segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Fórum da Estrada do Arroz realiza seminário



De 1º a 3 de março, o Fórum da Defesa da Cidadania e do Desenvolvimento das Comunidades da Estrada do Arroz realizará o seminário "Estrada do Arroz: desafios e perspectivas", que apresentará painéis sobre a situação dos povoados e moradores dessa região rural entre Imperatriz e Cidelândia, sobretudo quanto às condições da estrada e políticas públicas.
Do seminário tomarão parte representantes de instituições públicas e da sociedade civil, entre as quais a Prefeitura de Imperatriz, Governo do Estado do Maranhão,Câmaras Municipais de Imperatriz e Cidelândia, Promotorias Públicas, UEMA, UFMA, dentre outras. O evento é totalmente organizado e custeado pelo próprio Fórum da Estrada do Arroz, com a colaboração de apoioadores -- pessoas físicas e outras entidades.
Atualmente, na Estrada do Arroz, no município de Imperatriz, está sendo instalado um dos maiores empreendimentos mundiais da área de celulose -- uma fábrica da Suzano Papel e Celulose --, que produzirá pasta de celulose para exportação, o que vem causando fortes impactos às populações rurais da região, pelo aumento do tráfego de veículos pesados na única estrada de acesso, não asfaltada, compromentendo o trânsito da população e a normalidade dos transportes coletivos, com constantes interrupções e cortes da vicinal. Além disso, verificam-se impactos sociais, ambentais e econômicos, que também serão abordados.
A Estrada do Arroz é, na verdade, uma região rural do município de Imperatriz, que começou a ser ocupada há exatos 60 anos, a partir de 1953, com a entrada de migrantes nordestinos, a primeira onda migratória no sudoeste maranhense. Esse processo de ocupação foi responsável pela formação de dezenas de povoados, todos eles no território de Imperatriz, entre a Rodovia Belém-Brasília e o rio Tocantins, até  a divisa com o Pará. Três dessas povoações tornaram-se cidades, sede dos municípios de Cidelândia, Vila Nova dos Martírios e São Pedro da Água Branca. Atualmente, apenas o trecho entre Imperatriz e Cidelândia -- onde estão situados 14 povoados, 12 somente no território de Imperatriz --, não é asfaltado. É exatamente essa a maior revindicação do Fórum.
O Fórum da Estrada do Arroz foi criado em setembro de 2011, com sede no distrito de Cidelândia, com o  objetivo de promover discussões sobre o desenvolvimento socioeconômico e ambiental e políticas públicas nas comunidades daquela área rural -- 14 povoados entre as cidades de Imperatriz e Cidelândia. Reúne-se mensalmente, por rodízio, em cada uma das comunidades -- Petrolina, São José da Matança, Vila Conceição, Olho d’Água dos Martins, Bacaba, Esperantina, Açaizal, Altamira, Viva Deus e São Félix, no município de Imperatriz; e São Francisco e São Domingos, no município de Cidelândia.
A taxa de inscrição é do seminário e R$ 20,00. A abertura será no dia 1º de março, às 19h30, no auditório do Palácio do Comércio (Associação Comercial de Imperatriz); as demais atividades serão no distrito de Coquelândia (sábado, dia 2, das 8h às 17h; domingo, dia 3, das 8h às 12h, com direito a almoço). Um ônibus sairá de Imperatriz (da frente da UEMA), às 7h da manhã, no sábado e no domingo. Contatos com a coordenação: (99) 9149-3907 / 3528-8004. (Da Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário