sábado, 13 de abril de 2013

Secretário Luis Fernando assina ordem de serviço para recuperação da MA-125 na Região Tocantina

Luis Fernando, Karla Batista, Madeira e Hélio Soares em Vila Nova
O secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, assinou, neste sábado (13), ordem de serviço para recuperação da Rodovia MA-125, trecho entre o município de São Pedro d’Água Branca e o entroncamento com a BR-010, passando por Vila Nova dos Martírios e Cidelândia, na Região Tocantina. Ao todo, serão recuperados 110 km de pista.
  “Esta rodovia é de grande importância, pois faz a integração da parte sudoeste do estado, na divisa com o Pará, com a Rodovia Belém-Brasília. As máquinas já estão trabalhando e a expectativa é que esta obra seja concluída em 100 dias, facilitando o acesso das pessoas as suas cidades e garantindo o escoamento da produção agrícola e pecuária da região.”, disse o secretário.
A solenidade de assinatura ocorreu na saída de São Pedro d’Água Branca e foi acompanhada pelo secretário Hildo Rocha (Cidades e Desenvolvimento Urbano); os deputados estaduais Léo Cunha, Antonio Pereira e Hélio Soares; os prefeitos de São Pedro d’Água Branca, Vanderlúcio Simão; de Vila Nova dos Martírios, Karla Batista; de Cidelândia, Ivan Santos; de Imperatriz, Sebastião Madeira; de Buritirana, Vagtônio Brandão, além de vereadores, secretários municipais, assessores da Regional do Governo do Estado na Região Tocantina, lideranças políticas, empresarias. O evento foi prestigiado por centenas de populares que festejaram o início das obras.
O secretário Luis Fernando Silva lembrou que a Rodovia MA-125 foi asfaltada no segundo governo de Roseana Sarney e depois disso, entre os anos de 2003 a 2009, não recebeu a devida manutenção, ficando em total abandono. “Ao assumirmos, determinamos que fosse feito um trabalho emergencial, onde os pontos mais críticos receberam os serviços de tapa - buracos e agora um trabalho mais eficaz será feito, com a total recuperação do trecho viário”, ressaltou. O investimento é da ordem de R$ 930 mil.
O prefeito de São Pedro d’Água Branca, Vanderlúcio Simões, emocionado, agradeceu ao Governo do Maranhão pela realização. “É um anseio de toda a comunidade ao longo desta estrada. Estamos felizes com essa conquista e queremos agradecer ao governo por esta melhoria”, destacou.

Vila Nova e Cidelândia
Após assinatura da ordem de serviço, em São Pedro d’Água Branca, o secretário Luis Fernando Silva, acompanhado de sua equipe de trabalho, percorreu a MA-125, trecho de 41 quilômetros, seguindo até o município de Vila Nova dos Martírios. Após a vistoria, a comitiva do Governo do Estado informou a população local sobre as providências que estão sendo adotadas para melhoramento da rodovia estadual.
O encontro aconteceu na quadra de esportes, no centro da cidade, e reuniu populares e lideranças municipais, que comemoraram a recuperação da via.
“Esse é um dia que temos muito a comemorar, pois mais uma vez, o Governo Roseana nos socorre e nos tira do isolamento. Com esta obra vamos ganhar mais agilidade em nossos deslocamentos”, disse a prefeita Karla Batista, de Vila Nova dos Martírios.
A comitiva também percorreu o trecho de 42 quilômetros, entre as cidades de Vila Nova dos Martírios e Cidelândia e mais uma vez foram recebidos pela comunidade.
O secretário Luis Fernando Silva, fez questão de detalhar toda a obra e solicitou à construtora responsável pelos trabalhos para que agilize os serviços. “Esperamos entregar uma obra de qualidade, como a população merece. Essa estrada é importante não apenas para a Região Tocantina, mas também pela ligação do Sul do Pará com o sudoeste de nosso estado, região que registra grande desenvolvimento”, assinalou.

Rodovia
Os 110 km da Rodovia MA - 125 vai receber um novo pavimento asfáltico, reconstrução das cabeceiras de pontes, sinalização horizontal, vertical e iluminação nos trechos urbanos. A estrada é único acesso destes municípios com o entroncamento na BR-010, principal ligação entre o Norte e o Centro-Oeste do país. Cerca de 80 empregos diretos serão criados com a realização da obra.
A dona de casa Fernanda Silva comemorou o início dos trabalhos. “Estava difícil chegar em cidades como Imperatriz, por exemplo. Gastávamos até 3 horas neste percurso saindo de São Pedro. Depois que estiver pronta, vai facilitar muito”, disse.
O pedreiro aposentado, João Sousa, nasceu e cresceu morando às margens da estrada e percebia dificuldade em transitar pela via. “Foi preciso a Roseana voltar ao governo para esta estrada ser recuperada. Foi ela quem nos tirou da lama, da poeira e do isolamento anos atrás. Agora, com a recuperação, esse é um grande sonho que está se tornando realidade, o fim do sofrimento para quem precisa sair ou chegar de Cidelândia”, contou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário