domingo, 3 de fevereiro de 2013

Operação da SPCI prende quadrilha interestadual de traficantes



Uma operação desencadeada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) conseguiu desbaratar uma quadrilha interestadual de traficantes que agia nos estados do Maranhão, Pará, Piauí, Goiás e Mato Grosso. O  bando foi preso na noite da última sexta-feira (1º) em uma ação que prosseguiu até a manhã deste sábado (2), em São Luís, por policiais da SPCI, sob a determinação do superintendente Jair Lima de Paiva e coordenação dos delegados José Nilton Sousa e Carlos César Veloso. Com o grupo foi apreendido mais de 50Kg de pasta base de cocaína, divididos em 46 tabletes. A droga está avaliada em torno de R$ 50 mil e seria distribuída na capital maranhense e no Piauí.
Segundo informações da polícia, o bando já estava sendo monitorado há pelo menos 20 dias. Parte do grupo foi localizado nas proximidades do Terminal Rodoviário de São Luís, na Avenida dos Franceses; e a outra parte em hotel no bairro Ponta d’Areia. Durante a ação, foram detidos Terezinha de Jesus Oliveira Mandu, apontada como uma das líderes do bando. Ela era quem cooptava pessoas para fazer o transporte e a distribuição da droga. Eliseu Vieia de Lima, Rosildo Ferreira, Cleuton Barbosa da Costa, Alexandre Rubens Barbosa Marques e  sua esposa Luana Karla de Sousa Oliveira também foram presos suspeitos de envolvimentos com o tráfico de entorpecentes.
Levantamentos da Polícia Civil identificaram que Terezinha possuía três salões de beleza, sendo um no Maranhão e dois no Pará, além de outros dois estabelecimentos comerciais (em Santa Helena-MA e no Pará), que eram utilizados para esconder a venda das drogas.
Em poder da quadrilha, foram apreendidos ainda quatro veículos, sendo um Pálio preto, placas NNG-9975; um Renault Clio, cor prata com placas NHA 4305 do Pará; uma Ford F4000 branca, placas KHM 8613; e uma caminhonete; além da quantia de R$ 7.541,00, 20 celulares, alguns porta-cédulas, cartões de crédito e vários comprovantes bancários que constatam a movimentação dos traficantes. A droga estaria sendo trazida do estado de Goiás.
Os trabalhos de investigação devem continuar a fim de identificar outros possíveis integrantes do bando e também se há mandados de prisão da quadrilha em outros estados. Eles foram levados para o Centro de Triagem em Pedrinhas e devem ser apresentados nesta segunda-feira (4), na Secretaria de Segurança Pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário