domingo, 7 de julho de 2013

Cavalgada de Imperatriz, sou a Favor.




Você pode até não gostar. "Animais" maltratando os cavalos. Sujeira ficar pelas ruas onde percorre. É um direito seu, contudo, a Cavalgada de Imperatriz não pode acabar por conta do seu pensamento.
Defendo ela assim como defendo outros eventos que venham a fortalecer a cidade.
Imperatriz não pode ser a cidade do Ja Era.
Já era, Faber, um dos grandes festivais de musicas da região; Já era noite noturna: Já era época do arroz, da Madeira, da Ginkana Mirante, Garota Mirante, Juçara Club e tantas outras coisas que somente quem é daqui lembra e lamenta.
A Cavalgada é uma grande festa regional. Basta olhar a quantidade de pessoas que ficam nas calçadas para ver e sorrir aos participantes.
Claro que é preciso profissionalizar o evento, colocando pessoas para orientar, não deixar um enorme espaço entre comitivas e os órgãos de proteção animal fiscalizarem a forma pelas quais os cavalos e bois estão sendo tratados.
Também fazer com que a PRF interdite toda a marginal direita de quem vai para o Parque, afim de não misturar carros com cavalos.
Quanto ao consumo de bebidas pelos jovens, cabem aos pais fazerem com que seus filhos não exagerem.
Sou a Favor Sim da Cavalgada.
Só é preciso uns ajustes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário