domingo, 3 de fevereiro de 2013

Secretário Luis Fernando Silva vistoria obras executadas pelo governo na Ilha de São Luís

Hildo Rocha e Luis Fernando, inspecionando obras

O secretário de Estado chefe da Casa Civil e interino da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, visitou neste sábado (2), acompanhado de comitiva, importantes obras em execução pelo Governo do Estado na Ilha de São Luís. Outras vistorias técnicas serão realizadas, sempre aos fins de semana, e objetivam dar maior celeridade ao andamento dos serviços. Acompanharam a visita, os secretários de Estado do Meio Ambiente, Victor Mendes; de Assuntos Políticos, Hildo Rocha; técnicos de empreiteiras, equipe da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) e secretários adjuntos.
De acordo com o secretário, essa é a nova missão a ele confiada pela governadora Roseana Sarney. Respondendo pela pasta da Infraestrutura, ele realizará visitas in loco todos os fins de semana. “Nós estaremos sempre em campo, ouvindo a população, conversando e vendo de perto os problemas, pois aprendemos com a comunidade e dela recebemos sugestões para as soluções mais simples”, afirmou.
Ele destacou que há obras sendo desenvolvidas em todo o Maranhão, assinalando que essas grandes construções mudarão a cara de São Luís, garantindo mais mobilidade urbana e qualidade de vida aos moradores. “A governadora Roseana está no rumo certo, são mais de mil obras sendo executadas no Maranhão, e todas elas terão a nossa participação ativa. Esse é um trabalho grandioso iniciado pelo deputado Max Barros, que cuidou dessas obras no início, e que agora daremos continuidade, com orientação direta da governadora”, declarou Luís Fernando Silva. 

Av. Quarto Centenário
Luís Fernando, que realizou uma observação minuciosa em cada ponto onde esteve, iniciou as visitas pontualmente às 8h30, pela Avenida Quarto Centenário, exatamente no trecho onde está sendo erguida uma alça de intersecção com a Camboa, seguindo até a via de acesso à Avenida dos Franceses. O projeto total prevê quatro encaixes, sendo um no bairro Camboa, dois na Liberdade e um no bairro Fé em Deus. 
Também será contemplada na obra a remoção de 3.500 famílias para apartamentos. O impacto da construção nas comunidades vizinhas foi um dos pontos tratados pelo secretário durante a visita. O secretário antecipou que analisa a possibilidade de viabilizar a ligação da Avenida Quarto Centenário, cuja primeira etapa deverá ficar pronta no fim do primeiro semestre, com a Via Expressa, que já está em sua segunda fase de execução. 
A Quarto Centenário integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Rio Anil) e é orçada em R$ 364 milhões, recursos provenientes do Governo do Estado e do Governo Federal. O secretário informou que, ao final do serviço, a via terá 3,8 km de extensão, duas pistas com duas faixas de rolamento, passagem para pedestres e ciclovia.


  Depois, Luis Fernando Silva seguiu para a Ponta d’Areia, para ver de perto o que será feito na segunda etapa dos serviços no Espigão Costeiro, que é a urbanização. A obra que, segundo ele, será um ponto de grande atração turística e lazer, com vista para o Centro Histórico, e que contribuirá para resgatar a autoestima dos ludovicenses, que terão ainda mais orgulho de sua cidade, além de cumprir a função para a qual foi pensado, que é a de conter a erosão naquele trecho da área e desassorear o canal.
Na visita ao Espigão Costeiro, Luís Fernando estava acompanhado do técnico da construtora Ducol Engenharia, Ribamar Teixeira, que informou a ele que na segunda fase das obras no espigão será feita a extensão da obra, num total de 150 metros para a esquerda. O trabalho deverá ser concluído em oito meses.

Araçagi e Raposa
O secretário e sua comitiva foram ainda ao bairro Araçagi, no perímetro do Colégio Marista, verificar as condições da obra de duplicação da via MA-203, de lá até o retorno que dá acesso à Raposa e à Maioba. A licitação será iniciada daqui a 30 dias e, ao término das obras, a via terá três faixas em cada uma das pistas. “Essa obra de duplicação da MA-203 faz parte de um grande projeto da governadora Roseana Sarney, que é o Anel Metropolitano de São Luís. Nós chegaremos até aquela bifurcação que vai para a Maioba e Raposa. Esperamos que o início desta obra ocorra ainda neste semestre”, destacou o secretário.
Luís Fernando foi ainda à Raposa, visitar as obras do píer que o Governo do Estado concluiu para melhorar a comercialização do pescado e garantir oportunidade de trabalho e renda para os moradores da região, além de fortalecer o potencial turístico do município. Ele percorreu um trecho da rodovia MA-202, mais conhecida como Estrada da Maioba, onde verificou pontos que serão objetos de intervenção para sua recuperação.
“A Estrada da Maioba é uma via de muito tráfego, pois atende aos quatro municípios da grande Ilha de São Luís. Alguns pontos precisam de intervenção imediata e nós viemos com o empreiteiro responsável para encontramos a melhor solução possível. Ao final desse serviço, teremos uma das melhores soluções de mobilidade urbana já projetada em São Luís”, afirmou.
O secretário passou ainda pela MA-201, mais conhecida como Estrada de Ribamar, onde percorreu os pontos críticos. “Já determinamos algumas intervenções rápidas para melhorar a qualidade do tráfego pensando no Carnaval e no Lava-Pratos”, afirmou.

Maiobão e Ribamar
Seguindo o seu mapa de visitas, o secretário interino foi também no conjunto Maiobão, onde, conforme ele constatou, a situação é grave e calamitosa. Luis Fernando Silva afirmou que, por essa razão, serão iniciados estudos para tratar de questões de saneamento básico, drenagens profundas e superficiais, bem como pavimentação asfáltica. “São estudos que serão feitos para tentarmos encontrar uma solução no menor espaço de tempo possível e melhorar a vida nesse bairro”, frisou.
Em seguida, o secretário foi até a MA-204, no trecho que liga o Beira Rio, em Mocajituba (Paço do Lumiar) até a localidade urbana Maracajá, em São José de Ribamar, onde verificou também a necessidade de intervenções pontuais para garantir melhorias e mais segurança e conforto para o usuário da avenida, garantindo um tráfego com mais fluidez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário