domingo, 27 de janeiro de 2013

Prefeito Vasco é acusado de utilização de rádio pirata durante campanha eleitoral



Gil Carvalho

Ribamar Fiquene – O prefeito Israel Ribeiro de Vasconcelos (PSB), o Vasco, é acusado de cometer crime eleitoral durante o período de campanha em outubro passado quando utilizou-se de mecanismo eletrônico (rádio clandestina) para difundir propaganda políticas nos carros de som durante reuniões e comícios realizados em bairros e povoados de Ribamar Fiquene.
De acordo com o artigo 22, da Lei Complementar 64/90, essa prática também caracteriza abuso de poder econômico em face a instalação de emissora de rádio clandestina, a qual teria sido utilizada para fins de transmissão de jingles de campanha, desenvolvendo atividades de telecomunicações.
Observa-se que o equilíbrio da disputa eleitoral foi seriamente afetado pela conduta do então candidato Israel Ribeiro de Vasconcelos, o Vasco, visto que, na medida em que, com uso de fonte de emissão de ondas sonoras podiam alcançar uma grande quantidade de eleitores, em detrimento dos outros três candidatos, onde se comprova que o poder da mídia na transmissão de ideias é enorme, principalmente durante o período eleitoral.
Na denúncia, protocolada na comarca de Montes Altos, esperava-se que o denunciado fornecesse pelo menos todas as informações solicitadas pela Justiça Eleitoral, situação que configura como abuso de poder econômico na eleição de Ribamar Fiquene.
Além disso, existe outra denuncia relacionada à utilização indevida de um veículo Gol, ano 1999, placas KDV 1740, onde o proprietário afirma categoricamente na Justiça não realizou nenhum tipo de doação. O mais grave é que a assinatura constante no documento da prestação de contas feita pelo prefeito Vasco não é do dono do veículo, verificando a grosseira falsificação de documento público.
Também existem pendências a despesas apresentadas na prestação de contas, entrega de brindes e a compra de votos desenfreada na véspera da eleição, segundo denuncia assinada pelos advogados Eduardo Gomes Pereira e Isaac Feitosa da Silva, na Justiça Eleitoral, em Montes Altos.
Legenda:
Prefeito Vasco é acusado de crime de abuso de poder econômico na eleição em Ribamar Fiquene

Nenhum comentário:

Postar um comentário