sábado, 13 de abril de 2013

Trocar Experiências?

Troca de experiências. Bom, mudou o tom, mais a interrogação continua a mesma. Quando se busca a troca de experiências é porque o outro tem mais o que mostrar ou os dois querem saber o que de melhor foi feito pelo outro para então colocar em prática. Milito na imprensa desde 1982 e de lá pra cá, apesar da idade tenho acompanhado os bastidores do poder e posso dizer sem medo de errar. Não vimos nestes anos todos um modelo de gestão aplicado pelos prefeitos que comandaram a cidade que pudesse servir hoje de modelo para outros municípios. Todos os prefeitos, mais todos os mesmos, só falam em asfalto e quando não, as pessoas. Mais de que forma chegar as pessoas? alguém pode me dar aí um exemplo. Nada. è bom um prefeito visitar o outro e obter informações sobre algo positivo que possa apresentar da sua administração e levar do anfitrião.
No momento, Marabá não tem um projeto consistente, a mesma coisa Imperatriz. Ou estou enganado? Qual o projeto de gestão dos dois para melhorar a qualidade de vida dos seus munícipes?
Imperatriz, Marabá e Araguaina, são três cidades identicas em tudo, nos recursos,nos problemas e na má gestão administrativa.
Ao contrário por exemplo de Paragominas, que tem sim, modelo para ser copiado e os prefeitos destas cidades visitarem. Seus dois últimos administradores mudaram a face da cidade.
Da antiga paragobalas, a cidade ganhou selo verde,sua economia deixou de ser apenas da madeira, está limpa, organizada e não foi apenas asfalto que foram colocados, mais, em primeiro plano a preocupação com as pessoas.
Imperatriz, infelizmente, está longe de servir de modelo de gestão. Todos os prefeitos na mesmice de sempre; Falta recursos, governo tem que ajudar: o bom é asfaltar, asfaltar sem rede de esgoto, sem um plano para os ambulantes, transito sem um planejamento e tantos outros problemas que não se vê nenhuma atitude de quem passou ou que esteja a frente da cidade.
Este é na minha opinião, a mais pura verdade, até porque, pagar funcionários em dias, recolher lixo de forma desumana,desorganizada, sem aterro sanitário, sem Código de Postura sendo aplicado, é obrigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário