pela secretaria-adjunta de Projetos Especiais da Seduc e os editais estarão disponíveis no endereço eletrônico da Seduc www.educacao.ma.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário