sexta-feira, 29 de março de 2013

Morre mulher queimada pelo marido



Morreu as cinco horas da manhã de hoje(sexta-feira, no hospital onde se encontrava, Elielda Miranda de Almeida, de 33 anos, ela teve  70 % corpo queimado depois de uma discussão com o marido Dualceio Silva Menezes.
Mesmo ainda no hospitral, Elielda prestou depoimentos a delegada da Mulher, Kelly Kioca confirmando que seu esposo foi quem lhe ateiou fogo por cíumes.
Ao ser preso o acusado negou e disse que foi a vitima. Foi liberado, mais em seguida recolhido as grades por decisão da Justiça e se encontra na CCPJ. Com o falecimento da sua esposa, ele deverá responder por crime. 
 
Duaceio quando prestava depoimentos
Elielda Silva Meneses era moradora da Rua São Franscico, Bairro Vila Nova. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário