segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Polícia desarticula duas quadrilhas de assalto a cargas que agiam na região Tocantina

 Lider do bando, Junior Potassa

Ildberg
 
 e    Gilberg Delfino


Duas ações policiais deflagradas no fim semana, resultaram na desarticulação de duas quadrilhas que agiam na região Tocantina, especializadas em assaltos a cargas. Nas ações, que ocorreram no sábado (23) e domingo (24), foram detidas nove pessoas.
Numa das ações, o Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), em conjunto com a 10ª Delegacia Regional e 3º BPM, ambos sediados em Imperatriz, e ainda com o apoio da Polícia Civil de Tocantins, desarticulou no último fim de semana uma quadrilha suspeita de envolvimento com roubo de cargas de cigarro. De acordo com a polícia, o bando é responsável por diversas ações criminosas no Maranhão e Goiás.
A quadrilha foi localizada em uma fazenda no município de São Miguel do Tocantins. No local foram presos Bernardo Alves de Sousa Junior, conhecido como "Júnior Potassa", considerado líder do bando; Gilberg Delfino de Sousa; Ildberg Delfino de Sousa, irmãos de "Júnior Potassa"; Gilvan Lopes dos Santos; João Batista da Silva Lima; José Luis Lima Neto e Pablo Carneiro Santos, todos maranhenses.
Segundo informações policiais, a quadrilha vinha sendo monitorada há algum tempo. A polícia descobriu ainda que o local onde o grupo foi detido, de propriedade de "Junior Potassa", era usado para esconder o material roubado.
Foram apreendidos quatro veículos, sendo uma caminhonete Ford f-250 branca, de placas MWL-7486; um Fiat Strada prata NVQ-6913; um Fiat Uno azul HPN-0447; e ainda um Gol, de cor preta, placas JVA-7596; diversas munições de calibre ponto 40, 9mm e 38; além da quantia de R$ 4.500. Os assaltantes e os objetos apreendidos foram encaminhados à Delegacia Regional de Augustinópolis (TO).
Todos os integrantes da quadrilha foram autuados em flagrante delito pelos crimes de formação de quadrilha e posse de munições de uso restrito. Eles permanecem detidos no estado de Tocantins à disposição da Justiça.
Segundo a polícia, três deles tinham mandados de prisão em aberto; Bernardo Alves, pelos crimes de roubo e homicídio; José Luís, por roubo e tráfico, e Pablo Carneiro, por roubo.
Junior Potassa também está envolvido na morte de um vendedor na JK e que culminou com a tentativa de assassinar o carona onde estava a vitima. O carro dirigido por Junior na ocasião da tentativa ainda hoje se encontra no acesso a ponte Dom Gregory, já totalmente depenado.
 
Outra ação
Em outra ação, também realizada pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança (SSP), foi localizado um caminhão de cargas que transportava secos e molhados. O caminhão Ford cargo, de cor prata, de placas NIW-4309, da empresa J.Batista, havia sido roubado no Piauí, no último sábado (23). O veículo tinha como destino a cidade de Imperatriz.
 O caminhão foi avistado às margens da BR-010, em frente ao posto de combustível Vale do Sol, na entrada da cidade de Imperatriz, no momento em que se realizava a retirada da carga para um veículo Gol, cor branca, com placas JTQ-6483.
Na abordagem policial, foram detidos Vandeilson Ferreira da Silva,de 26 anos, e Raimundo Nonato da Silva Sousa, 25, ambos naturais da cidade de Imperatriz.  Após receber voz de prisão, a dupla foi conduzida à 10ª Delegacia Regional, em Imperatriz, onde foi autuada pelo crime de receptação pelo delegado Jeferson Serra. Vandeilson e Raimundo permanecem detidos na delegacia regional à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário