quinta-feira, 4 de abril de 2013

CCJ aprova criação de CPI sobre torcidas organizadas

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou a criação de comissão parlamentar de inquérito (CPI) destinada investigar os atos violentos praticados pelas torcidas organizadas de todo o País de 2003 até os dias atuais. Conforme a proposta, a CPI será composta por 11 parlamentares e terá 120 dias, prorrogáveis por 60, para concluir seus trabalhos.

A proposta aprovada é um texto substitutivo apresentado pelo relator, deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), ao Projeto de Resolução 232/05, do deputado Lincoln Portela (PR-MG).
A matéria será votada ainda pelo Plenário. A medida já havia sido aprovada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Finanças e Tributação e rejeitada pela Comissão de Turismo e Desporto.

Reportagem - Noeli Nobre

Nenhum comentário:

Postar um comentário