domingo, 3 de fevereiro de 2013

Gessezinho é transferido para CCPJ

 

Gessezinho sendo transferido para a CCPJ
Após ser preso e passar uma noite em uma das celas da delegacia regional, Gessé Leite Filho foi transferido na manhã de hoje por volta das 11 CCPJ ou UPRI (Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz), onde ficará preso até decisão da Justiça.
Ele foi preso na noite de sábado em uma clinica psiquiátrica em Araguaína – TO e trazido para Imperatriz chegando por volta das 23 horas. Gessé ficou preso em uma das celas na companhia de outros três detentos acusados de assalto.
Gessé Leite Filho no momento de sua transferência para CCPJ
No momento da transferência para a CCPJ quando saia da delegacia indo sentido a viatura, era perceptível o semblante de tristeza estampado em seu rosto,sempre de cabeça baixa ele foi conduzido algemado até o “camburão” da viatura onde foi levado a uma clinica psiquiátrica para fazer novos exames e logo em seguida para CCPJ onde está preso em umas das celas daquele centro de detenção.
Os advogados de Gessé Leite Filho já trabalham um pedido de habeas corpus alegando distúrbio mental, isso implica que ele não possa cumprir pena em um centro de detenção. Mas novos exames foram feitos justamente para comprovar ou não esse a doença.
Fotos: Antonio Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário